Carregando

Dicas para quem vai fazer a prova de residência da Unicamp

Fala, pessoal! A prova de residência da Unicamp está aí, e muito além de estar com o conteúdo e o edital na ponta da língua, você precisa se organizar para viajar. Afinal, não dá para deixar tudo para em cima da hora e correr o risco de perder prazos e horários.

Além disso, você também precisa ter conforto e estar bem descansado para encarar essa maratona, que não é fácil. Pode ser que você tenha que viajar por horas, ou que tenha que se virar com uma alimentação mais simples para ter tempo de fazer o que precisa.

Então, é fundamental programar cada passo e garantir que a sua prova de residência em Campinas será um sucesso. Chega mais que a gente te ajuda nessa missão!

A cidade de Campinas

Não dá para falar sobre a prova da Unicamp sem falar primeiro da cidade de Campinas, certo? Então vamos lá! O município está localizado em São Paulo, a 98 km da capital.

É a terceira cidade mais populosa de São Paulo e está entre as quinze maiores do país. Hoje, tem 1.213.792 habitantes. Seu território é dividido em seis distritos e cinco regiões, para além da tradicional divisão de bairros.

A Unicamp é um dos principais pontos de Campinas, mas há vários outros atrativos importantes na cidade: museus, parques, teatros e outros locais de grande valor histórico. É uma excelente região para viver e trabalhar, então quando você conquistar sua vaga na residência, com certeza estará em um ótimo lugar para construir sua carreira!

Unicamp: Prova de residência em Campinas

A prova de residência da Unicamp é dividida em duas etapas. A primeira é uma prova objetiva de múltipla escolha e outra, uma prova dissertativa. As duas acontecem no dia 20 de dezembro de 2021, com a prova objetiva começando 7h45 e a dissertativa, 14h15. Você terá 4 horas para fazer cada uma delas.

Mas atenção! Nem todas as provas acontecem na própria Unicamp, certo? Especialidades clínicas, cirurgias, áreas da pediatria, especialidades médicas e áreas de atuação ou anos adicionais acontecem na PUC – Campus I – Prédio H-15, com entrada pelo portão 2.

O endereço correto é Avenida Reitor Benedito José Barreto Fonseca, no bairro Parque dos Jacarandás. Inclusive, se você estiver de carro, há um estacionamento amplo dentro do próprio campus para que você guarde seu veículo com segurança, sem precisar deixá-lo na rua.

As especialidades de programas de acesso direto têm outras cinco localizações divulgadas:

  • PUC Campus I – Prédio CT – Centro de Tecnologia (Entrada Portão 2): Avenida Reitor Benedito José Barreto Fonseca, Bairro Parque dos Jacarandás;
  • PUC Campus I – Prédio H-15 (Entrada Portão 2): Avenida Reitor Benedito José Barreto Fonseca, Bairro Parque dos Jacarandás;
  • PUC CAMPUS I – CCHSA BLOCO C (Entrada Portão 1): Avenida Cardeal Dom Agnelo Rossi, 230-362, Bairro Parque dos Jacarandás;
  • PUC CAMPUS I – CCHSA BLOCO E (Entrada Portão 1): Avenida Cardeal Dom Agnelo Rossi, 230-362, Bairro Parque dos Jacarandás;
  • UNIP – Universidade Paulista Campus II: Avenida Comendador Enzo Ferrari, 280, Bairro Swift.

Fique de olho na divulgação da lista com os nomes dos candidatos e identifique em qual deles você fará a prova. Preste atenção também em possíveis mudanças e retificações do edital para não ter confusão e descobrir qualquer impasse com antecedência.

Para completar, não se esqueça de que é preciso chegar aos locais de prova de residência da Unicamp com pelo menos 1 hora de antecedência. Os portões são fechados pontualmente, então não arrisque ser desclassificado por atraso, combinado?

As provas e os gabaritos serão divulgados no mesmo dia do exame. A aprovação para a segunda fase, que consiste em análise de currículo e entrevista, sai no dia 11 de janeiro, às 17h.

Dicas para a cidade

Se rolar, o ideal é chegar para a prova de residência em Campinas com alguns dias de antecedência. Assim você se familiariza com a região, aprende o melhor caminho para seu local de prova e consegue traçar um planejamento adequado para não passar aperto no dia da primeira fase.

Não sabe por onde começar a se organizar? Aqui estão algumas dicas valiosas dos principais itens aos quais você deve se atentar o quanto antes!

Hospedagem

Muita gente acha que se hospedar no centro de Campinas pode ser uma boa ideia. Isso porque uma região central dá a impressão de que está próxima de tudo, não é verdade?

Mas, nesse caso, essa constatação não se aplica! O centro da cidade é bastante movimentado, com trânsito que pode se complicar às vezes, então não dá para contar com a sorte de que você chegará a tempo a outros bairros que não são tão próximos, como é o caso dos bairros das localidades de prova. 

