Carregando

Sociedade Brasileira de Reumatologia: conheça a instituição

Que tal conhecer essa entidade que, desde a sua fundação, busca promover a excelência da sua especialidade, fornecendo soluções acessíveis e confiáveis aos seus associados para além de desenvolver a atualização científica, o ensino e a pesquisa? Estamos falando da SBR, a Sociedade Brasileira de Reumatologia! 

Fundada em 15 de julho de 1949 no Rio de Janeiro, a Sociedade Brasileira de Reumatologia possui tradição científica internacional, especialmente entre os países da América Latina. 

A Sociedade Brasileira de Reumatologia

A SBRSociedade Brasileira de Reumatologia é filiada à AMB (Associação Médica Brasileira) e atualmente conta com mais de 2 mil médicos associados, 24 sociedades regionais filiadas de norte a sul do Brasil e 24 comissões científicas, que buscam exercer, com excelência, o seu trabalho. 

A missão maior da SBR é promover a qualidade de vida e a saúde de toda a sociedade, proporcionando aos médicos congregados o aprimoramento dos conhecimentos em Reumatologia e estimulando os pesquisadores da área com prêmios, bolsas de estudo e financiamento de pesquisas. 

Por isso, a Sociedade Brasileira de Reumatologia desenvolve o projeto ProNuclear, com o intuito de fomentar núcleos de pesquisa em regiões do país que são carentes de educação continuada e de pós-graduação em Reumatologia. 

O projeto ProNuclear também conta com o incentivo e a participação do Fundo de Auxílio à Pesquisa e Ensino em Reumatologia, e tudo isso é feito para que a SBR seja cada vez mais uma sociedade médica reconhecida pela sua competência: 

  • nas práticas de gestão; 
  • na promoção de eventos e produção científica;
  • no incentivo a melhores práticas de qualidade e segurança;
  • na assistência ao paciente juntamente aos seus sócios integrados, sempre comprometidos com a entidade e especialidade. 

Como se associar à Sociedade Brasileira de Reumatologia

Para quem tem interesse em associar-se à Sociedade Brasileira de Reumatologia, basta acessar o site da instituição, preencher os formulários e enviar os documentos solicitados. 

Podem se associar médicos brasileiros e estrangeiros residentes no exterior interessados em Reumatologia e que colaborem de forma relevante com a SBR. A boa notícia é que o pagamento da anuidade é facultativo, assim como os associados aspirantes, nos quais se enquadram os médicos de qualquer especialidade que possuam vínculo com a Reumatologia. No entanto, estes têm um período de 3 anos para se tornarem especialistas na área e passarem a ser membros efetivos; caso contrário, não poderão participar da Sociedade Brasileira de Reumatologia

Os médicos residentes que estão cursando a Residência Médica em Reumatologia e também aqueles que estão matriculados em cursos de treinamento teórico-prático em Reumatologia são reconhecidos pela SBR, desde que com a duração e matriz curricular igual à do Programa de Residência Médica em Reumatologia reconhecido pela CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica).

E em todos os casos, para a admissão ao quadro associativo da Sociedade Brasileira de Reumatologia, será exigido do pretendente, além do preenchimento da proposta de admissão assinada, o pagamento da taxa de inscrição estipulada pela Diretoria e descrito no regimento interno, a indicação de no mínimo dois sócios efetivos da SBR

O que faz a SBR

O trabalho da Sociedade Brasileira de Reumatologia vai muito além da formação médica continuada. Ele também visa aumentar o reconhecimento da atividade do profissional que atua em Reumatologia, contribuindo efetivamente para a melhoria das suas condições de trabalho, além de proporcionar a melhoria e o acesso aos serviços por eles prestados a toda população. 

Isso tudo se dá por meio de uma série de benefícios concedidos aos médicos associados, que vão desde seguro de acidentes pessoais a descontos nas taxas de inscrição em todos os eventos promovidos pela entidade. Isso sem falar do:

  • acesso irrestrito a videoaulas e registros de congressos e eventos, dentro da Universidade do Reumatologista; 
  • conteúdo científico de alta qualidade, com revistas como a Revista Brasileira de Reumatologia (edições até 2017) e Advances in Rheumatology; 
  • acesso online e recebimento impresso de Boletim e Radar SBR; 
  • acesso ao Primer de Reumatologia da SBR e a livros digitais na Biblioteca da SBR;
  • acesso a centenas de artigos de Reumatologia Pediátrica selecionados pela SBR. 

A Sociedade Brasileira de Reumatologia também produz e distribui gratuitamente cartilhas orientadoras, além de divulgar experiências, problemas e estratégias de cunho científico por meio do site, revistas e mídias sociais da instituição.

Eventos da SBR

A Sociedade Brasileira de Reumatologia confere ao associado uma série de benefícios como a gente mencionou anteriormente e o status de uma organização de grande prestígio no meio médico. Por isso, a SBR também oferece aos seus associados dezenas de cursos, jornadas e congressos, tanto online quanto presenciais, como o 38° Congresso Brasileiro de Reumatologia – o terceiro maior do mundo na especialidade e que aconteceu em outubro de 2021, contanto com a participação de cerca de 2.600 médicos. Por causa da pandemia de COVID-19, o evento foi totalmente online e debateu o impacto das principais doenças reumáticas na população, além de atualizar os reumatologistas para as novas linhas de tratamento e pesquisa na área. 

