Carregando

Residência do Sírio-Libanês para diversas áreas da saúde

A vida profissional do médico começa com uma residência especializada e eficaz. A partir desse princípio, o programa de residência do Sírio-Libanês apresenta destaque em âmbito nacional e internacional, possuindo um concorrido processo seletivo devido à excelência e à maestria na formação dos profissionais.

O programa de residência do Sírio-Libanês é dividido em três planejamentos, sendo eles: residência multiprofissional, residência médica e residência uniprofissional. Todos os segmentos foram desenvolvidos visando atingir o aperfeiçoamento prático e teórico do acadêmico com primor. 

Residência multiprofissional

Na residência multiprofissional, o aluno pode escolher entre quatro áreas de atuação. Confira as esperas, o quantitativo de vagas e a duração do programa abaixo.

  • Cuidado ao Paciente Crítico: 15 vagas, 2 anos de duração;
  • Cuidado ao Paciente Oncológico: 12 vagas, 2 anos de duração;
  • Gestão dos Serviços de Saúde e Redes de Atenção à Saúde: 4 vagas, 2 anos de duração;
  • Residência multiprofissional no Cuidado à Saúde da Criança: 7 vagas, 2 anos de duração.

Residência médica

Na residência médica, são oferecidas 13 possibilidades de especialização. Confira todas as informações do cronograma acadêmico abaixo. 

  • Cardiologia: 6 vagas, 2 anos de duração;
  • Clínica Médica: 6 vagas, 2 anos de duração;
  • Anestesiologia: 8 vagas, 3 anos de duração;
  • Pediatria: 6 vagas, 3 anos de duração;
  • Ano Adicional – Ergometria: 2 vagas, 1 ano de duração;
  • Radiologia/Diagnóstico por Imagem: 6 vagas, 3 anos de duração;
  • Radioterapia: 2 vagas, 4 anos de duração;
  • Mastologia: 1 vaga, 2 anos de duração;
  • Oncologia Clínica: 4 vagas, 3 anos de duração;
  • Dermatologia: 3 vagas, 3 anos de duração;
  • Medicina Intensiva: 6 vagas, 3 anos de duração;
  • Neurologia: 3 vagas, 3 anos de duração;
  • Endoscopia: 5 vagas, 2 anos de duração.

Residência uniprofissional

O médico residente deste planejamento pode escolher uma entre as seis áreas de aperfeiçoamento dispostas. 

  • Enfermagem Clínico-Cirúrgica: 8 vagas, 2 anos de duração;
  • Enfermagem em Centro Cirúrgico e Centro de Material e de Esterelização: 4 vagas, 2 anos de duração;
  • Física Médica em Radioterapia: 2 vagas, 2 anos de duração;
  • Enfermagem em Urgência e Emergência: 8 vagas, 2 anos de duração;
  • Enfermagem em Cardiologia: 6 vagas, 2 anos de duração;
  • Biomedicina em Diagnóstico por Imagem: 8 vagas, 2 anos de duração.

A importância da especialização qualificada

Por meio da especialização, o estudante de Medicina pratica todo o aprendizado absorvido na faculdade. Nesta etapa, ele realiza plantões, atendimentos ambulatoriais e emergenciais, efetua rondas médicas e faz acompanhamento de pacientes, ou seja, vivencia a rotina de um plantão médico.

É imensamente importante salientar que, durante o período de internato, o acadêmico está sob supervisão do staff, um médico com extrema expertise na área de atuação que orienta a equipe. 

Visando esse importante momento no viés profissional do residente, o Hospital Sírio-Libanês fundamenta a missão de desenvolver e aprimorar o interno para o mercado de trabalho, potencializando a evolução profissional na mesma escala que fomenta a visão humana. 

Na residência do Sírio-Libanês, o compromisso com a saúde do paciente é alvo de todo atendimento. Para efetivar essa responsabilidade, a instituição disponibiliza recursos, tecnologias e métodos de ponta, ampliando a capacidade de aprendizado e alcançando os melhores resultados em todas as camadas.

Potencializando a missão de excelência em atendimentos e garantindo relevância na sociedade, o programa de residência do Sírio-Libanês possui os profissionais mais qualificados em cada especialização, ao nível nacional e internacional, certificando a distinção no setor. 

Cronograma para residência 

Se você deseja concorrer a uma das vagas do programa de residência do Sírio Libanês, pode se preparar conferindo o cronograma do último edital, aberto no ano passado, com início do planejamento em janeiro deste ano. 

É importante ficar atento ao período de inscrição e efetuar a matrícula para concorrer à especialização desejada. É indispensável ler o edital de abertura, principalmente, os pré-requisitos exigidos em algumas áreas de especialização. 

No último concurso para residência, a prova ocorreu no dia 6 de dezembro, em 8 capitais brasileiras. Os inscritos que prosseguiram no exame realizaram uma entrevista por videoconferência, com análise e arguição de curriculum vitae.

Como se preparar para a prova

O candidato precisa dispor de uma rotina de estudos de forma eficiente, que o prepare em conjunto para todas as etapas do processo seletivo, incluindo a realização da prova objetiva e a preparação para as fases posteriores, como a entrevista.

É importante acompanhar os editais e as provas anteriores. Porém, um cronograma estruturado é a chave para conquistar a tão sonhada vaga na residência. Para isso, criamos um guia até à residência médica

Potencialize seu estudo e conquiste sua vaga!

Com nossa ajuda, é possível escolher qual curso melhor se aplica à sua realidade com base nos seus objetivos particulares. São cursos extremamente segmentados e intensivos, que desenvolvem para o máximo do aprendizado e da aplicação. 

As aulas são articuladas com mecanismos de máxima absorção. A plataforma é simples e interativa, sendo possível realizar atividades pelo aplicativo, simplificando e otimizando os estudos. 

Além de contarem com todo o embasamento tecnológico, os professores que ministram as aulas são facilmente acessíveis, fazendo com que o direcionamento dos estudos e das atividades seja mais efetivo e dinâmico.

Conte com a nossa ajuda!

Quanto antes você começar a preparação para a residência do Sírio-Libanês, mais chances tem de alcançar seu sonho. Facilitamos seu ingresso no curso, priorizando seu desenvolvimento e sua assimilação dos conteúdos. Inclusive, disponibilizamos conteúdos gratuitos. Confira! 

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
DjonMachado

Djon Machado

Catarinense e médico desde 2015, Djon é formado pela UFSC, fez residência em Clínica Médica na Unicamp e faz parte do time de Medicina Preventiva da Medway. É fissurado por didática e pela criação de novas formas de enxergar a medicina.