Carregando

Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT): tudo o que você precisa saber

Tem vontade de se especializar em Pneumologia? Então é hora de descobrir um pouco mais sobre a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, também conhecida pela SBPT. É ela que reúne os profissionais da área para incentivar a responsabilidade social e a qualificação médica.

Além disso, é responsável por promover grandes eventos da especialidade, que são oportunidades perfeitas para que você se envolva com a pesquisa e com o trabalho na área, além de cursos e outras atividades de pesquisa. E para aproveitar ainda mais os benefícios que a associação oferece, basta se tornar membro dela.

Quer saber um pouco mais sobre como fazer isso e conhecer a história da sociedade? Continue a leitura agora mesmo!

A Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia

A Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia começou sua história em 1978. Antes disso, porém, os médicos envolvidos em sua criação haviam criado a Fundação da Federação Brasileira de Tuberculose e Doenças Respiratórias e, mais tarde, Fundação da Sociedade Brasileira de Pneumologia.

Depois, chegaram à conclusão de que o melhor mesmo seria unir ambas. Afinal, o trabalho realizado ali era considerado como a somatória de experiências dos maiores especialistas do Brasil, então nada melhor do que concentrar todas as vivências em uma única associação.

Hoje, ela conta com mais de 3 mil associados, entre médicos brasileiros e estrangeiros. Destaca-se, ainda, por sua produção científica, que é constantemente comparada à de grandes centros internacionais. Por isso, é referência em todo o mundo.

Como se associar à SBPT

Para se associar à SBPT, é preciso acessar o site e preencher a ficha de inscrição. É possível se tornar um associado efetivo quando se graduar, mas até lá, o ideal é solicitar o cadastro como aspirante, cargo para residentes, ou acadêmico, para graduandos.

Entre os benefícios da associação estão:

  • o acesso integral a publicações;
  • acesso aos cursos oferecidos na plataforma de EaD;
  • desconto em eventos especiais;
  • oportunidades de ganhar pacotes e inscrições;
  • chance de participar de comissões e departamentos da associação. 

São muitas possibilidades para incrementar seu currículo e a sua atuação na área.

O que faz a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia

Mas, e na prática, o que faz a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia? Aqui estão suas principais atividades, para que você entenda exatamente o que a associação pode fazer pela evolução da comunidade médica.

Serviços do conselho

A SBPT é responsável por uma série de serviços e projetos. A maioria deles é desenvolvida em parceria com organizações como a AMB, Ministério da Saúde e Conselho Federal de Medicina (CFM), além de outras sociedades estaduais e estrangeiras de Medicina Respiratória. Para completar, oferece, ainda, práticas que fomentam a educação continuada e informações para pacientes e comunidade médica.

Publicações

A Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia publica o Jornal Brasileiro de Pneumologia. Essa é uma revista científica de periodicidade bimestral, considerada com o órgão de divulgação mais importante da especialidade.

Eventos da SBPT

A SBPT ainda é responsável por uma série de eventos, congressos, seminários e cursos que são referência na área. O principal exemplo é o Congresso Brasileiro de Pneumologia, que conta com uma excelente grade científica e convidados nacionais e internacionais.

É um evento realizado a cada dois anos, da mesma forma que o Congresso Brasileiro de Asma, DPOC e Tabagismo. A associação ainda promove cursos nacionais de atualização em Pneumologia e Pneumologia Pediátrica.

As aulas e o conteúdo dos congressos e eventos são desenvolvidos pelas comissões científicas da SBPT todo ano. E ainda dá para participar de outras oportunidades mais pontuais, que surgem conforme o calendário da associação é organizado.

Título de especialista na SBPT

Além da residência médica, você pode obter seu título de especialista pela SBPT. A prova é realizada todo ano, e costuma ser aplicada em várias cidades.

No último edital, ela aconteceu em Belo Horizonte, Brasília, Salvador e São Paulo, no começo de dezembro. Para se candidatar, é preciso enviar uma cópia autenticada do diploma médico e comprovar o exercício na especialidade de Pneumologia por no mínimo 8 anos.

Ainda é preciso apresentar um currículo com toda a experiência dos últimos 5 anos, com documentos comprobatórios. A prova conta com três partes, sendo uma prova escrita, uma prova prática e a análise de currículo.

A residência nessa especialidade

A residência médica em Pneumologia dura dois anos, mas antes é preciso cumprir outros dois anos de pré-requisito em Clínica Médica. O programa está presente em várias instituições do país, tendo carga horária de 60 horas por semana e incluindo estágios obrigatórios, plantões e módulos opcionais.

Durante a residência, o médico atua em enfermarias, ambulatórios, Unidades de Terapia Intensiva e radiologia. Além disso, passa por áreas de atuação como broncoscopia, otorrinolaringologia, patologia, entre outras.

Todas as atividades são devidamente supervisionadas por tutores e preceptores. Aos poucos, o residente passa a ter autonomia para realizar atendimentos em consultório por conta própria, além de pequenos procedimentos e exames diagnósticos.

A rotina dessa especialidade também envolve ações de prevenção e conscientização da população sobre tabagismo e doenças respiratórias, além de discussões de caso, reuniões multidisciplinares e avaliação de quadros crônicos.

Depois de concluída a residência, o médico pneumologista pode atuar em consultórios particulares, hospitais, clínicas, clínicas de Medicina do Sono e ainda exercer trabalho na área acadêmica. Se preferir, ainda pode adicionar mais alguns anos de subespecialidade.

Assim, estará apto a trabalhar na Pediatria, com infecções mais específicas, doenças respiratórias ocupacionais, entre outras possibilidades. Ah! E uma boa notícia: em comparação a outras especialidades, a concorrência para essa é moderada, então se é o seu sonho, foco no objetivo para garantir a vaga!

E então, curtiu saber um pouco mais sobre o trabalho da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia? Com essas informações, você já sabe o que te espera ao se tornar um especialista e como a associação pode te ajudar a se manter sempre atualizado na profissão. E já viu que, mesmo como um estudante de Medicina, pode começar a aproveitar o conteúdo, os cursos e as publicações que ela oferece. Então, bora estudar!

Ah, e pra finalizar, vale lembrar que a equipe da Medway fez o lançamento do Extensivo R3 de Clínica Médica no dia 27 de janeiro. É pra começar 2022 com o pé direito, né? Se você quer turbinar seus estudos para realizar seus maiores sonhos, fique sabendo que quem se inscrever na lista de espera receberá um desconto de R$200,00 na semana do lançamento. Fique de olho e não perca essa oportunidade! Pra ciiiiima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
DjonMachado

Djon Machado

Catarinense e médico desde 2015, Djon é formado pela UFSC, fez residência em Clínica Médica na Unicamp e faz parte do time de Medicina Preventiva da Medway. É fissurado por didática e pela criação de novas formas de enxergar a medicina.