A prova de residência médica da ISCMSP: direto ao ponto

Dando continuidade aos nossos posts sobre as provas de residência médica de São Paulo, hoje vamos falar sobre a prova de residência médica da ISCMSP (Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo)! E se você clicou aqui é porque tem interesse em se aprofundar nos caminhos para esta instituição renomada e clássica que tem seu hospital central em forma de castelo – e é justamente o que vamos fazer nesse artigo!

Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (Crédito: Reprodução)

A Santa Casa de São Paulo é a maior instituição filantrópica da América Latina, sendo um dos primeiros hospitais do país! Fundada há mais de 4 séculos, mantém sua participação no atendimento ao SUS, fazendo a diferença na vida de muitos pacientes do estado e do país. O complexo hospitalar é conhecido por ter o maior pronto-socorro do nosso continente, devido à alta demanda de pacientes e ser de porta aberta. É referência em atendimentos de alta complexidade.

Você sabia que foi a Santa Casa que originou as principais faculdades de Medicina do País? Isso mesmo: a Universidade de São Paulo (USP) e Escola Paulista de Medicina (Unifesp) surgiram daqui! E desde 1963, é sede da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Em 1984 o hospital central tomou sede no bairro de Vila Buarque, principal local das atividades da residência médica. Além dele, a instituição possui o Hospital Geriátrico Dom Pedro II no bairro de Jaçanã, Hospital São Luiz Gonzaga no mesmo bairro e o Hospital Santa Isabel em Higienópolis, onde são realizados atendimentos particulares para gerar fundos a serem investidos nos outros hospitais. Há também o Centro de Saúde Escola Barra Funda, voltado à atenção primária à saúde.

O começo de tudo: o edital

Antes de qualquer coisa, vá em busca dos editais das provas que você vai prestar! Fique atento aos prazos de inscrição, datas das provas e horários para evitar imprevistos, já aproveitando pra anotar tudo no seu cronograma! 

A prova de residência médica da ISCMSP é organizada pelo instituto Quadrix. Assim como a USP-SP e o site da Tekyou Soluções, vocês vão ficar melhores amigos até o final do ano, então fique de olho no site da Quadrix para se manter atualizado sobre a prova, datas e erratas! Em 2019, o edital foi publicado em setembro, a prova teórica foi realizada em 23 de novembro, a prática em 14 de dezembro e a entrevista no período entre 16 e 20 de dezembro.

O edital de residência médica da Santa Casa de São Paulo 2021 também já saiu e falamos bastante sobre ele aqui no blog. Vale a pena dar uma conferida para saber mais detalhes de como vai ser a tradicional prova de residência médica da Santa Casa no processo seletivo com acesso em 2021!

A primeira fase da prova de residência médica da ISCMSP

A prova teórica da Santa Casa tem peso 5 e é conhecida por ter um nível de complexidade maior que o habitual, o que reflete em seus pontos de corte pra segunda fase serem abaixo da média das outras instituições. Daí a importância do que vivemos falando para vocês: estudo direcionado para a banca que se quer! Vou te dar um exemplo: um tema batido dentro da pediatria é Parada Cardiorrespiratória. Mas, na Santa Casa, esse tema é cobrado com um grau adicional de dificuldade! Já ouviu falar em BRUE?

Se quiser ter uma ideia do que eu tô querendo te passar, se liga nesse vídeo que o Mica fez discutindo 3 questões do assunto, da forma como ele é cobrado na prova de residência médica da Santa Casa de São Paulo!

A primeira fase da prova de residência médica da ISCMSP consiste em 100 questões de múltipla escolha para as provas de acesso direto, com 5 alternativas. Os enunciados são longos e a prova pode ser um pouco cansativa – por isso, treine uma prova e maneje seu tempo em casa para não escorregar na hora H!

Quer saber o que vai cair nessa prova? Dá uma olhada no Guia Estatístico com os seis focos que mais caíram na prova de residência da Santa Casa nos últimos cinco anos. E se você quiser dar um gás maior na sua preparação, dá uma olhada na Academia Medway, pois lá você encontra esse e vários outros materiais gratuitos, incluindo e-books e aulas 100% online.

