Loading

Melhore Agora sua Organização de Estudos!

Frequentemente você tem a sensação de que não é possível dar conta de tudo…?

O problema pode ser sua organização de estudos.

Mesmo tendo tomado a decisão de não estudar tudo e não ler todas apostilas do início ao fim, as vezes a sensação é de que estudo não rende. E você não sente que está evoluindo como deveria…

Em alguns momentos, 24 horas no dia não parecem insuficientes para que você consiga estudar tudo o que precisa e ainda dar conta de suas tarefas rotineiras – internato, trabalho, afazeres domésticos.

Em outros, parece que há tempo de sobra, mas por algum motivo o estudo não rende e não vai pra frente.

Conseguiu se identificar com alguma dessas situações?

Com o avanço da tecnologia e as possibilidades inúmeras de distração na palma da mão, a dificuldade de manter o foco hoje é maior do que nunca, principalmente para quem não tem essa habilidade bem desenvolvida.

Mas preciso ser franco: saber focar é uma habilidade e um hábito.

Sem esse hábito bem estabelecido, tanto faz você ter acesso a iPhone, WhatsApp e Instagram ou viver nos anos 50, sem acesso ao menos à televisão. Os problemas citados acima continuariam os mesmos.

O primeiro passo é, portanto, reconhecer a situação: o foco não está tão trabalhado como deveria.

Por sorte, nesse artigo nós te mostraremos ferramentas que você pode utilizar para aumentar sua organização de estudos, foco e por consequência, a sua produtividade.

Leia mais para saber sobre:

  1. Matriz de Eisenhower
  2. Trello
  3. Técnica do Post-It

1. Matriz de Eisenhower

Eisenhower Presidente dos EUA
Dwight D. Eisenhower – 34º Presidente dos EUA e também conhecido pela Matriz de organização e produtividade que leva seu nome

Invariavelmente, ao longo dos meses até as provas de residência, seu cronograma terá várias prioridades diferentes. Além disso, há outras tarefa que te tomarão tempo ao longo do ano, como ir em festas da família e realizar suas obrigações do internato.

Para que consiga focar em seu objetivo final – que acredito que seja a aprovação na Residência -, você terá que manter seu foco e ter a habilidade não somente de ter uma lista de atividades, mas de separar entre seus afazeres o que é:

– Importante E Urgente

– Importante Não Urgente

– Urgente Não Importante

– Não Urgente Nem Importante

E a Matriz de Eisenhower é especificamente isso: saber priorizar as suas tarefas em níveis de urgência e importância!

Como fazer isso?

Como categorizar

Tarefas importantes são todas as atividades que você faz que te levarão ao seu propósito, objetivo ou meta. O estudo diário voltado às provas de Residência Médica, portanto, é sempre categorizado como importante.

Se, por exemplo, você precisa revisar as provas da USP dos últimos 5 anos porque em uma semana será a prova da USP, ela se torna também uma tarefa urgente.

Quer dizer que importante então seria só estudar? Não! Exercícios físicos, vida social, cultivar relações familiares, tudo isso faz parte do equilíbrio que vai te levar a um nível maior de concentração e foco nos estudos.

Tarefas urgentes são todas aquelas tarefas que têm um prazo ou uma data de entrega. Não necessariamente são tarefas importantes, mas nem sempre se pode fugir delas. Tarefas domésticas são um exemplo disso. Só não confunda a sua urgência com a de outras pessoas!

Eisenhower Matriz de Produtividade e Priorização
A Matriz de Eisenhower

E depois de categorizado, o que fazer?

  • Fazer como primeira tarefa do dia ou da semana o que é importante e urgente. Em vez de deixar as coisas mais simples primeiro, porque tomariam menos tempo e são menos complexas. First things first;
  • Após, fazer o que é importante, mas não urgente. Essas atividades são as que devem dominar a sua matriz. Ou seja, o ideal é que as coisas importantes não se tornem urgentes;
  • Se possível, delegar o que é urgente, mas não importante. Como você provavelmente não é um CEO de uma empresa nem Presidente dos EUA como o criador da Matriz, sobra a você delegar as tarefas nessa categoria a seus pais, seu namorado ou seu cachorro;
  • O que não é nem urgente nem importante não deveria nem estar sendo cogitado a ser feito!

O que é importante raramente é urgente e o que é urgente raramente é importante – Dwight Eisenhower

2. Trello

Trello app de produtividade
“Não há nada tão inútil quanto fazer eficientemente o que não deveria ser feito” – Peter Drucker

Trello é uma ferramenta para celulares e computadores que auxilia muito em organizar tarefas e elencar prioridades.

Deixando claro que há várias formas de usar esse App. Aqui iremos te sugerir uma forma específica para dar um boost em sua produtividade.

