Carregando

O que cai na prova multimídia de residência médica

E aí, está pronto para a prova de residência médica? Não? Então fique tranquilo, porque ainda tem um tempinho para você ficar por dentro do que é mais importante ao longo do processo seletivo. Por exemplo, você sabe o que cai na prova multimídia?

Essa é uma modalidade de prova que, mesmo sendo comum em algumas instituições, se popularizou ainda mais ao longo da pandemia. Afinal, ela é uma forma de testar conhecimentos técnicos, sem precisar da realização da prova prática tradicional.

Sendo assim, é importante saber exatamente como ela funciona: em alguns editais, você sabe que ela fará parte de seu teste, porém por vezes ela é surpresa, e cai como uma fase da prova prática. Então, vamos lá? Continue a leitura para tirar suas dúvidas a respeito do assunto!

O que é a prova multimídia

Antes de falar sobre o que cai na prova multimídia, é muito importante que você saiba exatamente com o que vai lidar. O princípio desse tipo de prova é muito parecido com o da prova prática. Todavia, no lugar de passar por estações e ter que simular procedimentos ou fazer anamnese, ela permite uma ação mais interativa.

Em geral, são mostrados vídeos ou imagens, com perguntas discursivas ou objetivas sobre o que é mostrado. O conteúdo abrange fotos ou vídeos de cirurgia, exames de imagem, demonstração de atendimentos, entre outros pontos importantes da rotina clínica na Medicina.

Os temas costumam ser mais genéricos, voltados para problemas comuns do dia a dia do profissional. É também uma avaliação mais simples e mais barata de se aplicar, e é por isso que muitas instituições têm preferido aplicá-la em substituição à prova prática.

Quando isso acontece, a prova multimídia tem peso 4. Ou seja, sua nota nessa etapa é somada com a da primeira etapa, a prova teórica, que tem peso 5. E o peso 1 restante é destinado para a entrevista e/ou análise de currículo, formando assim a tríade usual da prova de residência médica.

No entanto, a prova multimídia pode fazer parte da sua prova prática. Por exemplo, algumas instituições não contam com as 5 estações das áreas básicas da Medicina, mas apenas com duas ou três, sendo que o restante da prova será multimídia. Ou então, a prova prática acontece normalmente com as 5 estações e, ao final delas, você terá mais uma ou duas questões multimídia para responder.

A prova multimídia é aplicada por meio de um computador, que é disponibilizado em uma sala apropriada. O candidato é observado por um fiscal e, posteriormente, suas respostas são avaliadas pela banca examinadora.

É muito importante ter atenção ao tamanho da resposta. Ela precisa conter todos os detalhes possíveis pedidos no enunciado, mas deve ser curta e objetiva, portanto preste bem atenção no que realmente é relevante mencionar a respeito de cada caso mostrado no computador.

Por fim, o principal objetivo dessa prova é simplesmente avaliar a capacidade dos futuros residentes de analisar casos, situações, resultados, sinais clínicos, entre outros, uma habilidade indispensável para a qualidade do atendimento médico. Sua habilidade será testada ao máximo, porque mesmo que sejam mais simples, não quer dizer que as questões sejam exatamente fáceis.

Afinal, o que cai na prova multimídia

Agora sim, vamos falar sobre o que cai na prova multimídia! Para começar, vale lembrar que as questões englobam as áreas de Cirurgia Geral, Clínica Médica, Obstetrícia e Ginecologia, Medicina Preventiva e Pediatria. Vale a pena observar o conteúdo de provas passadas da instituição de sua escolha para ter uma ideia do que é recorrente quando se trata de temas mais específicos. Para além disso, estude com foco no seguinte:

Imagens radiológicas

Para começar, as imagens radiológicas sempre fazem parte de qualquer prova multimídia. Isso significa que você terá que avaliar, analisar e responder a respeito de materiais como:

  •  raio-X;
  • ressonância magnética;
  • ultrassonografia;
  • angiografia;
  • tomografia computadorizada;
  • mamografia, entre outros.

Diante disso, é fundamental que você faça um treinamento específico para realizar links entre as questões e as imagens. É quase que uma análise lógica, porque você realmente terá que colocar o raciocínio para funcionar.

Imagens não radiológicas

As imagens não radiológicas também estarão presentes ao longo da prova multimídia. Elas costumam envolver mais questões de Clínica Médica, Cirurgia e Pediatria, mas podem também ter a ver com as outras áreas cobradas em provas práticas. Os temas mais frequentes são:

  • eletrocardiograma;
  • lesões na pele;
  • sinais semiológicos;
  • ECG;
  • esfregaço de sangue periférico;
  • histologia.

O formato das questões não se difere do que é oferecido em relação às imagens radiológicas. Em alguns casos, para ambos os conteúdos, podem cair questões de múltipla escolha, bem daquele jeito de “sabe ou não sabe”. Então é bom exercitar o olhar clínico, porque o tempo não é muito longo para finalizar cada questão.

Audiovisual

É provável que as questões audiovisuais sejam as mais temidas pelos candidatos. Afinal, são em áudio e vídeo, e por isso pode ser que contenham mais informações para analisar e “juntar os pontinhos”. Normalmente, as questões falam sobre:

  • identificação de estruturas anatômicas em cirurgias por vídeo,
  • abordagem dos sinais semiológicos;
  • ausculta cardíaca;
  • ausculta pulmonar;
  • videolaparoscopia; entre outros.

E como estudar para isso tudo? Você precisará praticar bastante, cronometrando o tempo destinado a cada questão, avaliando as imagens mais importantes dentro de uma prova multimídia e, é claro, investindo na realização de simulados multimídia. Afinal, não basta saber somente o que cai, é preciso saber resolver exatamente da forma como a instituição exige para que a sua pontuação seja alta. Para este tipo de prova, também existe um checklist a ser preenchido, então fique esperto.

Pronto! Você já está por dentro e sabe exatamente o que cai na prova multimídia das melhores instituições do país. Com base no que viu por aqui, pode começar a se preparar e a estudar com mais foco e dedicação para conquistar a tão sonhada vaga na residência médica. Está com dificuldades de se organizar?

Então é hora de aproveitar o conteúdo do CRMedway para garantir um direcionamento eficiente e que cubra todos os pontos mais importantes para conseguir uma boa nota na prova multimídia. São mais de 300 checklists na íntegra e mais de 40 estações simuladas para você ficar por dentro de tudo que rola na prova prática, além de ter em mãos um Atlas Multimídia para estudar por meio da revisão de imagens e muito mais! Faça já sua inscrição no CRMedway Online ou no CRMedway Online+Presencial clicando AQUI!

Aproveite e confira também o e-book Como Brilhar nas Provas Práticas de Residência Médica e coloque todas as dicas em prática!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.