Portanto, procure por hospedagens no próprio bairro: em geral, os hotéis estão acostumados com a movimentação da prova de residência e estão preparados para receber candidatos.

Além disso, você pode encontrar outras opções para estudantes, como pensionatos e AirBnB, que é ideal para dividir com outras pessoas e diminuir o preço. Pesquise bastante e, seja qual for a sua escolha, reserve com antecedência e confirme alguns dias antes.

Alimentação

E para comer, o que escolher? Você terá um intervalo entre a prova objetiva e a dissertativa, então é essencial manter a alimentação em dia e recuperar as energias.

Dentro do próprio campus da PUC Campinas existem refeitórios, praças de alimentação e lanchonetes. A maioria oferece café da manhã, almoço e lanches variados. Entretanto, será preciso confirmar se estarão em funcionamento no dia da prova de residência da Unicamp.

As praças de alimentação da PUC costumam contar com uma pequena copa, com micro-ondas. Então, se você decidir levar uma refeição de casa, poderá esquentar por lá.

Há também a alternativa de levar um lanche que possa ser ingerido frio mesmo, como sanduíches naturais e frutas. O importante é que você se sustente bem para as próximas 4 horas de prova, então faça boas escolhas.

Por fim, nas proximidades você terá algumas opções acessíveis para almoçar, tanto self-service quanto prato feito. Em geral, as refeições vendidas nos restaurantes da região da PUC têm o preço em torno de 10 reais e são muito populares, então pode confiar.

Só não se esqueça de, seja qual for a sua escolha, se decidir com antecedência. Vá alguns dias antes na faculdade, tanto para conhecer o local quanto para buscar informações pertinentes. Assim você decide com sabedoria e não desperdiça o intervalo.

Transporte

Para chegar até o local de prova, é preciso analisar a proximidade que você está do campus em que foi alocado. No mesmo bairro, pedir um transporte por aplicativo pode ser uma boa opção, pois o preço será acessível e você chegará bem rapidinho.

Porém, é fundamental chamar o carro com antecedência, porque pode ser que um motorista não aceita a corrida de primeira. Com essa possibilidade à vista, é preciso verificar outras possibilidades.

O transporte público de Campinas costuma funcionar bem. Você tem o bilhete único, que pode ser utilizado para pegar até três ônibus no período de duas horas. Então, se estiver mais distante, é uma opção, mas será preciso mais antecedência ainda do que com um aplicativo.

Se estiver em carro próprio, vale a pena dar uma pesquisada em aplicativos como Google Maps ou Waze sobre o trajeto e o tempo que será gasto. Além disso, dá para descobrir por lá quais são os horários de maior pico desse caminho, e assim se programar melhor para evitar qualquer contratempo.

Aqui, vale reforçar mais uma vez: esteja no local da prova com 1 hora de antecedência, pelo menos. A equipe é rígida no fechamento de portões; e você precisa ter em mente que não dá para planejar um imprevisto, então o melhor é correr de contratempos. Tenha um plano B de transporte, caso o primeiro não dê certo.

O que fazer na cidade

Não dá para ir embora de Campinas sem dar um rolê, concorda? Ou então, se você tiver tempo antes da prova, dá para relaxar um pouco e aliviar a pressão com alguns passeios bem massa pela cidade.

Os parques campinenses são superfamosos: o Parque Portugal é perfeito para caminhar ao ar livre e ainda tem uma vista linda. No D. Pedro Shopping, você curte um monte de lojas e restaurantes, e pode fazer umas comprinhas antes de voltar para casa.

Tem quem prefira fazer um piquenique na Pedreira do Chapadão, outro parque bem legal da cidade, ou ainda no Bosque dos Jequitibás, que conta até mesmo com um zoológico com várias espécies.

Caso você procure agito, o município ainda conta com vários pubs, com vários estilos musicais e cardápios diferenciados. A cidade é conhecida pela variedade de comidas de boteco, então tente experimentar algum prato antes de voltar para casa.

Está se preparando para a prova da Unicamp?

E aí, está se preparando para a prova da Unicamp? Essa é uma prova superconcorrida e que tem um nível de dificuldade bem apurado, disso todo mundo sabe. Mas se você está com os estudos em dia e tem como objetivo abocanhar a vaga na especialidade que deseja, agora é só arrematar os detalhes e fazer uma boa viagem!

Se você ainda precisa de uma mãozinha ou se pretende fazer a prova de residência em Campinas em uma próxima oportunidade, que tal entrar para o nosso Intensivo São Paulo? Essa é uma prova que conta com aulas direcionadas para as instituições do estado, incluindo a Unicamp. Então, foco e pra cima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."