Essa fase da prova de residência médica da Santa Casa tem duração de 4 horas e o primeiro candidato só pode sair da sala de prova após 75% do tempo de duração, então não se apresse, pois tem tempo suficiente para fazer a prova. Já vá preparado com seu kit de água, chocolates e lanches pra manter o foco!

No último ano, a primeira fase da prova de residência médica da ISCMSP foi realizada à tarde, às 14h, na Universidade São Judas Tadeu – Unidade Mooca, próximo ao metrô Bresser. Os portões abriram um pouco antes das 13h. É importante tentar chegar no horário para evitar contratempos, já que é o mesmo local para todos os candidatos e o fluxo de carros costuma ficar intenso!

Devido ao horário e necessidade de sair com antecedência pela distância, dificilmente é possível almoçar, então é válido fazer um lanche reforçado pela manhã e levar algo a mais para comer durante a prova.

No ano passado, a prova de residência médica da ISCMSP teve um fator adicional de dificuldade: após o início, começou a tocar na rua uma (provável?) bateria de escola de samba. “Vocês estão me zoando?”, você deve ter pensado. Bom, provavelmente foi o que todos os candidatos também pensaram na hora, talvez com palavras menos gentis. Como as salas não tinham ar condicionado e as janelas estavam abertas, isso afetou a concentração de muitos candidatos. 

Acha que isso aconteceu só na prova de residência médica da Santa Casa? Te convido a ler nosso post sobre a prova da USP-SP (sim, ela mesma), que foi realizada ao lado de um festival de música eletrônica / rock. Vá se preparando, porque parece que a moda pegou em 2020.

Notas de corte da residência médica na Santa Casa de São Paulo 2020

Abaixo estão as notas que os últimos convocados para a segunda fase de cada especialidade tiraram na prova objetiva da Santa Casa de São Paulo. Os dados de classificação foram divulgados pela própria ISCMSP no último processo seletivo, com acesso em 2020:

EspecialidadeNota de corte
Anestesiologia6,2
Área Cirúrgica Básica6,7
Cirurgia Cardiovascular5,7
Clínica Médica6,4
Dermatologia7,2
Infectologia5,1
Medicina de Família e Comunidade5,3
Medicina Física e Reabilitação4,6
Medicina do Trabalho4,5
Neurocirurgia7,1
Neurologia6,8
Obstetrícia e Ginecologia6
Oftalmologia7,3
Ortopedia e Traumatologia5
Otorrinolaringologia7
Patologia5,2
Pediatria5,4
Psiquiatria6,2
Radiologia e Diagnóstico por Imagem5,9

Antes de te contarmos sobre a segunda fase da prova de residência médica da Santa Casa, queria te convidar a conhecer o nosso Intensivo São Paulo, que traz aulas 40 específicas de assuntos que caem na primeira fase da prova da ISCMSP, um guia estatístico avançado com todos os assuntos que caem na prova, simulados e muito mais! É só clicar no botão abaixo!

Como é a segunda fase da prova de residência médica da Santa Casa?

A segunda fase da ISCMSP é dividida em prova prática (peso 4) e análise curricular/entrevista (peso 1). É importante ressaltar que a liberação da lista de convocados para a 2ª etapa ocorre alguns dias antes da data da prova, o que pega alguns candidatos de surpresa. Então, se o seu foco é a Santa Casa, organize-se para estar em São Paulo no período em que acontecerão a prova e as entrevistas, já que eles são inflexíveis quanto à mudança de horário ou data.

A prova prática da Santa Casa de São Paulo foi realizada no mesmo local da prova teórica em 2 turnos (manhã e tarde) com várias provas acontecendo ao mesmo tempo nos diferentes andares do prédio. Deve-se chegar até 30 minutos antes do início da prova, não sendo permitida a entrada após 7:30 para o turno da manhã e 12:30 para o turno da tarde. É comum que a entrada do turno da tarde atrase um pouco por conta de atrasos da manhã.

