Carregando

Notas de corte da residência médica no Hospital Sírio-Libanês 2022 por especialidade

Praticamente todo candidato à residência médica quer saber qual é a nota mínima que precisa tirar na primeira fase para passar para a segunda que, no caso do Sírio neste ano, é composta por entrevista e análise curricular. Por isso, hoje trouxemos as notas de corte da residência médica no Hospital Sírio-Libanês 2022 por especialidade!

Em mais um ano, nós nos baseamos na lista de aprovados na primeira fase para verificar qual foi a menor nota entre os aprovados em cada especialidade de acesso direto. Assim, podemos comparar com as notas do ano passado e verificar se o corte subiu ou diminuiu. 

Notas de corte da residência médica no Hospital Sírio-Libanês 2022 por especialidade

Lembrando que estamos fazendo diversas lives de apostas do que pode cair nas provas, dicas de última hora, apuração e correção das instituições mais importantes do Brasil no YouTube! Pra ficar por dentro de todos os conteúdos e datas, acesse nossa central de cobertura das provas de residência médica 2022.

Notas de corte da residência médica no Hospital Sírio-Libanês 2022

Agora, vamos seguir para a parte que você deve estar procurando: as notas de corte da prova de residência médica no Hospital Sírio-Libanês! Se liga:

ProgramaPontuação mínima para a 2ª fase
Anestesiologia68,00
Clínica Médica70,40
Dermatologia 71,00
Neurologia68,00
Pediatria60,00
Radiologia/Diag. por Imagem64,00
Radioterapia48,00

A prova de residência do Hospital Sírio-Libanês 2022

Em 2021, a prova do Hospital Sírio-Libanês não foi muito diferente da edição anterior: contou com 100 questões de múltipla escolha. Na nota final, a primeira fase tem peso 9. A segunda fase, com entrevista e análise curricular, terá peso 1, segundo edital

Na prova de 2021, igualmente à de 2022, o programa mais concorrido foi o de Dermatologia, sendo que, ano passado, a pontuação mínima para prestar a segunda fase foi de 77 pontos. Neste ano, a nota de corte apresentou uma queda notável — foram precisos 71 pontos para encarar a próxima etapa do processo seletivo.

Um dado interessante foi a diminuição acentuada da nota de corte de Radioterapia: na prova anterior, foi necessário fazer 65 pontos para se classificar. Neste ano, uma pontuação de número 48 bastou! Uma mudança e tanto, certo?

O processo seletivo referente ao ano de 2022 demonstrou queda em todas as notas de corte, sem exceção. Além de Dermatologia e Radioterapia, os demais programas também contaram com pontuações mais baixas: a nota de Anestesiologia caiu 7 pontos, enquanto a de Neurologia caiu 9 pontos. Em relação à Clínica Médica, Pediatria e Radiologia/Diagnóstico por Imagem, houve, respectivamente, a diminuição de 4.60, 5 e 9 pontos.

Foi pra segunda fase?

Caso sua resposta seja positiva, ARRASOU! Comemore muito! Se ainda não rolou pra você, fique calmo e valorize todo o seu crescimento até aqui. 

Agora, para mandar bem aproveite a para conhecer o Intensivo São Paulo, nosso curso focado nas principais instituições do estado, com 40 aulas direcionadas para cada uma das residências disponíveis, por instituição (8 para cada grande área) totalmente voltadas para os focos mais cobrados de cada uma das principais prova de residência médica de SP, guias estatísticos avançados com todos os assuntos que mais caem nas provas, além de simulados específicos e muito mais! Clique AQUI e inscreva-se.

Mas não precisa cair de cabeça no Intensivo SP sem mesmo experimentar o curso. A gente vai liberar para que você tenha acesso gratuito a parte do nosso conteúdo. É isso, uma amostra grátis do Intensivo SP. Com o teste grátis, você tem acesso a:

  • 30 aulas completas;
  • dois simulados na íntegra;
  • materiais complementares;
  • mais de 17 mil questões;
  • dicas de estudo;
  • mapa de objetivos e metas.

Não vai perder a chance, né? Então entre agora na página do teste grátis!

É isso! Bora pra ciiima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."