Carregando

Mastologia: conheça tudo sobre a especialidade médica

Definir o rumo de sua carreira médica é um tanto quanto difícil pela gama de possibilidades que a Medicina proporciona. Além dos mais variados campos de atuação, a área possui um grande número de especialidades. Entre elas, você sabe qual é a função da Mastologia?

Além de atuar na prevenção do câncer de mama em pacientes, o especialista em Mastologia possui diversas funções importantes para a saúde. Continue a leitura para saber para que serve a Mastologia e como ingressar na especialização dessa área.

O que é Mastologia?

A especialidade é voltada para o tratamento e os cuidados com as glândulas mamárias. O especialista é responsável por prover o diagnóstico e a prevenção tanto para o câncer de mama quanto para outras doenças. Por esse motivo, muitos profissionais da área possuem conhecimentos em Oncologia, o ramo que estuda o câncer.

Conhecido como mastologista, o especialista da área é o profissional adequado para avaliar a região do corpo feminino, uma vez que possui formação em saúde da mulher e conhecimentos sobre os principais procedimentos que envolvem não só os tratamentos, mas os cuidados necessários com  a região mamária, como avaliações e cirurgias.

Mesmo assim, ao contrário do que muitos pensam, a especialidade não é voltada apenas para as mulheres. A mastologia também atua nos cuidados com doenças benignas e malignas que podem atingir as mamas masculinas, mesmo que seja mais raro isso acontecer.

Por isso, o profissional da área sempre deve ser consultado em casos de alterações nas glândulas mamárias ou suspeitas de doenças na região. O mastologista também é responsável pela melhora da aparência estética das mamas, por meio de implantes, cirurgias plásticas, redução e diversos outros procedimentos.

Diferença entre mastologista e cirurgião plástico

Como o mastologista é habilitado para realizar procedimentos estéticos em pacientes, é muito comum as pessoas se perguntarem qual é a diferença entre esse profissional e o cirurgião plástico.

O cirurgião plástico é habilitado para realizar cirurgias estéticas em todas as diferentes regiões do corpo, enquanto o mastologista realiza cirurgias e procedimentos estéticos nas mamas após o diagnóstico do câncer.

Conheça a SBM

A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) é uma organização filiada à Associação Médica Brasileira (AMB), que possui mais de 2000 sócios e tem como principal objetivo habilitar profissionais médicos com o título de especialização em Mastologia.

É considerado médico mastologista apenas o profissional que possui o título conferido pela entidade ou semelhante, desde que seja validado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), responsável pela fiscalização e pela definição de normas das práticas médicas.

A SBM também promove diversas ações a respeito de estudos da área e prática das atividades por meio de eventos como congressos, reuniões científicas, cursos e outros programas. Além disso, atua anualmente na campanha “Outubro Rosa”, alertando a sociedade sobre o diagnóstico do câncer de mama.

Especialização na área de Mastologia

Pelo grande número de pacientes diagnosticados com câncer de mama, o médico mastologista é um profissional muito requisitado na área de Oncologia. Porém, o campo de atuação não é limitado apenas a essa área. Isso porque o profissional pode atuar no tratamento de patologias mais simples.

Mesmo assim, para ingressar na residência médica, é preciso ser formado em Ginecologia e Obstetrícia ou em Cirurgia Geral, uma vez que a área compõe o grupo de especialidades com pré-requisitos, as R3. A duração do curso é de dois anos.

O aprendizado do médico durante a especialização em mastologia inclui atividades teóricas e práticas sobre as principais patologias e procedimentos indispensáveis para a atuação em ambulatórios, consultórios e centros cirúrgicos. O profissional também deve estar apto para realizar uma série de testes complementares, como exame de mama, ultrassonografias e ressonâncias.

Além das competências práticas e teóricas no aprendizado do curso, o perfil comportamental do profissional de Mastologia precisa ser adequado às necessidades do paciente, uma vez que a especialidade trata de uma intimidade das pessoas. Transmitir confiança no atendimento é fundamental para a integridade.

Mercado de trabalho

Como a incidência de casos de câncer de mama cresce a cada ano, o mercado de trabalho para especialistas em Mastologia oferece diversas oportunidades. Mesmo com o baixo índice de óbitos pela doença, resultado das técnicas de tratamento precoce dos pacientes, a área requisita muitos profissionais capacitados.

A principal subespecialidade da área é a mamografia, um exame que tem objetivo de rastrear os tecidos mamários. Dessa forma, é possível identificar nódulos e possíveis sinais de doenças nessa região do corpo, diagnosticando o câncer de mama de maneira precoce.

Aprofunde seus conhecimentos no assunto!

Agora que você conheceu as particularidades da mastologia e os principais requisitos para ingressar na residência médica da área, que tal se aprofundar mais no assunto? Para isso, conheça mais a respeito do diagnóstico do câncer de mama em pacientes em nosso artigo.

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MarcosMarangoni Junior

Marcos Marangoni Junior

Paulistano nato, criado nas ruas do Ipiranga, médico ginecologista e obstetra formado na UNICAMP, mestrando em Saúde Reprodutiva pela UNICAMP, e professor da Gineco-Obstetrícia da Medway. Só nasce grande filhote de monstro.