Carregando

Volvo de sigmoide: tudo que você precisa saber

Paciente com a barriga grande, distendida. Radiografia bizarra. E dor abdominal. Hoje, aqui no blog, vamos entender o que uma barriga tem a ver com um grão de café. Saiba o que é preciso sobre o volvo de sigmoide!

Sinal do grão de café: imagem clássica de volvo de sigmoide.
Sinal do grão de café: imagem clássica de volvo de sigmoide.

O que é o volvo de sigmoide?

O volvo é uma condição na qual uma determinada porção do intestino sofre uma torção sobre o seu próprio eixo mesentérico, em geral em regiões onde é longo e pouco fixo. Essa situação resulta em obstrução intestinal parcial ou completa, podendo inclusive ter comprometimento sanguíneo.

Afinal, por que isso acontece?

A anatomia mesentérica é tal que o volvo é mais comum no cólon sigmoide. A condição ocorre devido à existência de um segmento alongado de intestino acompanhado de um mesentério longo com uma inserção parietal muito estreita. 

Essa situação permite que as duas extremidades do segmento móvel se aproximem e girem em torno da base mesentérica estreitada, como ilustrado na imagem abaixo.

Mecanismo de torção de cólon sigmoide por mesocólon redundante. Fonte: Netter.

O que eu vou ver no meu paciente?

O quadro clínico clássico vai ser de uma obstrução intestinal baixa, com importante distensão abdominal. Vômitos são apenas mais tardios. Se o quadro for severo, com comprometimento vascular importante ou sinais de peritonite, o paciente pode se encontrar em estado grave, necessitando de suporte intensivo.

Na história apresentada pelo paciente, alguns fatores de risco podem estar presentes, como episódios prévios de volvo, doença de Chagas ou disfunção colônica importante.

Como fazer o diagnóstico?

A radiografia de abdome vai ser o exame que nos dá a imagem clássica de volvo de sigmoide – a famosa imagem em grão de café, com o seu ápice no quadrante superior direito e nível hidroaéreo na alça do cólon dilatado. Quase sempre há ausência de ar no reto. Nas imagens abaixo, conseguimos comparar uma obstrução colônica sem torção com um volvo de sigmoide.

Comparação entre volvo de sigmoide (imagem esquerda) com distensão colônica simples. Fonte: Acervo pessoal; Unicamp, 2021.

Como eu devo tratar o volvo do sigmoide?

O tratamento do volvo do sigmoide começa como qualquer quadro de obstrução intestinal, com jejum, hidratação e descompressão gástrica. Contudo, como nos casos de obstrução colônica com válvula ileocecal competente, a SNG não vai ter muito efeito.

O que necessita ser realizado é a descompressão colonoscópica. Através dessa técnica endoscópica, é possível conseguir a distorção do segmento afetado, ganhando-se tempo para programar o tratamento definitivo: retossigmoidectomia eletiva. Isso é necessário devido à elevada taxa de recorrência, atingindo níveis de 70%.

Para pacientes graves, com sinais de necrose colônica ou nos quais distorção colonoscópica do volvo falhou, o tratamento tradicional é a retossigmoidectomia com o fechamento do reto e colostomia terminal (procedimento de Hartmann).

Fonte: Sabiston 20th

É isso aí, pessoal! O volvo do sigmoide é aquela condição clássica em que não podemos comer bola nos pronto-socorros da vida. 

Claro que existem mais detalhes sobre o assunto. Então, se tiver sede de conhecimento, vem com a gente! Temos diversos cursos que vão te ajudar a ser o médico que sempre sonhou.

O PSMedway é um deles! O nosso curso completamente focado no atendimento em emergência. Por lá, você tem acesso a simulações realísticas, aulas teóricas, apostilas com conteúdo atualizado e suporte individualizado.

Mas não precisa se comprometer com o PSMedway sem nem conhecê-lo. Você pode conferir e tirar as suas próprias conclusões. Para testar, é simples: basta entrar nesta página e se inscrever no teste gratuito do curso.

Durante um período de uma semana, você poderá consumir até 14 aulas, além de ter acesso a materiais complementares, experiência no nosso aplicativo e simulações com os professores do curso.

Pelo link, você confere quais aulas estão disponíveis para e teste e conhece os nossos professores. É só entrar e se inscrever já!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram

É médico e quer contribuir para o blog da Medway?

Cadastre-se
DanielHaber Feijo

Daniel Haber Feijo

Nascido em São Paulo, criado em Belém do Pará. Formado médico pela Universidade do Estado do Pará e Cirurgião Geral pela Escola Paulista de Medicina/Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP). Atualmente, profissional da área médica na assistência e no ensino. Segue apaixonado por administração, economia e finanças. A gente só tem aquilo que a gente aceita ter!