Carregando

Prova multimídia de residência médica: o que você NÃO deve fazer

Fala, pessoal! Tudo em cima? Hoje é dia de falar sobre a prova multimídia de residência médica, que pode substituir a prova prática de residência médica tradicional ou fazer parte dela. E aí, vai prestar residência e já tá preocupado com essa etapa do processo seletivo?

O que NÃO fazer na prova multimídia de residência médica
O que NÃO fazer na prova multimídia de residência médica

Continue a leitura, porque vamos te contar tudo que você NÃO deve fazer na prova multimídia para garantir a aprovação e se tornar residente na instituição dos seus sonhos. 

Bora lá? 

O que é a prova multimídia de residência médica? 

Antes de mais nada, precisamos explicar como funciona essa etapa do processo seletivo. A prova multimídia de residência médica pode substituir os atores e os acessórios médicos que são usados na prova prática, ou seja, você não vai precisar fazer nada, nem mesmo os procedimentos específicos ou uma anamnese, como é o comum. 

As cinco estações são mantidas da mesma forma. No entanto, você vai assistir a um vídeo ou ver uma imagem de uma situação médica, como cirurgias, exames ou atendimento. Depois disso, é só responder a perguntas discursivas ou objetivas relacionadas ao que foi mostrado. 

Agora, vamos ao que você NÃO deve fazer nessa etapa do processo seletivo!

3 coisas que você NÃO deve fazer em uma prova multimídia de residência médica

Não dê voltas 

Algumas provas multimídia de residência médica possuem o modelo de resposta discursiva para as perguntas. Sendo assim, é muito importante ser objetivo e responder somente ao que a questão de prova multimídia pede. Isso porque os corretores têm muitas provas para corrigir e querem que o candidato vá direto ao ponto em suas respostas.

Além disso, é comum que as questões de prova multimídia tenham limite de palavras ou linhas. Portanto, não é nada bom demorar muito para dar a resposta exata. Lembre-se de que uma prova multimídia de residência médica não só verifica o seu conhecimento sobre o tema, mas também confirma se você sabe transformá-lo em uma resposta concisa e compreensível para quem lê, ok? 

Não se esqueça da Língua Portuguesa

Como já dissemos acima, existem provas multimídia de residência médica que pedem que você responda a algumas questões discursivas. Por isso, é muito importante ficar atento à sua caligrafia e às normas gramaticais. Se o corretor não conseguir ler o que está escrito, ele pode descontar pontos de você.

Além disso, ao mesmo tempo em que é muito importante ter o conteúdo médico na ponta da língua, também é necessário saber se expressar bem em Português. Se você tem dificuldades para expressar seus conhecimentos por meio da escrita, não deixe de treinar bastante as questões discursivas enquanto estuda.

Pense que toda resposta deve ter início, meio e fim, como em uma pequena redação. Dessa forma, você vai conseguir ser mais objetivo e mandar bem na hora de escrever sobre os temas requeridos.

Outra coisa muito importante é tomar cuidado com as abreviações. Você precisa tornar sua questão discursiva muito clara para que o corretor não se confunda ou deixe de entender o que está escrito. Sendo assim, fique atento e revise o que anotou, evitando perder pontos ou ser incompreendido em sua resposta. 

Não deixe o erro te abalar 

Leu o enunciado da questão e percebeu que não sabe qual é a resposta correta? Não se desespere! Primeiro, você deve respirar fundo, se concentrar e tentar se lembrar do que estudou para chegar à solução. Se mesmo depois de ter feito isso a memória continuar falhando, não se abale e pule para a próxima questão. 

O tempo é um fator crucial para se ter um bom desempenho. Por isso, demorar muito em uma única questão pode atrapalhar todo o restante da sua prova. Lembre-se: não dá pra saber de tudo, e um único erro não pode atrapalhar toda a sua trajetória! Siga em frente e continue respondendo o que sabe sem se desesperar, assim, você vai ter mais chances de se sair bem e atingir os seus objetivos

Pronto, agora você já sabe o que NÃO deve fazer em uma prova multimídia de residência médica

É isso, pessoal! E agora, temos uma dica de ouro pra quem presta a prova de residência médica: você sabia que a segunda fase faz toda a diferença na sua nota final? É isso mesmo! Ela pode, inclusive, te colocar em várias posições à frente dos concorrentes! E nessa parte da prova, é o CRMedway que irá te dar o necessário para mandar bem. 

São mais de 300 checklists na íntegra e mais de 40 estações simuladas para você ficar por dentro de tudo que rola na prova prática de residência médica, além de ter em mãos um Atlas Multimídia para estudar por meio da revisão de imagens e muito mais! Faça já sua inscrição no CRMedway Online ou no CRMedway Online+Presencial clicando AQUI!

E pra finalizar o assunto da prova multimídia, não se esqueça, também, do e-book Como brilhar nas provas práticas de residência médica, disponível na Academia Medway.

É isso, moçada! Espero que você tenha gostado de saber mais sobre o que você não deve fazer em um prova multimídia de residência médica. Até a próxima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.