Carregando

A Residência Médica no SUS municipal de SP

Você quer saber mais sobre a residência médica SUS municipal de SP? Então, esse texto é perfeito para você! Continue a leitura para saber tudo sobre a residência médica no Susinho. A residência médica se assemelha a uma pós-graduação e é o maior sonho da grande maioria dos estudantes de Medicina e dos médicos recém-formados. Pois esse é um dos caminhos para se tornar um excelente médico especialista. Para quem quer ser um cirurgião, a residência médica é algo indispensável! Esse período acadêmico permite que o residente aprenda inúmeras técnicas cirúrgicas e promove a evolução das habilidades do profissional.

Uma das opções mais procuradas por médicos para a residência é o SUS municipal de SP, porque ele oferece muitas possibilidades para diversas especialidades médicas e, também, viabiliza várias oportunidades excelentes para a carreira de um profissional da Medicina. Vale observar ainda que São Paulo é um dos principais estados brasileiros e é uma enorme referência nacional para a saúde em todas as áreas médicas.

O processo seletivo da residência médica SUS municipal de SP

O processo de seleção da residência médica SUS municipal de SP consiste na aplicação em uma única etapa, de prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório. Logo, não há segunda etapa e nem análise curricular. O exame contém cinquenta questões, valendo um ponto cada questão, e sua pontuação total varia do mínimo de zero ponto ao máximo de cinquenta pontos.

A prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento geral do candidato, bem como a capacidade de análise, entendimento e interpretação de informações, habilidade de trabalhar com estrutura lógica das relações, capacidade dedutiva e conhecimentos técnicos específicos da especialidade. Por isso, todas as questões da prova dispõem de cinco alternativas e uma única resposta correta.

O exame do processo seletivo para a residência médica no Susinho tem a duração de três horas e trinta minutos e, na edição mais recente, a taxa de inscrição custou noventa reais. O candidato, no momento da inscrição, escolherá apenas uma especialidade para concorrer. É importante lembrar que não é permitida, em hipótese alguma, a troca da especialidade após a efetivação da inscrição. Portanto, fique atento e tenha certeza sobre a sua escolha!

Contudo, o candidato tem o conforto de acompanhar tudo virtualmente. Os locais, datas, turnos e horários de aplicação da prova objetiva serão divulgados na página de acompanhamento do processo seletivo. Tudo é projetado para o fácil acesso, porque o candidato somente pode realizar as provas na data, no horário, turma, sala e local constantes do seu comprovante de inscrição — o qual é disponibilizado no Ambiente do Candidato.

As instituições e especialidades oferecidas

O sistema de seleção conta com mais de 390 vagas. A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo é a grande promotora deste projeto, que é responsável pela formação anual de médicos especialistas. Por essas razões, o residente tem a confiança para que, no final de sua jornada na residência médica SUS municipal de SP, vai receber um certificado que ilustra a garantia e a aprovação do Ministério da Saúde.

A residência médica no Susinho é muito concorrida! Esse é o processo seletivo que mais oferece boas oportunidades e opções para os acadêmicos de Medicina na cidade de São Paulo. No decurso dos anos da residência, você vai ter muitas experiências e vai aprender lições valiosas que são ferramentas essenciais para o seu desenvolvimento como médico, acadêmico e pesquisador das ciências médicas.

Os residentes cumprem, de forma obrigatória, sessenta horas de trabalho por semana. Podem se dedicar exclusivamente à residência, não lhes sendo possível desenvolver outras atividades profissionais no período de realização dessa modalidade. Eles também não podem cursar outra pós-graduação, nem podem ter outro emprego durante a residência médica SUS municipal de SP. Os programas de residência, vale sublinhar, duram de dois a três anos.

Toda trajetória do médico residente é pautada nas atividades e nos equipamentos da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP), sempre sob a supervisão de preceptores das equipes de saúde. Sendo assim, pode-se afirmar que o médico terá acesso a um aprendizado que é voltado para a utilização prática de todo o seu conhecimento teórico e para o desenvolvimento de novas técnicas que o aluno vai utilizar para sempre.

