Preparação para Residência Médica: o segredo pro sucesso

A faculdade está acabando e sempre que te perguntam sobre a preparação para residência médica bate uma aflição. E a gente te entende muito, passamos por essa fase também…

Veja se não é bem assim:

  • Fim do curso chegando;
  • Quanto mais perto você chega da formatura, caminhões de responsabilidades surgem;
  • Os medos de errar ou de não saber o que fazer visitam a sua mente mais do que você gostaria;
  • E a sua vontade é de se transformar num avestruz e enfiar a cabeça na terra pra fugir do mundo.

Meu amigo, entenda, é normal ter essa sensação na reta final da faculdade e preparação para residência médica! E não é crime, não é vergonha, nem sinal de fraqueza. É normal e boa parte de nós médicos já vivenciou isso.

Poxa, é óbvio que lidar com vidas é um tanto assustador e é natural ter receio de falhar na atuação.

A boa notícia é que existe uma forma de começar a dominar esse medo e substituí-lo por autoconfiança, antes mesmo da formatura e início da residência médica! Mas, atenção: a percepção de competência integral e o fim do medo só virão depois de você ter vivenciado algumas experiências atuando na Medicina.

O “pulo do gato” está justamente no fato de você assumir 100% da responsabilidade sobre os pacientes.

Mas como assim 100% da responsabilidade?

É a mesma linha de raciocínio que explica o porquê do motorista do carro decorar o caminho muito mais rápido do que os passageiros. Isto é, quando você é interno, já tem uma ou outra responsabilidade, mas a maioria delas é atribuída ao residente ou preceptor. É função deles juntar as peças da sua anamnese e exame físico para definir uma hipótese diagnóstica, ditar a conduta e dar um voto de confiança ao carimbarem as fichas e receituários.

Perceba: é exatamente a repetição do raciocínio clínico, conduta e carimbo que trazem mais e mais segurança para o profissional. Logo, então por que não começar a fazer isso desde já? Foi justamente pra te orientar é que fizemos o infográfico abaixo!

preparação para residência médica - 1
preparação para residência
bom médico preparado na residência
Medicina Preparação

Sem mais delongas…

Siga esses conselhos, que você vai ganhar muito mais prática e confiança na hora de ter que cumprir as funções de fato. E se tem algum amigo que merece ler isso, encaminhe pra ele esse artigo pra que ele veja esse infográfico!

Com essas dicas, você vai sentir na pele a repercussão positiva de simular que toda a responsabilidade é sua, e de esboçar todo o atendimento do paciente, desde os cumprimentos de saudação até os de despedida.

Só para exemplificar: no meu 6º ano, o interno dava plantão noturno na enfermaria do hospital, ficando responsável por atender a todas as intercorrências.

Era meu dever avaliar o paciente, checar sua prescrição, entender o que estava acontecendo com ele, pensar na conduta que eu tomaria para finalmente poder conversar com o assistente que estava de plantão comigo.

Foi um crescimento exponencial, e será para você também. Para te ajudar ainda mais a saber como lidar com as salas de emergência e exercer a medicina, criamos um ebook 100% grátis: Guia de Prescrições. Com ele, você vai ser capaz de dominar 99% das suas emergências! Baixe já!

Além da necessidade de ganhar mais prática e confiança na hora de ter que cumprir as funções de médico, a gente sabe que as preocupações da jornada de preparação para a residência médica também são um ponto importante dessa fase da carreira – afinal, uma das formas de ganhar ainda mais confiança e destaque é fazendo uma boa residência médica! Por isso, fizemos um outro material gratuito para te ajudar com isso, que é o nosso e-book Os 15 bloqueios que te impedem de ser aprovado na residência. Com ele, você vai conhecer todos os bloqueios mentais que atrapalham os seus estudos e te impedem de ser aprovado na residência médica dos seus sonhos.

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."