Carregando

Especialidades médicas: confira todas as informações necessárias

Sabemos que o caminho para a residência médica pode ser árduo e difícil. Devido à grande quantidade de áreas na Medicina, é comum ficar confuso sobre qual carreira seguir e traçar um plano para o futuro profissional. Entretanto, durante a formação, o aluno é apresentado a uma série de especialidades médicas que podem ajudar nas escolhas.

Mesmo que algumas pessoas iniciem a graduação com a certeza da carreira médica que desejam seguir, outras se decidem apenas durante o curso. Por isso, o aprendizado adquirido nas aulas teóricas e no internato são essenciais para a tomada de decisões na trajetória.

Pensando nisso, trouxemos um conteúdo especial para falar das especializações de Medicina. Assim, você fica por dentro dos principais detalhes sobre os passos seguintes após a formação acadêmica, caso queira se profissionalizar em uma área específica da saúde.

O que são especialidades médicas?

Em suma, os ramos da Medicina que envolvem as práticas em grupos específicos de pacientes são caracterizados como especialidades médicas. Portanto, os diversos campos do conhecimento limitam-se à atuação aprofundada nessas áreas, reconhecidas como especializações.

Assim, o médico que escolhe se profissionalizar em uma determinada área é responsável pelos cuidados relacionados ao setor escolhido. Além disso, o profissional cuida da região do corpo associada à especialização, prestando o diagnóstico de doenças e enfermidades.

No Brasil, as especialidades médicas são reconhecidas por lei pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). O órgão federal é responsável por fiscalizar todas as práticas médicas em vigência no país. De acordo com a última resolução, o CFM reconhece um total de 55 especializações e 59 áreas de atuação.

É possível ingressar em um curso de especialização por meio da residência médica, considerada uma modalidade de ensino destinada aos médicos em formação. Os programas são disponibilizados por diversas instituições espalhadas pelo país. A residência é o momento em que você aprende as principais técnicas da área.

Os tipos de especialidades na Medicina

Como visto, um médico em formação possui diversas oportunidades para dar início à carreira desejada. Porém, você sabia que algumas áreas médicas exigem mais que um diploma de graduação para serem cursadas? Conheça mais sobre as especialidades de acesso direto e com pré-requisitos.

Especialidades de acesso direto

As especialidades que possuem acesso direto são aquelas em que os médicos podem cursar sem a exigência de uma especialização prévia. O diploma de formação na graduação de Medicina é o único requisito para participação dos programas de residência de uma especialidade dessa categoria.

As áreas mais concorridas e desejadas que fazem parte desse grupo são: Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Geral e Ginecologia e Obstetrícia. Algumas delas também são exigências para a formação nas especialidades com pré-requisitos.

Especialidades com pré-requisitos

Como o próprio nome diz, trata-se de campos de atuação que exigem uma formação prévia. Isso porque algumas práticas da Medicina exigem conhecimentos específicos em outras áreas. Por exemplo, para se especializar em Cardiologia, é normalmente exigida formação em Clínica Médica.

Entre as áreas com pré-requisitos com maior procura entre candidatos, destaca-se a Cardiologia. A prova de residência médica para as especializações nessa categoria envolve questões relacionadas à área de especialização prévia. Na prova de acesso direto, são cobrados conteúdos das cinco grandes áreas da Medicina.

A importância da especialização para a carreira médica

Especializar-se em alguma área não é obrigação de todo médico, mas definitivamente é um fator que pode trazer muitos ganhos para a carreira. Além de ser um momento ideal para aprimorar os conhecimentos em uma determinada área, é um fator importante para aumentar a renda.

Os cursos voltados para as especialidades médicas são supervisionados por profissionais da área em questão. Por isso, é uma fase da formação em que você tem contato com diversos profissionais de saúde e médicos que realizam todos os procedimentos que você irá aprender na rotina profissional.

Além disso, ingressar na residência médica aumenta as chances no mercado de trabalho. Uma vez formado, principalmente em áreas da Medicina que possuem maior carência de profissionais, é possível encontrar diversas oportunidades que podem alavancar sua carreira profissional.

Por isso, é importante extrair o máximo de aprendizado possível nesse momento para se destacar como médico. Também é importante saber conciliar as atividades do seu cotidiano para não se sobrecarregar e aproveitar a especialização ao máximo.

Como preparar-se para a especialização?

Além de saber conciliar com seu dia a dia, a preparação para os concursos de residência é muito importante. Por oferecerem uma quantidade de vagas limitadas por especialidades, geralmente os programas são muito concorridos.

Portanto, se você deseja adquirir conhecimentos necessários para brilhar nas provas e garantir a aprovação, conheça nosso curso preparatório, o Extensivo Medway. Ele possui diversas opções, adequadas para o tempo de preparação que você deseja.

A partir dele, você tem acesso a videoaulas ao vivo e gravadas sobre os principais conteúdos que caem nas provas, além de diversos outros materiais. Assim, você dá um passo na sua carreira médica e tem mais chances de garantir a vaga na especialização desejada.

Conheça mais sobre a especialização

Agora que você compreendeu o que são as especialidades médicas e qual é a importância delas para a carreira profissional, que tal visitar nosso Guia de Especialidades Médicas? Conheça as principais especialidades de programas das instituições de São Paulo!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.