Carregando

Como é o modelo de currículo para estudante de Medicina que vai prestar residência?

O processo pra residência médica começa ainda na graduação. Isso mesmo, você não leu errado! É lá pelo quarto ou quinto ano que as preocupações com as provas e os seus conteúdos começam a pintar, mas bem antes disso, nos primeiros semestres da graduação em Medicina, sua jornada se inicia: suas escolhas, seus estágios e suas experiências, mais tarde, serão descritos no seu currículo e você vai ter que explicar tudo tim-tim por tim-tim pra um entrevistador. Mas você sabe como é um modelo de currículo para estudante?

E você aí achando que não precisava se preocupar com isso! Na verdade, vai ter que se planejar para escolher um modelo de currículo para estudante que seja atraente! É claro que ao longo da faculdade de Medicina os interesses vão mudando, as expectativas nem sempre são correspondidas e, muitas vezes, você entra na graduação querendo se tornar um cardiologista e termina fazendo a prova pra residência médica em Dermato! Mas como explicar isso? Como aproveitar todas as vivências de estudo e mostrá-las em um currículo que deponha a seu favor? 

Vem comigo! A gente te mostra como mandar muito bem nessa etapa! Que tal dar uma olhada no artigo que fizemos sobre o que você precisa fazer para ter um currículo top para a residência?

Antes de seguir, eu tenho um convite pra você, que quer ter uma preparação incrível para as provas de residência médica do próximo ano! Estão abertas as inscrições para a Mentoria 2022, nosso curso que ensina as melhores metodologias de estudo e te ajuda a potencializar seus resultados. Inscreva-se já!

Agora sim: confira um modelo de currículo para estudante de Medicina

Pra começo de conversa, a gente precisa salientar que o currículo é uma parte importante nos processos de seleção pra residência médica e saber mostrar suas escolhas e vender seu peixe pode te ajudar a conseguir a tão sonhada vaga. Em muitas instituições no Brasil, as provas de residência médica possuem duas etapas. A análise do seu currículo só vai acontecer lá na segunda etapa e normalmente ela vem acompanhada de uma entrevista com a banca avaliadora.

Saber qual o modelo de currículo para estudante de Medicina pode fazer toda a diferença na hora de você se inserir no mercado de trabalho

No entanto, existem também algumas instituições que não possuem prova prática e, por isso, o peso da entrevista e da avaliação do seu currículo costuma ser maior também. Mas uma coisa você tem que ter em mente: as informações vão ser verificadas e você precisa saber argumentar bem sobre suas escolhas expostas no seu modelo de currículo para estudante. 

E aí vêm as perguntas: o que relatar no currículo? O que priorizar na graduação? Como justificar escolhas? Como valorizar experiências? Calma! A gente vai te ensinar o caminho das pedras pra você fazer um currículo padrão-ouro! Então, mãos à obra! Vamos montar o seu modelo de currículo para estudante! 

Passo 1: escolhendo o formato

Muita gente não sabe, mas existe uma infinidade de formatos de currículos e cada um deles atende a um propósito diferente: há os cronológicos, os funcionais, o Lattes e o Vitae – esse último costuma ser o mais indicado na hora de escolher o modelo de currículo para estudante. Fica de olho também na instituição: algumas delas definem o modelo de currículo e isso costuma ser bem específico. Leia atentamente o edital e tenha cuidado pra não deixar passar batido! 

Delimitando o tamanho 

O ideal é que você seja conciso e se utilize apenas de informações relevantes. Nada de encher linguiça pra ganhar linhas no currículo e fazê-lo parecer maior! Tamanho não é garantia de nada! Em geral, até duas páginas são suficientes pra você relatar suas experiências.

Preenchendo o currículo 

Agora que você já sabe o modelo e já tem ideia do tamanho final, é chegada a hora de alimentar as páginas com as suas informações. Uma coisa que não pode ser esquecida – e pasme, muita gente se esquece – é manter seus dados atualizados, como telefones, e-mails e endereço. Se mudou o número do celular, não se esqueça de trocar! E se o seu e-mail ainda é daquele tempo do cursinho ou de quando você jogava League of Legends, está na hora de pensar em um e-mail mais condizente com a posição que deseja ocupar. Nada de gamers ou nicknames fofinhos: seu nome e sobrenome e ponto! 

No seu modelo de currículo para estudante também é preciso botar seus dados pessoais e tudo o que você realizou ao longo da sua graduação, sua formação acadêmica, a instituição de ensino e o período cursado, além da carga horária, a duração e os estágios realizados durante todo o internato. Se você teve a oportunidade de fazer cursos de verão, intercâmbios na graduação, se trabalhou depois que se formou, é necessário que esses dados estejam detalhados no seu modelo de currículo para estudante.

Uma coisa muito interessante que agrada bastante os entrevistadores é a participação em atividades extracurriculares e eventos, além da produção acadêmica. São atividades que mostram seu interesse e disponibilidade em aprender mais profundamente sobre determinada área da Medicina. 

Então, se ao longo da sua graduação em Medicina você fez monitorias, participou de projetos de iniciação científica, estagiou em unidades de obstetrícia, de emergência ou de terapia intensiva, é válido destacar isso, bem como se ganhou algum tipo de bolsa ou auxílio de pesquisa acadêmica. 

E, certamente, nos seis anos de estudos da faculdade de Medicina, muitos cursos de curta duração, jornadas, congressos e simpósios aconteceram, né? Em muitos deles você foi apenas para conhecer e em outros apresentou trabalhos ou papers? Essa é hora de mostrar que seu interesse foi além dos bancos escolares! Junte todos os certificados de participação e mostre a que veio. Não se esqueça também dos artigos publicados e dos trabalhos bibliográficos. O seu currículo é o seu registro de vida na universidade. 

A participação em eventos internacionais pode ser impressionante mas não é condição sine qua non pra se destacar. Agora, sobre o domínio de outro idioma, é imprescindível você ser verdadeiro. Já pensou se você afirma ser fluente e, no meio da entrevista, solicitam para você uma demonstração? Seja honesto, com você e com o outro. É perfeitamente possível se destacar sendo apenas você. Sua argumentação pode ser melhor do que qualquer recheio no currículo. 

E a gente sabe que nem só de simpósios vive o estudante de Medicina! A faculdade é uma oportunidade única de viver intensamente; para muitos, é a primeira experiência de se viver sozinho, longe da casa dos pais, com outras pessoas em uma república. E nessa caminhada muitos estudantes se encontram em atividades nunca antes imaginadas e formam sua tribo nas atléticas, nas ligas, nos centros acadêmicos, monitorias voluntárias. E olha só, as bancas adoram trabalhos voluntários! Fica a dica aí: se você ainda não fez algum, corre atrás disso! Todas essas atividades são relevantes sim e merecem ser mostradas no seu currículo!

E só mais uma dica pra deixar seu modelo de currículo para estudante nos trinques…

Pra você matar de vez suas dúvidas e começar desde já a planejar um currículo fora de série, que vai te fazer brilhar nas entrevistas dos mais variados processos seletivos das residências médicas no Brasil, baixe agora o e-book Como ter um currículo padrão-ouro, um material topíssimo feito pelo nosso time de médicos professores aprovados nas melhores instituições do país! Eles vão te dar o caminho das pedras pra você se preparar da melhor maneira para a entrevista com seus futuros chefes! Então, não perde mais tempo, partiu fazer o seu modelo de currículo para estudante e bora pra cima! 

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.