Carregando

Além do ACLS: saiba mais sobre o Protocolo CASA

Fala, galera, beleza? Hoje, eu viemos falar sobre um assunto muito bacana, o protocolo CASA, que envolve o queridinho dos médicos emergencistas: o point-of-care (POCUS), o famoso ultrassom a beira leito.

Qual a importância do POCUS?

Sabemos que o POCUS agrega muito na sala de emergência, sendo um grande aliado na tomada de condutas e no manejo do paciente crítico. Agora, você sabia que ele também pode ajudar durante a parada cardiorrespiratória? 

Sim, meus consagrados, o POCUS é uma ferramenta diagnóstica poderosíssima! Durante a PCR, ele pode colaborar para excluir ou diagnosticar as causas da PCR. 

“Mas, Julia, peraí! Eu não me recordo dos 5Hs e 5Ts!” 

Sem estresse! Segue uma tabela para você dar uma revisada rápida:

Causa Tratamento
HipovolemiaReposição volêmica com cristalóide 
Hipóxia Ventilação com via aérea definida e O2 100%
Hidrogênio ( acidose)Bicarbonato de sódio 8,4% 1mg/kg
Hipo/HipercalemiaCorrigir
HipotermiaAquecer
Trombose coronária (SCA)Trombólise se IAM com supra prévio a PCR
TEPTrombólise 
Tensão no tórax por pneumotóraxDescompressão por punção 
Tóxicos (intoxicação exógena) Antídotos 
Tamponamento cardíacoPericardiocentese (punção de Marfan)

Se você quiser dar uma revisada, no nosso blog há um texto abordando exclusivamente PCR. Vale a pena conferir aqui! 

O que é o Protocolo CASA?

O CASA (Cardiac Arrest Sonographic Assessment) é um protocolo de três etapas que avalia o tamponamento cardíaco, o ventrículo direito e a atividade cardíaca

Tamponamento cardíaco

Avaliar a presença de derrame pericárdico (presença de área hipoecoica no entorno do coração) é a primeira etapa, uma vez que 4-15% dos pacientes em PCR têm parada cardiorrespiratória por tamponamento cardíaco e a pericardiocentese de emergência pode resolver a AESP.

protocolo CASA - saiba mais

Ventrículo direito

A segunda etapa é avaliar se há aumento de ventrículo direito em relação ao ventrículo esquerdo. Se houver, isso indica maior probabilidade de tromboembolismo pulmonar. 

protocolo CASA - saiba mais

Na imagem acima, vemos um aumento de VD em relação ao VE, chamado de sinal do D, causado pela curvatura do septo para o ventrículo esquerdo.

Atividade cardíaca

Avaliar a atividade cardíaca, presente ou ausente, é a terceira etapa, e ela fornece informações prognósticas úteis para pacientes em AESP. Pacientes com AESP e ausência de atividade de contração cardíaca apresentam pior prognóstico – uma taxa de 0,0 a 0,6% de sobrevida de alta hospitalar.

Segundo o ACLS e também conforme diversos outros estudos, não podemos atrasar a massagem cardíaca! Portanto, devemos realizar as imagens ecocardiográficas após os 2 minutos de massagem cardíaca, no momento em que estamos checando ritmo, pulso e trocando o massageador. Devemos realizar a captura das imagens por apenas 10 segundos

Uma dica importante: sempre grave as imagens para poder avaliar com mais calma enquanto é realizado o próximo ciclo. 

Realizaremos as imagens no espaço subxifoide, pois as compressões cardíacas tornam o tórax anterior de difícil acesso, sem contar que ficar colocando gel no tórax não vai ser bom para o próximo coleguinha que vai iniciar as compressões, não é mesmo? 

Atividade cardíaca

Quais são as etapas auxiliares ao Protocolo CASA?

As etapas auxiliares ao protocolo CASA são a avaliação do pneumotórax (deslizamento das pleuras) e a avaliação de líquido livre na cavidade (FAST). 

Elas podem ocorrer durante qualquer momento da RCP, não necessariamente durante a checagem de pulso e ritmo do paciente. 

Veja este fluxograma para ficar mais fácil:

O ultrassom point-of-care é uma ferramenta muito importante e de grande valia no departamento de emergência. Uma delas avalia as causas reversíveis da parada cardíaca, porém deve ser usada de maneira protocolizada e eficiente, para diminuir os erros e realizar uma RCP de excelência, sem interrupções desnecessárias. Caso tenham dúvidas, confira os conteúdos no nosso blog sobre ACLS e parada cardiorrespiratória.

Agora, pra finalizar, temos uma dica de ouro para quem quer ficar por dentro de tudo sobre o eletrocardiograma: que tal dar uma olhada no nosso curso gratuito de ECG? Ele vai te ajudar a interpretar e detectar as principais doenças que aparecem no seu dia a dia como médico. E se você vai prestar as provas de residência médica, pode apostar que vai ficar muito mais fácil acertar as questões de ECG que caem nos exames! Para ser avisado das próximas vagas do curso, basta se inscrever AQUI. Corre lá!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram

É médico e quer contribuir para o blog da Medway?

Cadastre-se
JuliaCoelho

Julia Coelho

Baiana criada em Aracaju, nasceu em Jacobina em 1996. Formada pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública no fim de 2018, atualmente cursa o terceiro ano de Pediatria na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Sua maior vontade é levar tudo o que tem aprendido para o nordeste e contribuir para formação de médicos mais humanos.