Carregando

3 mudanças nos editais de residência de 2022

2020 foi um ano em que a sociedade sofreu várias mudanças, inclusive nos editais de residência de 2022. Assim, percebemos que foi um desafio se adaptar ao que chamam de “novo normal”, causado pela ameaça constante e global do vírus COVID-19. A pandemia alterou tudo ao nosso redor! Aprendemos a viver de uma forma totalmente diferente.

Mudanças nos editais de residência médica 2022
Confira 3 mudanças que ocorreram nos editais de residência médica em 2022

Como foi dito acima, as alterações comportamentais atingiram até mesmo o andamento e a organização das provas de residência médica. Felizmente, graças ao avanço da campanha de vacinação, as coisas estão voltando ao normal e as provas de residência também.

Você quer saber quais mudanças estão presentes nos novos editais de residência de 2022? Então, continue por aqui para saber mais!

1. As alterações das datas das provas de residência na pandemia

Devido à pandemia, no ano passado, as provas de residência médica da maioria das instituições aconteceram tardiamente. O exame da UNICAMP, por exemplo, ocorreu mais tarde do que de costume. De acordo com as diretrizes dos órgãos de saúde e das decisões da própria instituição de ensino. as datas de seu calendário de inscrição estavam sempre sujeitas à modificação. Tudo isso aconteceu a fim de ser mantida a biossegurança.

A UNICAMP, sempre muito responsável, não deixou que os participantes fossem prejudicados pelas alterações nas datas. Qualquer alteração era comunicada a todos os inscritos com, no mínimo, oito dias de antecedência. Assim, todos ficavam sabendo da notícia com tempo hábil para remanejar as respectivas atividades e reorganizar a agenda. Ninguém ficou em desvantagem.

No dia da prova, a UNICAMP seguiu as regras determinadas pelos órgãos de saúde governamentais e assegurou a saúde e o bem-estar de todos os participantes e de seus colaboradores. Era obrigatório cumprir as normas de biossegurança: os participantes do processo seletivo usaram máscara e álcool.  Dessa maneira, ficou claro que as universidades observavam os acontecimentos para criar os editais de residência de 2022.

Mesmo com as mudanças das datas e todas as complicações que foram causadas pela pandemia, as instituições e os acadêmicos seguiram em frente e fizeram os sistemas seletivos das grandes universidades brasileiras funcionarem. Essa situação demonstrou como o ser humano é adaptável e consegue ser criativo o suficiente para driblar as adversidades, até mesmo em situações críticas como essa.

2- A volta da segunda fase das provas de residência médica

No ano passado, diversas universidades modificaram os seus respectivos métodos de avaliação da prova de residência médica. Algumas instituições que, antes da pandemia, tinham a prova prática na segunda fase, a partir de 2020, adotaram a análise curricular como uma tática para avaliar os candidatos na segunda etapa do processo seletivo. Então, tudo isso representa uma grande mudança para essas universidades tão tradicionais.

Outras instituições decidiram investir na comodidade da realização do processo de inscrição online. Algumas, inclusive, permitiram que os candidatos realizassem a prova de residência médica no computador, o que é o caso da USP-RP. Essa entidade, no ano passado, teve fase única e online e, neste ano, vai ter segunda fase de prova prática. Dessa forma, evidencia-se que é uma universidade moderna e flexível para as mudanças.

O exame foi realizado através de um browser confiável, o qual pôde ser instalado no computador do candidato. Todos os candidatos mantiveram a webcam e o microfone ligados e funcionando durante todo o exame. Essas são algumas das regras que a USP-RP criou para manter a transparência e a confiabilidade da prova intactas.

No exame deste ano, muitas instituições estão voltando a realizar a segunda fase do exame. A USP é um grande exemplo de inovação, porque está proporcionando agora um conceito novo de avaliação, que é multimídia, juntamente a uma avaliação curricular. Além do mais, muitas vagas em diversas especialidades médicas estão sendo oferecidas. Veja a tabela abaixo e confira as vagas e as instituições:

 PROGRAMAS DURAÇÃOVAGAS PREVISTASFORÇAS ARMADAS (RETORNO)
Clínica Médica2 anos42*12*6
Medicina de Família e Comunidade2 anos10 
Medicina Preventiva e Social2anos5 
Obstetrícia e ginecologia3 anos142
Pediatria3 anos355
Acupuntura2 anos1 
Anestesiologia3 anos323
Cirurgia Cardiovascular5 anos3 + 1*1 + 1*
Cirurgia Geral3 anos1212
Dermatologia3 anos10 
Genética Médica3 anos2 + 3* 
Infectologia3 anos8 
Medicina de Emergência3 anos24*
Medicina do Trabalho2 anos20* 
Medicina Esportiva3 anos51
Medicina Física e Reabilitação3 anos10 
Medicina Intensiva3 anos10 
Medicina Legal e Perícia Médica3 anos2 + 3* 
Medicina Nuclear3 anos5 
Neurocirurgia5 anos4 
Neurologia4 anos111
Oftalmologia3 anos14 
Ortopedia e Traumatologia3 anos144
Otorrinolaringologia3 anos6 
Patologia3 anos81
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial3 anos2 
Psiquiatria3 anos191
Radiologia e Diagnóstico por Imagem3 anos202
Radioterapia4 anos4 

* Previsão de bolsas provenientes do Ministério da Saúde

3- A Prova multimídia nos editais de residência de 2022

A Prova Multimídia é uma avaliação que se vale de vários elementos visuais e auditivos para criar as questões da prova. Esses elementos podem ser imagens, vídeos, dados estatísticos e muitos outros recursos. Nesse tipo de exame, as perguntas são formuladas em muitos formatos. Há questões de múltipla escolha e também questões que exigem do aluno a demonstração de suas habilidades dissertativas.

Esse modelo avaliativo acontece na segunda etapa das provas de residência médica e tem sido um método aderido por muitas universidades e instituições de ensino e saúde que oferecem oportunidades para médicos que almejam ser residentes. É, notoriamente, um modo prático, assertivo e descomplicado de se avaliar os candidatos do processo seletivo, não deixando de lado a exigência e a seriedade que essa prova requer.

O fator mais notável que difere a prova multimídia dos outros métodos de avaliação é que, geralmente, esse tipo de exame é realizado em um computador. Isso ocorre porque essa prova é criada com a ajuda de recursos audiovisuais que necessitam desse aparelho para serem visualizados na tela. Contudo, mesmo que a prova seja basicamente digital, o candidato ainda precisa ir ao local da prova para responder às questões.

Os editais de residência de 2022 explicam tudo sobre todo o processo seletivo. O edital da USP, por exemplo, diz que a prova multimídia (para os habilitados na primeira fase), é versada sobre o conteúdo programático do curso de graduação em Medicina, com igual número de questões nas especialidades de Cirurgia Geral, Clínica Médica, Obstetrícia e Ginecologia, Medicina Preventiva e Social e Pediatria.

Portanto, é importante que você leia bem os conteúdos e fique ligado nas mudanças nos editais de residência de 2022. Para isso, o CRMedway pode te auxiliar na preparação para a segunda fase e a prova multimídia. Não deixe essa oportunidade passar! Boa sorte!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.