Carregando

As instituições mais buscadas para fazer residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo em SP

A Cirurgia do Aparelho Digestivo é uma especialidade que trabalha com um aspecto muito importante do nosso corpo: o tratamento cirúrgico das patologias do sistema digestivo (com exceção da cavidade oral). Isso inclui estômago, esôfago, intestinos delgado e grosso, bem como outros órgãos como fígado, vesícula biliar, via biliar e pâncreas. Para lidar com partes tão importantes do corpo, é necessária a atuação de um bom profissional, né? E é exatamente aí que entra a residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo!

E você? Já pensou em se especializar em Cirurgia do Aparelho Digestivo? Só em São Paulo, são tantas instituições pra escolher que dá até pra ficar perdido, né? Mas pode ficar tranquilo! Hoje, vamos falar um pouco sobre algumas das instituições mais buscadas para fazer Cirurgia do Aparelho Digestivo em SP! Assim, você fica conhecendo melhor e suas chances de fazer a escolha ideal vão lá em cima! 

Preparado? Então bora lá!

USP

Não fazemos essa lista em ordem de importância ou coisa do tipo, mas não dá pra negar que, em termos de reconhecimento, a Universidade de São Paulo (USP) é uma das gigantes de São Paulo — e é ela que vai abrir esse post! A USP é uma instituição que, como você provavelmente já sabe, é uma das mais prestigiadas do país — e até do continente. Mas você sabe como é a residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo no Hospital das Clínicas

Vista aérea do HCFMUSP, onde é realizada a residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo

Bom, pra começo de conversa, essa especialidade é denominada, na USP, como um programa de pós-graduação, ou seja, não é uma residência de acesso direto, e sim uma residência com pré-requisitos — assim como a maioria das outras instituições por aí.

Na USP, ela dura 2 anos e requer uma especialização prévia em Cirurgia Geral. A maioria desses anos serão vividos, é claro, no Hospital das Clínicas da FMUSP, maior complexo hospitalar da América Latina. No nosso Guia Definitivo da USP-SP contamos tudo sobre essa estrutura e tudo o que você precisa saber pra ser um residente lá — da preparação à vida de quem já faz residência médica no HC. Confira!

A nota de corte para Cirurgia do Aparelho Digestivo na USP em 2020 foi 66,6, recebida pelo último classificado para as 22 vagas oferecidas — por falar nisso, a relação candidato/vaga foi de 6,57, hein?

O melhor então é se preparar! Temos um artigo que vai te ajudar a ter uma visão bem aprofundada do exame, contando tudo sobre a prova de residência médica da USP-SP, direto ao ponto! E, é claro, não vai esquecer do edital, né?

Unifesp

Também prestigiada e também adepta do mesmo modelo que a USP, é hora de falar sobre a Escola Paulista de Medicina, a tradicionalíssima Unifesp. Isso significa que, sim, ela tem como pré-requisito a graduação em Medicina e a residência em Cirurgia Geral

Fachada do Hospital São Paulo, onde é realizada a residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo da Unifesp

E em termos de estrutura, a Unifesp tá lá em cima também, viu? Grande parte das atividades práticas da residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo na Unifesp são desempenhadas no Hospital São Paulo, reconhecido como o maior hospital universitário do país. Bom demais!

Em 2021, essa especialidade contou com 4 vagas e 50 candidatos, gerando uma relação candidato/vaga bastante próxima de 12,5. A nota de corte, por sua vez, foi de 3,80.

Mas se você não quer ser um daqueles 2 candidatos que sobraram, então não vai dar mole né? Confira já os nossos artigos sobre as novidades no edital de 2022 e a prova de residência médica na UNIFESP direto ao ponto!

Unicamp

A Unicamp dá seguimento à nossa lista, também com grande renome! De forma similar à USP e à Unifesp, a Universidade de Campinas oferece sua residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo como uma área de atuação com pré-requisito em Cirurgia Geral, também com 2 anos de duração — mas com somente 4 vagas, pelo menos no processo seletivo mais recente. Com 10 candidatos, a relação candidato/vaga foi de 13,50.

As atividades da residência são desempenhadas no Hospital de Clínicas da Unicamp, e conta com um grande fluxo de pacientes e casos de alta complexidade. Ah, e a nota de corte para Cirurgia do Aparelho Digestivo na Unicamp foi de 5,88!

Bom, é evidente que se você tem interesse em fazer Cirurgia do Aparelho Digestivo nessa instituição, é melhor já ir se preparando para as provas! Quer saber tudo sobre a prova de residência por lá para preparar direitinho? Então clica aí no nosso artigo sobre a prova de residência médica da Unicamp, direto ao ponto. E pra não deixar nenhuma informação importante sobre a prova passar batida, confira as novidades no edital de residência médica da Unicamp 2022 clicando aqui.

SUS-SP

Hora de falar do maior processo seletivo de residência médica do Brasil: o SUS-SP! A instituição ofereceu, no processo seletivo de 2019, 4 vagas para a residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo. Para essas vagas, foram 69 inscritos, gerando uma curiosa concorrência de 17,25 candidatos por vaga

A residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo no SUS-SP não se distingue muito das outras que já listamos, com o pré-requisito de uma residência em Cirurgia Geral — além, obviamente, da graduação em Medicina.

O processo seletivo do SUS-SP é realizado em uma fase única, com uma prova composta de 100 questões de múltipla escolha. Se você quer saber mais sobre como funciona a prova, clica aqui! E pra ver o edital, aqui!

São cerca de 50 instituições que estão no edital do SUS-SP, cada uma com seus próprios programas de residência médica — é bom fazer a escolha com cuidado, hein?

IAMSPE

A residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo no Hospital do Servidor Público Estadual (IAMSPE) é nossa próxima listada, e segue o mesmo modelo das instituições anteriores, em relação à pré-requisitos.

Vista aérea de onde é realizada a residência em Pneumologia do IAMSPE

Na edição de 2021 deste processo seletivo, foram ofertadas 17 vagas para o programa que tem duração de 3 anos. A nota de corte, nesse processo, foi de 6,25, em uma escala de 1 a 10.

Se você tem interesse em fazer residência no IAMSPE, não pode deixar de ler o nosso artigo em que falamos tudo sobre a residência no IAMSPE, bem como sobre o edital 2022!

E aí? Já sabe onde vai cursar a residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo?

Então, agora que você já sabe um pouco sobre as cinco instituições mais buscadas para fazer residência em Cirurgia do Aparelho Digestivo, temos mais uma dica pra te ajudar nessa escolha tão difícil. Na Academia Medway temos diversos e-books e minicursos 100% gratuitos! Isso mesmo, e podemos destacar alguns e-books que vão facilitar muito seu processo de escolha e de preparação para as provas, como o Novo Guia Estatístico da USP-SP para saber quais assuntos priorizar nos estudos para a residência, ou o e-book de 20 Questões de Cirurgia da Unifesp.

E, por último mas não menos importante, temos mais uma dica pra te ajudar nessa jornada de preparação. as inscrições estão abertas para o Intensivo São Paulo, nosso curso preparatório para estudar nessa reta final e te levar pro único lugar possível: pra cima!

Por hoje é só galera. Bons estudos!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.