Mitos sobre a Entrevista de Residência Médica

Tempo de leitura: 2 minutos

Você não se importa com a Entrevista de Residência porque acha que, independente do que fizer, sua vaga será pega por alguém “da casa”?

Acha que precisa de um currículo enorme para conseguir a aprovação?

Que as pessoas irão ver o seu valor apenas pela quantidade de estágios e publicações que você tem?

Você acredita nessas coisas?

A Entrevista de Residência Médica é rodeada por mitos, muitas vezes espalhados por pessoas que nunca passaram por essa fase do concurso.

Apesar das diferenças na entrevista entre instituições e especialidades, acreditamos que alguns mitos são comuns a todos os processos seletivos.

Por esse motivo, preparamos esse infográfico para desmistificar a Entrevista de Residência Médica, apresentando o que recebemos de dúvidas mais comuns:

Como você pode ver, currículo não é tudo na sua entrevista. De fato, tenho que te confessar que em muitas entrevistas apenas folhearam meu currículo em minha frente, confiando apenas no que eu tinha para falar sobre o mesmo.

Em todas as vezes que isso ocorreu, pontuei mais do que deveria.

São pequenos pontos, que somados podem te ajudar muito na entrevista. Veja abaixo um vídeo sobre como Impressionar na sua Entrevista:

Medway: O Seu Guia à Residência Médica

Receba grátis as nossas atualizações

Mas é fato que isso não é assim em todo o País. Em muitos lugares, a entrevista não tem parte subjetiva alguma, e às vezes mesmo à distância, apenas pontua-se de acordo com o checklist.

Enfim, o currículo tem sua importância e ela pode ser maior ou menor dependendo de que provas você está prestando. Por isso, também temos materiais importantes preparados sobre ele.

Não deixe de ver nosso vídeo sobre os 12 itens essenciais para montar o seu currículo e melhorar ainda mais o seu desempenho nessa fase do processo seletivo:

Se quiser saber um pouco mais, aproveite pra baixar o nosso Ebook: Currículo Padrão-ouro para as Provas de residência médica!

Discorda de algum dos mitos apresentados?

Ficaremos felizes em conversar com você abaixo nos comentários!