As instituições mais buscadas para fazer residência em Clínica Médica em SP

residência em Clínica Médica é um sonho pra bastante gente por ser uma das especialidades com mais áreas de atuação dentro da medicina, seja em consultórios, ambulatórios ou plantões, tanto em instituições públicas quanto privadas, além de ser pré-requisito para várias outras especialidades clínicas.

Pode ser que você já saiba de tudo isso, e não tenha dúvidas de que a residência em Clínica Médica é a melhor escolha para você. E você não tá sozinho. Clínica Médica é uma das especialidades mais concorridas do país e, com tantas instituições de alto nível, fica realmente difícil decidir.

Nós aqui da Medway já estivemos na sua posição (afinal de contas, eu, o Alê e o Mica somos clínicos rs), e foi pensando nisso que surgiu a ideia de fazer essa série de artigos. Nela, vamos falar sobre as instituições mais buscadas pra se fazer residência em São Paulo nas especialidades mais buscadas por vocês, segundo o Google.

Gente boa vai ser boa em qualquer lugar, mas é inegável que muitas portas se abrem quando você vem de uma instituição reconhecida e, por isso, queremos te ajudar nessa escolha que, apesar de difícil, é extremamente importante.

Bora lá?

USP

Com 60 vagas (9 reservadas para o exército), segundo o edital do programa para 2020, a especialização em Clínica Médica pela USP é extremamente concorrida, tendo chegado a uma relação de 16 candidatos para cada uma dessas vagas.

Vista aérea do Hospital das Clínicas da FMUSP, onde os aprovados fazem a residência em Clínica Médica
Vista aérea do Hospital das Clínicas da FMUSP

O programa tem uma duração de 2 anos, durante os quais você vai ter a oportunidade de atuar como residente no complexo hospitalar da USP, composto pelo Hospital Universitário (HU) e pelo Hospital das Clínicas da FMUSP.

Mas nem tudo são rosas: não é fácil chegar lá. A prova da USP é difícil, e o caminho até a residência médica pode se mostrar uma verdadeira jornada.

Te digo isso porque muitos de nós aqui da Medway fizemos Residência na USP, e conhecemos a prova e todas as suas etapas bem de perto. Inclusive, aqui no blog já contamos tudo sobre como é a prova de residência médica da USP no Guia Definitivo, já deu uma olhada?

Te digo isso porque muitos de nós aqui da Medway fizemos Residência na USP, e conhecemos a prova e todas as suas etapas bem de perto. Inclusive, aqui no blog já contamos tudo sobre como é a prova de residência médica da USP no Guia Definitivo e no Guia Estatístico, já deu uma olhada?

E como testar conhecimento nunca é demais, se você quiser exercitar seus estudos, lembre-se de dar uma conferida no nosso e-book com 20 questões de Preventiva que já caíram na primeira fase da prova!

Unifesp

Outra universidade muito procurada fazer residência em Clínica Médica é a Unifesp, a chamada “Paulista”. Também com 2 anos de duração, a instituição chegou a disponibilizar 50 vagas no processo seletivo 2019-2020. Apesar da quantidade um pouco maior de vagas, a concorrência não é muito menor: foram 13 candidatos por vaga no mesmo processo.

Fachada do Hospital São Paulo
Fachada do Hospital São Paulo

A Unifesp não fica atrás no que diz respeito a complexo hospitalar: quem optar por fazer Residência por lá vai atuar no Hospital São Paulo, reconhecido como o maior hospital universitário do país, onde os médicos também podem realizar o treinamento em serviço. Isso sem falar nos polos de pesquisa da universidade, também!

Nós inclusive conversamos com dois residentes de Clínica Médica da Unifesp para saber tudo sobre como é fazer essa especialidade lá. Aproveita para dar uma olhada!

Assim como fizemos com a USP, também temos um artigo aqui no blog contando em detalhes tudo sobre a prova da Unifesp. Além disso, separamos 20 questões, dessa vez de Cirurgia, pra que você, que sonha em fazer residência em Clínica Médica por lá, fique conhecendo ainda melhor o exame.

E a gente também contou quais são os 6 focos que mais caíram na prova da Unifesp nos últimos cinco anos no Guia Estatístico!

Unicamp

A Unicamp é outra instituição de renome, cogitada por muita gente que deseja fazer residência em Clínica Médica em São Paulo.