 

Veja abaixo no exemplo:

Trello exemplo
O Trello te ajuda a colocar etiquetas para facilitar a visualização do que é importante e/ou urgente

Como falado anteriormente, muitas tarefas rotineiras (p. ex., arrumar a casa) acabam sendo realizadas na frente dos estudos por serem mais simples, mais urgentes e demandarem menos tempo, quando deveria ser feito exatamente o oposto.

Para que você tenha foco e consiga alcançar objetivos de longo prazo, o Importante deve vir sempre antes do Urgente. E o Não Urgente Nem Importante talvez não devesse nem tomar o seu tempo.

Prioridade é tudo!

Priorizar o que é e o que não é importante não é fácil, principalmente se você quer sempre “abraçar o mundo”.

Identificar quais tarefas vão ao encontro do seu objetivo de longo prazo para poder priorizá-las à frente das demais é um hábito a ser criado e cultivado.

Tendo esse hábito, certamente você conseguirá diminuir as distrações que sempre aparecerão em seu caminho para te arrancar a produtividade.

3. Técnica do Post-It para Organização de Estudos

técnica do post-it para organização de estudos
É desse post-it mesmo que estou falando, ele mesmo, ele vai revolucionar sua organização de estudos.

Enfim, se achar que nada disso se aplica a você ou que tudo isso demanda muito trabalho, pelo menos use esta técnica que é muito simples para a hora do estudo.

Apesar de já dito que a ênfase é em reduzir o trabalho por meio de planejamento e organização eficazes, pode ser que você precise de algo mais simples para começar e ver o poder que uma organização de estudos eficaz tem.

Como fazer

Tenha um post-it ou bloco de notas ao lado de suas apostilas para colocar todas as distrações que passam na cabeça enquanto você estuda.

Se de repente durante a sua leitura de Doenças Exantemáticas na Infância você lembra que precisa ligar para alguém; ver tal email; revisar outro assunto que lembrou durante a leitura deste; etc.; anote tudo no post-it.

Anote até mesmo que precisa tomar água, para não perder o foco no meio do estudo indo até a cozinha.

Mantenha o foco no estudo até cansar e então vá resolver tudo que anotou nos post-its.

É uma técnica que de certa forma simplifica tudo que mostramos neste artigo sobre organização de estudos e no de semana passada e que já traz muitos resultados.

Conheça a Si Mesmo

auto-conhecimento para organização de estudos

Como você provavelmente já notou até agora, essas ferramentas são apenas modos de você conhecer melhor a si mesmo para que consiga organizar sua vida para a maior produtividade possível.

Para adaptar essas técnicas de organização de estudos, você terá que observar em que momentos do seu dia há o maior rendimento, atenção e disposição.

Isso é muito variável. Há pessoas mais diurnas, outras mais vespertinas e até com rendimento maior noturno.

Não lute para se encaixar no padrão “correto”.

Se você já sabe que durante a noite ou depois do almoço rende menos, separe previamente essas horas para que possa usar as redes sociais, responder e-mails, ou organizar a casa. O mesmo vale para os sábados à noite.

Não use suas horas mais produtivas para a procrastinação.

Categorizando as atividades como falamos lá atrás, você saberá que deve separar o Urgente E Importante (o estudo) para realizar primeiro e durante as horas de maior rendimento do dia.

E para se aprofundar mais sobre a importância do autoconhecimento nas provas, não esqueça de dar uma olhada no nosso artigo sobre Os Ensinamentos da Arte da Guerra para Passar nas Provas de Residência.

Recapitulando

Temos então diversas ferramentas, técnicas e hábitos a serem aprendidos lendo este texto para a melhor produtividade possível em seus estudos. A sensação de que 24 horas não são suficientes em um dia certamente diminuirá a medida em que aplicá-las.

Por mais que a gente queira, o mundo não vai parar para que a gente possa se preparar para a prova “em paz”. Os amigos continuarão lá, te chamando dia após dia para sair, o(s) relacionamento(s) afetivo(s) e a família também.

E, acredite em mim, a escolha mais inteligente não é a prova ou a sua vida social/afetiva.

Pode parecer muito chato e demasiado trabalhoso ter de aplicar várias técnicas de organização de estudos e “engessar” a sua rotina.

Você talvez ache isso agora. E seus colegas que não tem a disciplina para aplicá-las com certeza dirão isso desde já.

Estes serão os primeiros a te perguntar como você faz para ter resultados tão bons nas provas e ainda ter tempo para manter sua vida social ativa.

Tendo constância para aplicá-las semana após semana, tenho certeza que conseguirá melhorar muito seus resultados. 

Compartilhe suas Experiências!

  • Usa algum outro aplicativo ou ferramenta que te ajuda no dia-a-dia?

Por favor, compartilhe abaixo nos comentários!

AlexandreRemor

Alexandre Remor

27 anos, nascido em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.

Optimized with PageSpeed Ninja