Carregando

O que cai na prova do Hospital Albert Einstein em GO e Cirurgia

Fala, pessoal! Hoje vamos falar acerca do que mais cai na prova do Hospital Albert Einstein em GO e Cirurgia. O Hospital Albert Einstein é uma das maiores instituições de Medicina da América Latina. Por causa de sua estrutura e equipe, se tornou referência mundial e hoje conta com programas de residência médica super desejados pelos estudantes de todo o país. Se você faz parte dessa turma, precisa se preparar bastante para superar a concorrência.

Primeiro, é preciso dizer que GO e Cirurgia são as áreas mais cobradas, e por isso serão nosso foco por aqui. Mas vale lembrar da importância de resgatar as provas de anos passados para conferir outros temas pertinentes às demais especialidades cobradas, combinado?

Então, vamos lá! Continue a leitura para descobrir a que se dedicar mais, como estudar e no que ficar de olho em todas as fases da prova nessas duas especialidades tão valorizadas pela instituição.

A prova de residência no Einstein

Antes de contar o que cai na prova do Hospital Albert Einstein, é importante dar aquela repassada pelas fases de todo o processo seletivo de residência médica. Ele começa pela prova objetiva, com 50 ou 75 questões (como aconteceu na prova de 2020) sobre as 5 principais áreas médicas.

As questões são de múltipla escolha, com 5 alternativas cada. O candidato tem 3 horas para resolver tudo. Na classificação final o peso é 5 e só vai para a segunda fase quem atinge no mínimo 50 pontos na prova teórica. Normalmente, a banca convoca 6 vezes o número de vagas, então é essencial que você tenha uma boa classificação nessa etapa.

A segunda fase conta com uma prova prática, de peso 4, para sua nota final. No Einstein, ela tem apenas 3 estações, com duração de 10 minutos para cada uma. Nesse tempo, você precisa ler o caso e realizar as tarefas demandadas. Os conteúdos são similares aos da prova teórica.

Entretanto, você estará na presença de avaliadores, que contarão seus pontos por meio de um checklist. Além de acertar a resposta do procedimento, você ainda será avaliado por seu desempenho, comunicação, ética, empatia, entre outros fatores. Sendo assim, não se esqueça de praticar bastante e cronometrar bem seu tempo para não se perder no calor do momento e ser penalizado por se exceder.

Por fim, a última fase é a de entrevista, com peso 1, que serve para critérios de desempate e classificação. O que não significa que você não deve caprichar, pelo contrário, este será o arremate para conquistar a vaga dos sonhos depois de duas provas concorridas e bem puxadas.

O que cai na prova do Hospital Albert Einstein: Ginecologia e Obstetrícia

Agora sim, primeiro vamos falar o que cai na prova do Hospital Albert Einstein em uma das áreas mais cobradas, a Ginecologia e Obstetrícia. Os temas mais cobrados em GO no Albert Einstein englobam:

  • doenças exantemáticas;
  • assistência pré-natal;
  • diagnóstico e acompanhamento de DMG e DHEG;
  • sangramentos de primeiro trimestre;
  • gestação ectópica;
  • doenças benignas da mama.
O que cai na prova do Hospital Albert Einstein? Fique por dentro dos assuntos de GO!
O que mais cai na prova do Hospital Albert Einstein? Fique por dentro dos assuntos de GO!

A prova do Einstein é considerada um pouco mais complicada do que a de outras instituições, como a Unicamp e Unifesp. Mas não exatamente pelo nível de dificuldade, e sim pelos temas mais incomuns, como é o caso das doenças exantemáticas, por exemplo. Sendo assim, para ter um bom resultado o que você vai precisar é exercitar seu raciocínio, para não ter chances de patinar nas questões de GO.

Com base em uma revisão estatística dos últimos 5 anos, as doenças exantemáticas, inclusive, se apresentaram como o terceiro foco mais cobrado na área. O principal subfoco é a toxoplasmose na gestação (mais uma vez, viu só como é um tema um tanto quanto inesperado?), e em termos de abordagem, a mais valorizada é o tratamento/conduta. Portanto, direcione bem seus estudos para conseguir tirar de letra os desafios da prova.

O que cai na prova do Hospital Albert Einstein: Cirurgia

Na Cirurgia, os temas frequentes envolvem:

  • trauma;
  • trauma pediátrico;
  • queimaduras e choque;
  • cirurgia do aparelho digestivo com foco em hemorragias digestivas e câncer de cólon.

Novamente, os temas são um tanto quanto incomuns em comparação a outras instituições, então é fundamental ficar de olho em edições passadas da prova para ter uma ideia do formato cobrado.

O que cai na prova do Hospital Albert Einstein? Fique por dentro dos assuntos de Cirurgia!
O que mais cai na prova do Hospital Albert Einstein? Fique por dentro dos assuntos de Cirurgia!

A dica, mais uma vez, é usar bem seu raciocínio para avaliar o enunciado. Ele costuma ser bastante claro quanto ao que pede, sem maiores chances de pegadinhas ou dúvidas sobre qual opção marcar na múltipla escolha. No caso da Cirurgia, as questões são ainda mais diretas, com pedidos de indicação para intervenção cirúrgica de acordo com determinado caso, dentro dos temas que já mostramos que são mais cobrados.

O nível de dificuldade para a especialidade oscila bastante entre as questões. Algumas são consideradas bem fáceis, enquanto as que são consideradas difíceis, são realmente mais elaboradas. Não é costume ter questões de Cirurgia em meio termo, então quando surgir algo que você sabe que vai acertar de primeira, cuidado com a empolgação, pois a próxima pode ser muito mais desafiadora e te colocar para pensar.

No mais, ao ficar por dentro dessas duas áreas, seus respectivos temas e formatos de questões, você conseguirá vencer uma parte considerável da prova do Einstein. Só não vale deixar o restante das especialidades de lado, certo? Foque com tudo nessas duas, mas direcione parte do seu cronograma para o restante, assim você conseguirá um bom equilíbrio e domínio sobre todas as áreas.

É isso aí! Depois de descobrir o que cai na prova do Hospital Albert Einstein, não há dúvidas de que você já está no caminho certo para se dar bem no processo seletivo de residência médica na instituição. Ah, e lembre-se de dar uma repassada detalhada no edital para conferir todos os pontos mais importantes e não se perder em meio a prazos, datas, horários e demais exigências.Agora, é só continuar a se preparar! E se precisar de ajuda, já sabe que pode contar conosco, não é mesmo? Que tal participar do Intensivo São Paulo? Esse é para quem quer foco total nas instituições da região. Você também pode entrar para a Academia Medway, onde você encontra uma série de materiais exclusivos para ajudar nos estudos, inclusive guias estatísticos de diversas instituições de São Paulo. Pra cima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.