Com menos vagas que as duas anteriores, no processo de residência médica para 2020 a Unicamp ofereceu somente 32 vagas ‒ das quais 5 eram vagas reservadas ‒, gerando uma relação de 21 candidatos por vaga, consideravelmente maior que a da USP e a da Unifesp

Mas o programa de residência em Clínica Médica da Unicamp vale o esforço. Durante dois anos, você vai atuar e ganhar experiência em alguns desses hospitais:

  • o Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp;
  • o Hospital Estadual Sumaré (HES);
  • e o Centro de Diagnóstico de Doenças do Aparelho Digestivo (Gastrocentro).

O modelo de prova também não é tão diferente, mas se você ainda não está tão certo sobre ele, recomendamos que dê uma olhada no nosso post com tudo que você precisa saber sobre a prova da Unicamp, direto ao ponto! Nós entramos em detalhe sobre todo essa parte do assunto por lá!

Unesp

Pra fechar o quarteto das universidades, claro que a gente também precisava falar da residência em Clínica Médica da Unesp.

A Unesp oferece o menor número de vagas entre as quatro, tendo ofertado 26 no processo seletivo 2019-2020. Para cada uma dessas vagas, havia cerca de 11 candidatos.

Pra quem pensa em trabalhar no interior do estado, a Unesp pode ser uma boa alternativa, pois o Hospital das Clínicas da universidade, onde os residentes vão desempenhar suas atividades práticas, proporciona exatamente esse tipo de vivência, considerando sua localização na cidade de Botucatu.

A prova de residência médica da Unesp também adota o modelo de três fases assim como a USP, a Unifesp e a Unicamp. 

SUS-SP

A prova de Residência Médica do SUS-SP é a maior do Brasil e, com certeza, a que conta com mais vagas: foram oferecidas 106 no processo seletivo de 2019. No entanto, isso não significa menos concorrência, tanto é que no mesmo ano foi registrada uma relação de 19 candidatos por vaga.

Uma das diferenças mais expressivas entre o processo seletivo do SUS-SP e os de outras instituições, inclusive, é a prova, que aqui é composta por somente uma fase: um exame de múltipla escolha.

No caso do SUS-SP, os aprovados no processo seletivo podem escolher o hospital em que vão realizar a residência. São cerca de 50 instituições e algumas são bem concorridas – aliás, temos um post exatamente sobre as 3 instituições mais concorridas pra se fazer residência em Clínica Médica no SUS-SP. Dá uma olhada!

Já contamos tudo sobre como é a prova de residência médica do SUS-SP e como funciona o famoso “leilão” no qual os candidatos podem escolher os hospitais em que vão atuar como residentes. Vale a pena dar uma olhada no artigo, hein?

IAMSPE

Por fim, mas não menos importante: a residência em Clínica Médica do IAMSPE, que também tem dois anos de duração e um processo seletivo dividido em 3 etapas (teórica, prática e entrevista). A prova “prática” do IAMSPE, na verdade, também é uma prova de multimídia.

Pra sua sorte, nós também temos um artigo em que entramos a fundo na prova do IAMSPE! Portanto, se você pensa em prestar para essa prestigiada instituição, não perde tempo e corre lá pra chegar preparadíssimo no dia do exame!

Por sinal, o número de vagas também não foge do comum: no processo seletivo 2020, foram oferecidas 36. Já a relação candidato-vaga foi a maior das instituições mencionadas: 23 candidatos para cada uma.

O treinamento em serviço é desenvolvido no Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), sob a orientação de diversos profissionais.

E aí? Muita coisa?

A escolha de onde fazer sua Residência em Clínica Médica realmente não é fácil, nós sabemos. Mas esperamos que, falando um pouco das mais buscadas, a gente tenha conseguido te apresentar pontos pra te ajudar nessa decisão.

E continue acompanhando o nosso blog, pois já começamos a publicar vários artigos sobre os diferentes programas de residência médica e as provas de residência das principais instituições de São Paulo.

Várias das instituições de SP, como a Unifesp e o IAMSPE, que citamos aqui, têm um componente especial no processo seletivo, que é a prova multimídia. Você está preparado para isso? Tudo bem se não estiver! Inscreva-se no nosso Minicurso de Prova Multimídia, em que vamos contar o segredo por trás desse tipo de avaliação.

Ficou alguma dúvida? Fala pra gente! Deixe aqui nos comentários que a gente responde! 

Bons estudos!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.