5 Ilusões Comuns entre os recém-formados em Medicina

Durante todos esses anos de preparação para as provas de residência, vemos que entre os alunos de Medicina, principalmente os no internato, é muito comum a ansiedade de ser um médico recém-formado e não saber se vai cursar ou não uma residência médica logo após a formatura.

Mas muito se fantasia sobre como é essa vida de médico recém-formado: tanto o aluno, ansiando pela formação e todas as “glórias” de poder “salvar vidas” com seu carimbo, quanto os familiares e amigos, ansiando por nossas vitórias.

Imagem ilustrativa do recém-formado em Medicina e suas ilusões
Confira a seguir as 5 ilusões mais comuns que o recém-formado em Medicina acredita!

A sociedade impõe ao médico um status que nem sempre é real.. Isso porque a cobrança e as altas expectativas à profissão são, muitas vezes, em padrões que superam a capacidade humana. Isto é, segundo pesquisa do CFM (Conselho Federal de Medicina), 45,8% da classe médica, em algum momento, já se sentiu esgotada por conta de sua profissão.

Somado a isso, o médico recém-formado se prepara para um mercado de trabalho, começando pela residência médica, que muitas vezes nada tem a ver com o ambiente acadêmico em que vive durante a faculdade. Logo, como esperado, a frustração aparece logo nos primeiros meses de recém-formado.

Médico recém-formado: e agora?

O gap é enorme entre a faculdade e a “vida real”. Mas ninguém te fala claramente para o que você deve se preparar.

E mesmo os que tentam nos ajudar, quem de fato devemos ouvir?

  • Nossos mestres, que passaram a vida inteira dentro do mundo acadêmico?
  • Outros médicos recém-formados, enviesados pela frustração em que estão passando com a profissão nesse momento?
  • Nossos familiares médicos, enviesados por uma noção de Medicina de “tempos áureos” passados?
  • Outros alunos na mesma situação, crentes de que sabem a verdade da realidade da profissão, já que estão por dentro de todas as notícias e acontecimentos do mundo médico?

É difícil saber a quem ouvir nesse momento.

E é por isso que nós da Medway criamos uma lista com a ajuda de quem é médico recém-formado para te mostrar quais são as maiores ilusões dessa fase da vida. Confira abaixo!

1) Conhecimento basta para o médico recém-formado

Apenas ter conhecimento técnico não é mais suficiente hoje em dia. Os pacientes querem carisma, empatia e habilidade de comunicação por parte dos médicos.

2) Salvar vidas

Na realidade, são poucos médicos que vão salvar a vida de uma pessoa na iminência da morte. Geralmente, essa função não é especialidade médica.

3) Ficar rico

Foi-se o tempo em que esta profissão era sinônimo de riqueza. O salário do médico recém-formado pode chegar a 7 reais a hora, no pior cenário. A FENAM (Federação Nacional dos Médicos) estipulou como piso salarial de 2020 para a profissão o valor de R$ 15.274,34 por mês, mas é apenas uma sugestão, não uma obrigação.

4) Futuro garantido

Hoje em dia é comum ver médicos na faixa etários dos 60 anos trabalhando no pronto-socorro em regime de plantão. Isso porque trabalhar em consultórios não gera mais tanto retorno financeiro. Logo, não pense que só porque cursou medicina é garantia de uma vida tranquila na velhice.

5) Fartura de trabalho

Se você acha que há trabalho em abundância para médicos, já te aviso: existem cada vez mais profissionais se formando a um ritmo que a quantidade de vagas disponíveis no mercado não é capaz de suprir.

Enfim…

Dentro dessas ilusões, não poderíamos de deixar a mais comum com a qual o profissional médico se depara logo que se forma: os plantões. Aproveite e veja nosso vídeo sobre as ciladas em que pode cair nos plantões Brasil afora:

Infelizmente, todos nós vivenciamos as experiências descritas acima.

Tanto o João Vitor quanto o Alexandre, quando eram médicos recém-formados, tiveram que se deslocar rumo ao interior para trabalhar tanto na assistência básica quanto no regime de plantões. E a remuneração, quando devidamente paga, “não era lá essas coisas”.

Essa é a realidade que o médico recém-formado deve se preparar

Principalmente você que acabou de se tornar um médico ou vai se tornar um em breve.

Realmente é sempre muito desafiador começar a dar plantão. Pensando nisso e em nossas experiências, escrevemos um Ebook totalmente gratuito. Ele conta sobre o que você precisa saber antes de dar plantão em um lugar novo. Na Academia Medway, você encontra esse e vários outros materiais gratuitos de medicina de emergência, incluindo e-books e aulas 100% online.

É comum ainda ter dúvidas sobre a escolha da residência médica, uma decisão que, além de ser difícil, vai marcar sua vida. E você sabe qual é o caminho para tomar essa decisão? Primeiramente, é fundamental analisar quais são os seus objetivos e interesses. Depois, você deve conhecer quais são as características de cada especialidade e como elas se encaixam no perfil profissional.

Foi pensando nisso que nós preparamos um teste vocacional de residência médica de algumas das alternativas mais procuradas e perguntas essenciais, vale a pena conferir clicando AQUI!

Sabia que a falta de definição sobre isso pode até te impedir de se preparar para as provas de residência, fazendo com que seu cérebro sabote todos os seus planos de estudo? Contamos tudo sobre esse e outros bloqueios que podem impedir sua aprovação.

Até mais, moçada!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."