Carregando

Podcast Projeto R1 SP – episódio #8: o incrível poder do desconforto na preparação pra residência

Você precisou revolucionar a sua rotina de preparação pra residência médica? Caso sim, muito provavelmente vai se identificar com a história do nosso entrevistado do episódio 8 do podcast Projeto R1 SP. O Murilo Chiodini, R2 em Anestesiologia pela USP-SP contou pra gente quais adaptações ele precisou fazer na rotina para encarar os estudos e ser aprovado em uma das mais prestigiadas instituições de São Paulo.

Pra ouvir o episódio completo do Projeto R1 SP, você pode acessar o nosso site ou utilizar qualquer plataforma de streaming de áudio que preferir. Agora, se ainda não deu tempo de parar para dar uma olhada neste episódio, a gente separou um pouquinho do que rolou no papo para você. Bora dar uma conferida?

Podcast Projeto R1 SP - episódio #8: o incrível poder do desconforto na preparação pra residência
Conheça a história de preparação pra residência do Murilo a seguir!

Conhecendo o serviço

Aqui no Blog da Medway, nós já cansamos de alertar sobre a importância de encontrar uma instituição que faça sentido para as suas pretensões. Conhecer o serviço e achar o match é o que realmente importa — e não apenas o nome da faculdade. E nós não tiramos isso do nada. São vários os casos de estudantes que se esforçam arduamente para passar em uma prova e, no fim, descobrem que aquilo não era exatamente o que desejavam.

Fora isso, saber qual é a instituição dos seus sonhos será o diferencial na hora de direcionar seus estudos. Com esse tipo de foco, é bem mais fácil entender as particularidades de cada exame e, então, melhorar o desempenho na prova.

Mas não precisa ficar com a nossa palavra. Nosso entrevistado também falou um pouco sobre isso e, com certeza, é alguém para inspirar a todos. Dá só uma olhada:

“Como era considerada a melhor residência do país e a melhor instituição da América Latina, eu falei: ‘meu, vou procurar saber um pouco sobre o serviço’. Isso é importante, porque, como você diz, isso causa uma euforia muito grande. Você querer prestar e, principalmente, quando você olha e vê como funciona. E aqui o serviço é surreal […] É lógico, todos os serviços, mesmo os maiores do país, sempre têm algumas falhas. Mas, totalmente o resto supera isso”.

E pra chegar lá?

Você já tem em mente o que deseja; especialmente: por que deseja. Agora é a hora de pegar pesado nos estudos e ir de dedicação total, certo? E, é claro, isso varia muito de pessoa para pessoa. Os limites e possibilidades de cada um vão depender de uma série de fatores que, em grande parte, são pessoais. Ainda assim, é importante começar a se planejar e fazer o seu melhor — dentro do possível.

O Murilo arregaçou as mangas e entrou pesado na rotina de preparação. Com foco total na aprovação pela USP ele alterou o dia a dia e, bom, o resultado vocês já sabem. Confere como foi essa mudança de chave:

“Cara, eu acordava 4h30 todo dia. Às vezes, eu acho que eu era meio louco, mas assim, isso sou eu. Não estou dizendo que as pessoas têm que acordar 4h30. Eu dava uma meditada. Meditava uns 20 minutos. Tomava um café da manhã e começava a estudar em torno de umas 5h. Das 5h até às 7h, aí eu via uma videoaula bem grande e fazia um resumo junto. Aí às 7h eu ia pro estágio. Cara, meu sexto ano se resumiu em boicote de estágio (risos). Eu tentava sair mais cedo, não ia no estágio, tentava boicotar de toda e qualquer forma para estudar. Aí eu tentava chegar mais cedo. Chegava em casa. Ia na academia, nunca deixei de treinar, nunca deixei de fazer isso, pela saúde mesmo, e também porque eu gosto. E voltava a assistir as videoaulas em casa e fazendo exercícios. Minha meta era bater de 80 a 100 exercícios por dia. E eu não ia dormir se eu não assistisse pelo menos duas videoaulas e fizesse de 80 a 100 exercícios”.

Nem toda história de preparação pra residência é igual

Sem sombra de dúvida, o nosso convidado é um caso de sucesso no que diz respeito à preparação para um concurso de residência. Mas o Murilo fez questão de destacar que cada história tem suas particularidades. Já pelo fim do nosso papo, o nosso convidado buscou reforçar isso e deu um papo reto muito importante pra quem tá começando — ou pensando em começar — a preparação. Se liga!

“Uma coisa que tem muita gente ouvindo que passou do sexto ano e não passou na residência. Cara, isso era uma meta minha. Eu queria muito passar do sexto ano e ir direto, mas tem gente que quer trabalhar, tem gente que quer guardar um dinheiro. Cara, isso não é errado, sabe. Não tem erro. As pessoas podem fazer isso tranquilamente, desde que depois que você quer prestar prova de residência, faça o seu planejamento, estude bem, entendeu? Não tem erro nenhum. ‘Ah, não passei’. Calma! Se não passou não foi a hora, no outro ano faz a mesma coisa, tenta corrigir o que você errou, entendeu? Tem paciência. A paciência é uma virtude nessa preparação”.

Quer mais inspiração de preparação pra residência?

Olha, como a gente disse, isso é só um pouquinho do que você vai encontrar no episódio completo do Projeto R1 SP. A história do Murilo, como ele mesmo diz, daria um filme, e certamente vai te fazer criar até mais inspiração para construir sua própria caminhada. Então, não perca tempo e acesse já o episódio por aqui. Além disso, você também pode ouvir tudo pelo Spotify ou qualquer outra plataforma de reprodução de áudio.

Ah, e você não precisa parar por aí. Os podcasts da Medway estão a todo vapor e você pode conferir tanto o Projeto R1 SP quanto o Finalmente Residente nesses mesmos canais. O que não faltam são histórias de preparação e experiências de residentes das melhores instituições do estado. Não vai perder, certo?

Então, bora lá!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.