Carregando

Como um curso de Medicina de Emergência pode te ajudar

A maioria dos médicos recém-formados e dos residentes em anos iniciais não se sente segura para dar plantões. Muita gente nem tem oportunidade de manejar casos com autonomia na graduação e, de repente, se vê com um diploma de médico na mão, com a necessidade de trabalhar e com a enorme responsabilidade de lidar com vidas. Para suprir esse gap de conhecimento e, especialmente, de prática, vou te contar hoje como um curso de Medicina de Emergência, como o nosso PSMedway, pode te ajudar

Bora lá?

Vantagens de fazer um curso de Medicina de Emergência 

Mais segurança para sua prática 

Você não se formou para sentir medo de trabalhar, né? Existe uma série de fatores que faz com que os médicos não saiam da faculdade totalmente preparados para colocar a mão na massa e isso gera muita insegurança e um medo enorme de errar. Nas emergências, o seu tempo de resposta precisa ser rápido por conta da diversidade de casos e do volume de pacientes. É difícil oferecer uma assistência de qualidade sem uma certa bagagem, por isso muita gente sente que está correndo contra o tempo nos plantões, precisando aprender muito mais rápido do que seria necessário para conseguir atender. No meio da correria da emergência, a última coisa que você precisa é do stress de achar que pode estar fazendo algo errado — ou, pior, estar realmente fazendo algo errado. É claro que com  tempo e a prática você vai ganhando mais segurança, mas o caminho pode ser muito mais doloroso! Um curso de Medicina de Emergência pode te ajudar a ganhar essa segurança muito mais rápido.

Menos risco de iatrogenia e processo por erro médico 

Só de pensar em ser processado por um erro de conduta já dá aquele frio na espinha. Nenhum médico da face da Terra quer correr esse risco, porque isso implica não só na dor de cabeça de lidar com o processo, mas também na vida dos pacientes e na própria carreira do profissional. Isso sem contar a autoconfiança do médico, que fica totalmente abalada. É comum que residentes cheguem aos plantões com uma dificuldade considerável de discernir os casos graves ou sem conseguir traçar uma conduta rápida para as emergências médicas – lacunas que, por si só, já são capazes de gerar muitos problemas. No entanto, com uma boa capacitação, os riscos de isso acontecer diminuem

Aprender o que você não viu ou não teve tempo de praticar na faculdade 

Existem alguns procedimentos e condutas que assustam muito os médicos iniciantes nas emergências e prontos-socorros. Diferenciar casos graves, como já dissemos, é um dos maiores medos. Além disso, existe também dificuldade de saber as prescrições corretas para cada situação, de entender a necessidade de exames complementares, de fazer diagnósticos precisos, de antever complicações e, até mesmo, de atestar óbitos, entre outras coisas. Para te ajudar um pouco nisso, vou deixar aqui a dica para que você conheça três dos nossos e-books gratuitos: ECG sem mistérios, Guia de Prescrições e O Guia Rápido da Intubação Orotraqueal. Embora não substituam a vivência em um curso, eles são feitos para apontar caminhos de forma bastante direta pra que você consiga aplicar e melhorar sua atuação.

Bônus: fazer plantões em locais melhores

Se até aqui falamos de como um curso de Medicina de Emergência pode te ajudar na sua atuação, vamos mencionar agora o benefício do retorno financeiro para sua carreira — afinal, ele também é importante! Imagine só que você tenha uma certificação afirmando que você está preparado para atuar na emergência e no pronto-socorro de qualquer hospital e vai concorrer por uma vaga no plantão com outros médicos recém-formados e inexperientes. Quem é a prioridade de contratação? Você, óbvio

Ou seja, você estará mais qualificado e, assim, poderá conseguir trabalhar em hospitais mais renomados, com melhor remuneração. Logo, o investimento que você fizer em um curso de Medicina de Emergência será revertido em pouco tempo de trabalho. Lembre-se de que a maioria dos médicos não possui essa certificação, por isso, vale a pena buscar se destacar.

Os depoimentos de quem fez um curso de Medicina de Emergência 

Se você ainda tem dúvidas sobre como um curso de medicina de emergência pode te ajudar, te convido a ler os depoimentos de duas alunas do PSMedway, o curso de Medicina de Emergência da Medway, que contam como esse aprendizado fez a diferença na vida delas, inclusive durante a residência médica.

Bárbara Ahnert é residente de Área Cirúrgica Básica na Unicamp e ex-aluna do PSMedway. O motivo que a fez procurar por essa capacitação foi a famosa insegurança. Olha só o que ela contou pra nós:

“Acredito que tudo que engloba o contexto de uma emergência seja um motivo de angústia para os recém-formados e comigo não foi diferente. O curso me permitiu consolidar conceitos e habilidades pouco exploradas durante a graduação e me desvincular de condutas alheias que nem sempre eram as mais adequadas, mas que por vezes tomamos como corretas pela inexperiência e falta de uma referência concreta na prática”. 

Além disso, ela considera que o PSMedway a ajudou também na preparação para as provas de residência e explica como isso aconteceu: 

“Além de ter me dado mais confiança para os atendimentos, o curso me proporcionou o estudo dos conteúdos teóricos de forma mais sistematizada, com um raciocínio clínico organizado que extrapolasse o simples fato de resolver questões de prova. Isso foi determinante na preparação para as provas teórica e prática de residência médica, pois o meu desempenho foi reflexo da soma de uma base teórica sólida com habilidades práticas que adquiri com o PSMedway”. 

Outra ex-aluna do PSMedway, a Mariana Utiyama, nos deu seu depoimento sobre a diferença que o curso fez na sua prática. Hoje ela é R2 de Clínica Médica na Universidade Santo Amaro (Unisa), mas, quando se formou, sentiu que tinha uma boa bagagem teórica e pouca vivência clínica. Depois do PSMedway, ela se lembra exatamente do primeiro caso de infarto com supra que manejou sozinha e com tranquilidade. Se liga na história dela:

Bora investir em um curso de medicina de emergência para dominar o PS?

Agora que você já sabe como um curso de medicina de emergência pode te ajudar nos plantões e na sala de emergência, mesmo na residência médica, é hora de saber mais sobre o PSMedway, nosso curso online que oferece uma abordagem prática das principais patologias que aparecem nas emergências e que, ao final, te dá um certificado de conclusão comprovando que você está pronto para encarar qualquer plantão.

Para conseguir de fato melhorar a prática do médico, o curso conta com simulações realísticas que fazem o aluno se sentir dentro do PS. Além disso, o PSMedway aborda a identificação de casos graves e detalha os principais procedimentos que você precisa saber, dando dicas que você não vai encontrar nos livros.

E aí, curtiu essa proposta? Então, fique sabendo que agora você pode aproveitar 7 dias grátis do conteúdo do curso. É isso mesmo: é uma semana totalmente gratuita pra aprimorar seus conhecimentos e arrasar no plantão! Demais, certo? Inscreva-se já e não perca essa oportunidade! 

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram

É médico e quer contribuir para o blog da Medway?

Cadastre-se
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.