Carregando

Internato em Medicina: dicas para mandar bem

Precisa de algumas dicas para mandar bem no internato em Medicina? Então você está no lugar certo! Afinal, se chegou até aqui, sabe que essa é uma das etapas mais importantes do curso, e uma ótima oportunidade para, inclusive, descobrir o que quer fazer na residência médica.

Essa fase toma os dois últimos anos da graduação, e é voltada para a vivência prática da profissão. Ou seja, os alunos entram em cena, sempre com a supervisão de um tutor da faculdade, para atender pacientes e encarar situações reais. O internato é um estágio obrigatório que faz parte da faculdade de Medicina e é regulamentado pelo MEC.

Bateu a ansiedade para esse momento? Relaxa! Com as dicas que preparamos, além de se dar bem, você com certeza vai aproveitar ao máximo todos os ensinamentos. Confira!

Internato em Medicina: dicas para mandar bem

Observe

Para começar, você precisa observar! É isso mesmo: fique sempre de olho em seus preceptores ou em qualquer pessoa que seja responsável pelo seu grupo na hora de atender o paciente e realizar procedimentos. Mais do que mostrar passo a passo de algum procedimento, a postura deles também deve se tornar referência.

Lembre-se de que é observando pessoas que têm experiência com a atividade em questão que realmente aprendemos. Quando possível, anote o que percebeu e revise eventualmente assim que a sua oportunidade de atuar chegar. A intenção não é simplesmente repetir, mas incorporar o que é importante em suas atitudes, juntamente com seus próprios insights.

Além disso, não se esqueça de que observar seu paciente também faz toda a diferença. Na medida em que você aprende a escutá-lo e a entender suas necessidades, passa a desenvolver um atendimento humanizado.

Peça ajuda

Não sabe fazer algo? Deixe a vergonha de lado, respire fundo e peça ajuda. Você não tem obrigação de saber tudo. O internato é um ótimo momento para descobrir dúvidas e realmente receber as explicações detalhadas, na prática, e reforçar seu aprendizado. Isso vale, inclusive, como complemento para a dica anterior — se tiver dúvidas sobre suas observações, faça questão de tirá-las.

Seja bastante honesto com seu preceptor, com seus colegas e com os pacientes também, pois todos confiam em você e acreditam em sua capacidade. Não entrar na pilha da ansiedade é primordial, até porque quando você começar a atuar de verdade, terá que tomar várias decisões importantes.

Sendo assim, o internato é a experiência certa para que você cresça na carreira profissional. Essa é uma das dicas para mandar bem no internato em Medicina mais importantes, de verdade. Aproveite!

Seja pontual e assíduo

Pontualidade e assiduidade são duas características essenciais à rotina de qualquer médico. Comece a exercitá-las logo no período de internato, para desenvolver o hábito e levá-lo para toda a vida profissional.

Essa é uma forma de, além de criar rotina, não prejudicar seus colegas que já estão há horas no plantão. A empatia contribui para uma boa convivência e para um trabalho de qualidade.

Sem contar que, a depender da sua faculdade, ambas são critérios de avaliação para sua nota final. É muito importante que você cumpra tudo corretamente, e isso influencia também em seu desempenho geral. Ou seja, quem cumpre sai no lucro e de quebra ajuda o próximo.

Leve lanches

Algumas dicas para mandar bem no internato em Medicina parecem bobas para muita gente, como é o caso dessa. Mas pode acreditar em nós: ter um lanchinho ao alcance na hora do intervalo é essencial para manter a disposição lá em cima.

Isso porque a rotina será superintensa e corrida. A depender dos casos e da especialidade na qual você estiver, os horários ficarão uma bagunça. E estar em um hospital já pede que qualquer profissional fique de sobreaviso e disponível.

Diante disso, nem sempre os internos vão almoçar no horário certo, quando sentem fome. O que mais acontece é ter que comer muito mais tarde, então esteja preparado para repor as energias e não ficar para baixo!

Saiba os critérios de avaliação

Conheça a fundo os critérios que fazem parte da avaliação do aluno durante o internato. Dessa maneira, você chegará sempre no hospital sabendo o que é esperado da sua conta, para se esforçar, dar o seu melhor e conseguir dar “check” em todos os critérios da lista que valem a sua nota final.

Alguns dos critérios você já viu: assiduidade, pontualidade e comportamento ético e profissional. Esse é o básico, concorda?

Além deles, você deve levar em conta sua atuação em procedimentos de baixa e alta complexidade, cumprimento de normas de biossegurança, domínio psicomotor, entre outros. A própria faculdade normalmente fornece a lista no início do internato, então não se esqueça de conferir e prestar atenção em como se porta.

Não deixe os estudos teóricos de lado

A empolgação com a prática é tudo de bom e é uma motivação e tanto para ter um desempenho marcante no internato. No entanto, não pare em momento algum de estudar conteúdos teóricos. Seja para revisar um assunto antigo ou mesmo para se atualizar em algum tema de seu interesse por meio de artigos e publicações científicas.

Em especial, se você deseja seguir caminho na residência médica ou em outro tipo de especialização. No primeiro caso, principalmente, você terá que enfrentar várias etapas com provas e entrevistas para conquistar a tão sonhada vaga e estar com o conteúdo fresco na memória é uma ajuda e tanto.

E sim, como a gente já disse, de fato a rotina do internato é muito cheia. Mas você terá intervalos e pausas e pode montar um cronograma de estudos que se encaixe nesses momentos. Não se esqueça de acrescentar nele uma horinha para descanso, é claro, porque equilíbrio é tudo!

Gostou das dicas para mandar bem no internato em Medicina?

É isso aí! Você já tem um monte de dicas para mandar bem no internato em Medicina e está com a faca e o queijo na mão para tirar o melhor dessa vivência incrível que a graduação proporciona.

Dedique-se e aproveite muito! Use esse aprendizado para começar a direcionar seu foco para a residência médica. Se está no 5º ou 6º ano já pensando em se preparar para ingressar em uma delas, que tal aproveitar o Curso de Internato gratuito? Por lá, você vai aproveitar 16 horas de aula, com direito a aprendizado sobre anamnese, preenchimento do prontuário e passagem de visita, exame físico das mais diversas especialidades, procedimentos e muito mais. Clique aqui e se inscreva!

E aí, bora lá?

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.