Pra você ter uma ideia da importância do 38° Congresso Brasileiro de Reumatologia, além dos muitos temas discutidos, esteve em destaque o papel da reumatologia frente à pandemia de Covid-19 e seu impacto nos pacientes. Aproximadamente 30 palestrantes internacionais de países como Estados Unidos, Espanha, Alemanha, França, Holanda, Canadá e Áustria participaram da programação. E entre os brasileiros, mais de 350 especialistas em Reumatologia fizeram parte da grade de conferências, mesas redondas, cursos e apresentações científicas, e mais de 500 trabalhos científicos inscritos foram expostos durante os três dias que durou o evento.

Outra coisa bacana que o 38° Congresso Brasileiro de Reumatologia proporcionou foi o Encontro Nacional de Pacientes, aberto para pacientes, familiares, cuidadores, profissionais da saúde e quaisquer pessoas interessadas.

Título de especialista na Sociedade Brasileira de Reumatologia

O TER (Título de Especialista em Reumatologia) é o documento emitido pela Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) e conferido aos médicos egressos de Programas de Residência Médica em Reumatologia que realizaram a prova da entidade. Essa é a afirmação de que eles conseguiram adquirir todo o conhecimento que é necessário para ser um especialista na área e para atuar com segurança no seu dia a dia. 

Os médicos que não realizaram a residência médica na área mas que possuem comprovação de pelo menos 4 anos de prática profissional em Reumatologia também podem prestar a prova de obtenção de título de especialista em Reumatologia. No entanto, é preciso ter atenção: neste caso específico, a Sociedade Brasileira de Reumatologia precisa validar a documentação e aceitar a comprovação fornecida. 

Se você quer obter o título de especialista em Reumatologia na SBR (Sociedade Brasileira de Reumatologia) em convênio com a Associação Médica Brasileira (AMB), dê uma olhada aqui. Nesse link, você vai ter acesso a todas as informações e irá encontrar encontrar a lista de todos os pré-requisitos, os procedimentos e também as formas de preenchimento da ficha de inscrição. Além disso, o site da SBR traz explicações detalhadas de como proceder em relação ao envio dos documentos exigidos e sobre a realização da prova. 

Quer saber sobre outras áreas antes de se aventurar por esse caminho? Que tal dar uma lida no artigo que fizemos sobre qual carreira seguir dentro da Medicina? Não deixe de conferir!

A Residência Médica em Reumatologia

Pra se tornar um especialista em Reumatologia é preciso se dedicar e se preparar para estudar bastante! Isso porque a especialidade exige como pré-requisito a Residência em Clínica Médica com duração de dois anos, para depois o médico cursar os dois anos da Residência Médica em Reumatologia. Das 60 horas de estudos semanais, 50% será destinado a atividades ambulatoriais e os outros 50% ao tempo em:

  • unidades de internação e interconsulta;
  • medicina física e reabilitação;
  • estágios complementares em Ortopedia, Reumatologia Pediátrica e laboratório. 
Saiba mais sobre a Sociedade Brasileira de Reumatololgia
Saiba mais sobre a residência médica em Reumatologia

Atualmente, não há subespecialização em Reumatologia e, por isso, muitos médicos acabam escolhendo a carreira acadêmica, buscando aprofundar seus conhecimentos nas doenças reumatológicas na pós-graduação, no mestrado e no doutorado. 

A gente sabe que, para muitos, ainda há a dúvida se o melhor caminho é mesmo a Reumatologia ou a Ortopedia, afinal de contas, as duas especialidades têm muitos pontos em comum; no entanto, também possuem diferentes modos de atuação. Uma coisa é certa: em muitos momentos, os profissionais de ambas especialidades vão poder trabalhar em conjunto durante o tratamento. E para que você conheça um pouco mais sobre as diferenças entre elas, é só dar uma olhada no artigo que fala das semelhanças e diferenças entre reumatologistas e ortopedistas.

E aí? Curtiu conhecer a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR)? 

Então, que tal buscar a preparação mais adequada para as provas de residência? Dá só uma olhada na Academia Medway e você vai encontrar centenas de conteúdos completamente gratuitos que vão te ajudar a entender melhor como são as provas das principais instituições, como o Guia Definitivo da USP e o Guia Definitivo da Unifesp que são duas ótimas opções de escolha para quem quer fazer a Residência Médica em Reumatologia em São Paulo, já que cada uma delas oferece 11 vagas a cada seleção. 

Já aqui no Blog, você pode continuar navegando para saber quais são as instituições mais buscadas para fazer Residência em Clínica Médica em São Paulo e dar o primeiro passo em direção ao seu sonho de se tornar um reumatologista, pois a Residência em Clínica Médica é pré-requisito para a Residência Médica em Reumatologia. Vamos estudar juntos? Bora pra cima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.