Carregando

CFM: entenda o que é e qual é a atuação do Conselho Federal de Medicina

Cada carreira possui uma instituição para regulamentá-la e realizar vistorias na atividade dos profissionais, como é o caso do CFM. Com o crescimento do número de médicos no Brasil, ele se tornou ainda mais importante para normatizar a profissão e assegurar não só direitos, mas deveres.

Pelo impacto das atividades para o exercício da medicina no país, ele se divide em unidades regionais e atua de forma completa no território nacional. A seguir, descubra o que é CFM e entenda a importância desse órgão para a medicina brasileira. 

O que é CFM?

O Conselho Federal de Medicina (CFM) iniciou as atividades em 1951 para assegurar a qualidade da profissão médica no Brasil. Regulamentar e fiscalizar são os objetivos centrais do órgão, mas a gestão também se preocupa em integrar os profissionais por meio de atividades periódicas tanto on-line quanto presenciais. 

Com a normatização da medicina, houve uma melhora significativa na qualidade dos atendimentos prestados à população. Isso porque o CFM tem o compromisso de defender as boas práticas pelos médicos e buscar serviços eficientes para a sociedade. 

A relação entre os médicos e a gestão do órgão se fortalece a cada ano. Isso permite a troca de experiências por meio dos documentos, das informações e dos artigos compartilhados no portal CFM.

O contato também é feito diretamente com a população, que pode propor sugestões para o atendimento médico, reclamações e denúncias de serviços prestados tanto na rede pública quanto na rede privada.  

Quais são as contribuições?

A principal contribuição da instituição com a sociedade é ampliar o espaço de comunicação. Assim, os feedbacks são levados em consideração para modificar a postura ética e garantir que o código de normas esteja atualizado diante das constantes mudanças na profissão. 

O Conselho de Medicina também contribui para o estímulo ao estudo, mesmo para aqueles que já estão atuando na área há bastante tempo. Afinal, estudar regularmente complementa os conhecimentos teóricos e práticos, além de favorecer a atuação nas especialidades. 

Outro ponto importante é a transparência e o incentivo à pesquisa. Para que todos saibam mais sobre a medicina no Brasil, por meio de estatísticas, o órgão desenvolve levantamentos que indicam a quantidade de médicos no país, a distribuição desigual nas regiões e os aspectos sobre a formação dos novos profissionais.

Chamados de Demografia Médica, esses estudos são publicados anualmente com informações sobre formação acadêmica, mercado de trabalho e especialidades que podem ser seguidas no programa de residência. Eles contribuem para a preparação da carreira dos recém-formados.

Publicações

Além da pesquisa citada anteriormente, o conselho amplia o espaço de publicações on-line, como artigos científicos de assuntos atuais. Um exemplo recente é o texto sobre a pandemia de COVID-19 e as fragilidades do sistema de saúde brasileiro, escrito por José Abelardo Garcia de Meneses.

Outras produções oficiais são o Jornal e a Revista Medicina. O primeiro possui oito páginas com seções de ética médica, política e saúde, plenário e comissões. Já a segunda apresenta conteúdos de humanidades distribuídos em 100 páginas.

Qual é a importância do CFM?

Agora que explicamos o que significa CFM, a importância do órgão é traçada por meio das atividades apresentadas acima. Portanto, por regulamentar a profissão, a principal relevância dele é a representação e a defesa dos direitos da classe médica.

O CFM também possui um papel indispensável para o planejamento estratégico institucional de ações e programas. Para isso, a gestão faz análise de ambiente e alinhamento, que direciona os objetivos para a medicina e para a instituição. 

Como o objetivo do órgão é a defesa da qualidade dos serviços de saúde, a relevância é a mesma para médicos e pacientes. Enquanto o conselho protege os direitos dos médicos, exige atuação ética, com formação técnica e humanista para assegurar bons serviços à população. 

Código de ética

O código de ética é a principal responsabilidade do Conselho Federal. A elaboração da última resolução do documento foi discutida e analisada por três anos, até chegar na versão final, publicada em 2018. 

No código, estão compromissos, limites e direitos para médicos e pacientes. Alguns pontos abordados na regulamentação são: sigilo profissional, direitos humanos, doação e transplante de órgãos e tecidos.  

Serviços ao cidadão

O portal do CFM possui uma área destinada à população. Nesse espaço, o paciente pode realizar uma busca por médicos por meio do número do CRM, da localização (estado e município), da especialidade e de outros filtros que facilitam o resultado da pesquisa. 

A busca também pode ser feita para encontrar estabelecimentos de saúde, ambulatórios, hospitais, clínicas, consultórios e outros tipos listados a partir do preenchimento de informações básicas (cidade, estado, nome).

Saiba tudo sobre a rotina médica com a gente!

Após conhecer quais são as atividades do CFM, você pode aproveitar e se integrar mais sobre a comunidade médica. Com a gente, você fica por dentro de novidades e significados dos termos da medicina. Continue acompanhando nosso blog para saber mais!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
Ana KarolineBittencourt Alves

Ana Karoline Bittencourt Alves

Catarinense nascida em 1995, criada em Imbituba e apaixonada por uma praia. Formada pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2018, com residência em Clínica Médica pela Universidade de São Paulo (USP-SP 2019-2021) e professora de Clínica na Medway. "Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua produção ou a sua construção. Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender" - Paulo Freire.