Os Hospitais do SUS municipal de São Paulo

O programa de residência médica SUS municipal de SP tem muitos hospitais parceiros que colaboram com o projeto. São instituições muito conhecidas e respeitadas na região e em todo o país. Cada uma delas oferece algumas vagas que são oportunidades de ouro para os candidatos. Para o ano de 2022, essas são as instituições e vagas que estão sendo ofertadas pelo processo seletivo de residência médica no Susinho:

                HOSPITAIS  VAGAS TOTAIS
Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya (Hospital Jabaquara) 2
Hospital Municipal Prof. Dr. Alípio Corrêa Neto (Hospital Ermelino Matarazzo) 30
Hospital Municipal Dr. Cármino Caricchio (Hospital Tatuapé) 57
Hospital Municipal Dr. Fernando Mauro Pires da Rocha (Hospital Campo Limpo) 46
Hospital Municipal Infantil Menino Jesus 28
Hospital Municipal Maternidade MME Dr. Mario de Moraes Altenfelder Silva (Hospital Vila Nova Cachoeirinha) 30
Hospital Servidor Público Municipal (HSPM) 67
Residência em Rede da SMS-SP95

As especialidades do SUS municipal de São Paulo

Todas as instituições que fazem parte do processo seletivo oferecem vagas em diversas especialidades. Isso não seria diferente para o ano de 2022. Confira a lista abaixo:

ESPECIALIDADESVAGASVALOR DA INSCRIÇÃO
Anestesiologia7R$:142,00
Cirurgia Geral29R$:142,00
Clínica Médica81R$:142,00
Dermatologia4R$:142,00
Medicina de Família e Comunidade20R$:142,00 
Neurocirurgia1R$:142,00
Ginecologia e Obstetrícia52R$:142,00 
Ortopedia e Traumatologia28R$:142,00 
Otorrinolaringologia1R$:142,00 
Pediatria56R$:142,00
Psiquiatria14R$:142,00
Cirurgia do Aparelho Digestivo2R$:142,00
Cirurgia Pediátrica1R$:142,00
Cirurgia Vascular6R$:142,00
Endocrinologia e Metabologia2R$:142,00 
Gastroenterologia2R$:142,00
Mastologia2R$:142,00
Nefrologia1R$:142,00
Pneumologia1R$:142,00
Urologia2R$:142,00
Cirurgia de mão3R$:142,00
Cirurgia de cabeça e pescoço1R$:142,00 
Geriatria2R$:142,00
Endoscopia Ginecológica4R$:142,00 
Medicina Intensiva4R$:142,00
Medicina Intensiva Pediátrica6R$:142,00 
Neonatologia14R$:142,00
Pneumologia Pediátrica1R$:142,00 
Emergência Pediátrica2R$:142,00

A finalidade do PROVAB e do PRMGFC

A sigla PROVAB representa o Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica promovido e criado pelo Governo Federal. Nesse programa, os médicos que participam dele atuam em unidades e postos de saúde pelo Brasil, com supervisionamento constante. É obrigatório que todos participem de um curso do SUS que ensina tudo sobre Atenção Básica. No decurso do programa, o participante terá trinta e duas horas de tarefas práticas e oito horas de curso.

Já o PRMGFC é o Programa de Residência Médica em Medicina Geral de Família e Comunidade. Ele gera o benefício que é a adição de 10% da nota final na pontuação. Para a prova de residência médica SUS municipal de SP, no ato de sua inscrição o candidato deve declarar, em campos específicos, se utilizará a bonificação do PROVAB/PRMGFC. Caso contrário, não poderá usufruir do benefício.

Essa regra também serve para os que desejam concorrer às vagas específicas para pessoas afrodescendentes ou desejam concorrer às vagas específicas para pessoas com deficiência. É importante lembrar também que todos os candidatos devem chegar com antecedência mínima de uma hora do horário de início da prova, com caneta esferográfica de tinta preta (fabricada com material transparente) e comprovante de inscrição e de documento de identidade.

Vai prestar outras residências no estado?

Na hora de se preparar para a residência, é importante ter várias instituições como opções. Portanto, procure saber sobre todas elas. Se o seu sonho é fazer a residência médica em São Paulo, é importante conhecer as muitas opções que a maior metrópole do país tem para oferecer a você, futuro médico especialista. É líquido e certo que você vai ficar encantado com as possibilidades que a Medicina paulista pode te proporcionar.

Se você estudar em São Paulo durante a residência médica, pode ter certeza de que você estará fazendo parte da história dos hospitais históricos que existem na cidade e que contribuem muitíssimo para o avanço da Medicina brasileira e mundial. Será uma excelente oportunidade para que contribua e participe de momentos importantes da ciência médica do Brasil, que é tão famosa e respeitada por tantos profissionais de outros países.

A residência médica é muito concorrida, principalmente, em São Paulo. Mas, não tenha medo da concorrência! O importante é estar preparado para mandar bem na prova de residência médica SUS municipal de SP. Não deixe que a ansiedade e o nervosismo sejam barreiras para que você não realize o seu sonho de fazer a residência médica no Susinho. Organize bem a sua rotina de estudos, tenha foco e tudo vai dar certo. Boa sorte!Você gostou do texto? Está pensando em fazer a sua residência médica em São Paulo? Então conheça o Extensivo SP! Esse é um curso direcionado para as principais instituições de São Paulo, com conteúdos e aulas específicas para as instituições mais reconhecidas do estado. Não perca essa oportunidade: aproveite!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."