Os candidatos são divididos em grupos por ordem alfabética para organização da prova. Ela consiste em uma prova de habilidades, com 5 estações seguidas (uma de cada grande área), cada uma com duração de 8 minutos. Lanches e água foram oferecidos durante a espera para realização da prova ou após o término das estações.

A prova prática da Santa Casa exige raciocínio clínico e otimização do tempo. Ela possui um formato bastante versátil, tendo tanto estações com maior enfoque em habilidade de anamnese e conversa com paciente (ator), quanto outras com tomada de conduta e investigação diagnóstica sem muita anamnese ou exame físico. Vez ou outra, até algumas com procedimentos no manequim aparecem! Geralmente os comandos são longos, então leia com calma para não perder informações importantes que te auxiliarão a gabaritar a estação! Uma boa preparação para prova prática pode fazer toda a diferença para você ver seu nome na lista de aprovados, fechado?

O perfil da segunda fase da prova de residência médica da ISCMSP difere bem de outras bancas que focam no atendimento completo com a realização de anamnese e exame físico completos, então fique atento! Temos um artigo bem esclarecedor aqui sobre as maiores dificuldades da prova prática de residência médica da Santa Casa. No nosso curso de prova prática, o CR Medway, apontamos bem essas particularidades, então não deixe de conferir!

Não sabemos ainda como vai ficar esse acesso em 2021, visto que nenhuma informação oficial sobre o processo seletivo foi divulgado. Fique atento aos editais!

E a entrevista?

A data da entrevista da ISCMSP é divulgada às vésperas, então já fique atento a isso. O perfil da entrevista varia com o programa! Em algumas, o enfoque é na análise de currículo com preenchimento dos itens do checklist deles, com poucas ou nenhuma pergunta direta sobre você ou sua formação, então não se assuste. Outros programas já realizam entrevistas mais clássicas, com o intuito de conhecer melhor o candidato. 

O que não se pode esquecer é de levar seu histórico da graduação e os comprovantes dos certificados, que podem ser solicitados durante a entrevista! 

E a possibilidade de recurso?

A Santa Casa de São Paulo permite que os recursos sejam realizados on-line em até 2 dias úteis da divulgação de gabaritos e resultados, obedecendo aos horários explicitados no edital, sendo realizado no site da Quadrix! Entretanto, recursos referentes ao resultado parcial da entrevista/análise curricular devem ser protocolados presencialmente pelo candidato, ou por terceiros, desde que com procuração simples.

Pronto, agora é só esperar o resultado!

A ISCMSP costuma divulgar seus resultados parciais no final de janeiro e o resultado final no início de fevereiro (neste ano, foi dia 03/02/20). A lista é divulgada por número de inscrição e costuma ter uma alta rotatividade das vagas, então fique atento às chamadas seguintes caso você não esteja na primeira lista!

E aí? Curtiu o post? Falamos anteriormente do artigo que fizemos sobre como é a prova de residência médica da USP, mas, se você está pensando em prestar Unifesp, também já falamos tudo sobre essa prova, direto ao ponto! Comenta aqui suas dúvidas e outras instituições que você gostaria de ver por aqui!

Agora, eu tenho um convite pra você, que quer ter uma preparação incrível para as provas de residência médica! Em breve, vamos abrir inscrições para a Mentoria 2022, nosso curso que ensina as melhores metodologias de estudo e te ajuda a potencializar seus resultados. Pra explicar a fundo o que a Mentoria oferece, faremos uma live no dia 22 de novembro, na qual também vamos oferecer condições especiais para quem quiser voar nas provas de residência médica em 2023! Pra ficar por dentro das novidades do curso, inscreva-se na nossa lista de espera. Bora brilhar na residência!

Aproveito para te convidar para participar do nosso grupo de Telegram, o Projeto R1! Lá você recebe conteúdos diários que vão te colocar na briga por uma vaga em QUALQUER residência das principais instituições do Brasil. É GRÁTIS, então é só chegar! Clique AQUI e acesse!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.