Carregando

Residência médica da SES-SC: conheça o processo seletivo unificado

A residência médica da SES-SC é uma ótima escolha se você busca um processo seletivo prático e hospitais de excelência para trabalhar. A prova envolve dezenas de instituições reconhecidas na região Sul do país e pode ser realizada em diversas cidades.  

A sigla SES-SC refere-se à Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, que administra hospitais estaduais de referência ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS). Os programas de residência nesses locais são oportunidades incríveis para desenvolver a carreira médica. Confira!

Como o processo seletivo funciona

A residência médica da SES-SC diferencia-se por ter o maior processo seletivo unificado da região Sul do país, que envolve 40 instituições hospitalares relacionadas à Secretaria Estadual de Saúde de SC e à Escola de Saúde Pública de SC.

A seleção é organizada pela Associação Médica Catarinense (AMC). Ao contrário de outros processos seletivos unificados, que contam com uma taxa única padronizada, cada instituição participante cobra uma inscrição.

Para tentar o ingresso em diferentes hospitais, o candidato deve pagar uma inscrição para cada um, mas faz apenas uma prova, que pode ser realizada em diversas cidades. Atualmente, o processo unificado também inclui locais no Rio Grande do Sul, no Mato Grosso do Sul, no Mato Grosso e em Rondônia.

Onde fazer a prova

Embora envolva hospitais da região Sul, o processo seletivo da SES-SC pode ser realizado em vários locais do Brasil. Em Santa Catarina, estado que concentra as instituições participantes, o candidato pode fazer a prova nas cidades de Florianópolis, Joinville, Criciúma, Chapecó e Lajes.

No Rio Grande do Sul, que conta com muitos candidatos, devido à proximidade com as instituições de Santa Catarina, é possível participar da seleção em Porto Alegre, Pelotas, Santa Maria, Santa Cruz, Caxias do Sul, Passo Fundo e Rio Grande.

Os candidatos de outras regiões do país podem fazer a prova para a residência da  SES-SC em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, em Cuiabá, no Mato Grosso, e na cidade de Porto Velho, em Rondônia.

Instituições participantes

O processo seletivo unificado da SES-SC oferece vagas de residência para 40 instituições. Entre elas, há hospitais e centros médicos de grande destaque na região Sul, como o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt e o Centro de Pesquisas Oncológicas. Confira a lista completa:

  • Associação Hospitalar São José;
  • Centro de Pesquisas Oncológicas;
  • Centro Médico Diagnósticos por Imagem;
  • Centro Universitário de Brusque;
  • Digimax/Hust;
  • Fundo Municipal de Saúde;
  • Hospital e Maternidade Jaraguá;
  • Hospital de Florianópolis;
  • Hospital Governador Celso Ramos;
  • Hospital Infantil Joana de Gusmão;
  • Hospital Materno Infantil Dr. Jesser Amarante Faria;
  • Hospital Nereu Ramos;
  • Hospital de Olhos de Blumenau;
  • Hospital Regional Hans Dieter Schmidt;
  • Hospital Regional Homero de Miranda Gomes;
  • Hospital Santa Teresa;
  • Hospital Santa Catarina;
  • Hospital e Maternidade Marieta K. Bornhausen;
  • Hospital Santa Clara;
  • Hospital Santo Antônio;
  • Hospital Santa Isabel;
  • Hospital São José;
  • Hospital Tereza Ramos;
  • Hospital Nossa Senhora dos Prazeres;
  • Hospital Nossa Senhora Conceição;
  • Hospital Regional Alto Vale;
  • Hospital São Paulo;
  • Hospital Municipal de São José;
  • Hospital Unimed Joinville;
  • Instituto de Cardiologia;
  • Instituto de Psiquiatria;
  • Maternidade Carmela Dutra;
  • Maternidade Darcy Vargas;
  • Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis;
  • Secretaria Municipal da Saúde de Joinville;
  • Unifebe – Hospital Azambuja e Prefeitura;
  • Universidade Alto Vale do Rio do Peixe;
  • UFFS Chapecó / Hospital Regional do Oeste e Unochapecó;
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense / Prefeitura de Criciúma;
  • Unoesc/Hospital Santa Terezinha;

Especialidades da residência médica da SES-SC

Um dos maiores atrativos da residência médica da SES-SC é a variedade de especialidades oferecidas para acesso direto e pré-requisito em instituições de referência. Saiba mais sobre as opções disponíveis para os candidatos.

Especialidades de acesso direto

Na residência médica, as áreas de acesso direto não exigem especialização prévia para o ingresso do profissional. Isto é, o candidato pode participar do processo seletivo tendo apenas a graduação em Medicina. Confira as opções que seguem esse critério da residência médica da SES-SC:

  • Anestesiologia;
  • Cirúrgica Básica;
  • Cirurgia Geral;
  • Cirurgia Cardiovascular;
  • Clínica Médica;
  • Dermatologia;
  • Ginecologia e Obstetrícia;
  • Infectologia;
  • Medicina de Emergência;
  • Neurocirurgia;
  • Neurologia;
  • Oftalmologia;
  • Ortopedia e Traumatologia;
  • Otorrinolaringologia;
  • Pediatria;
  • Psiquiatria;
  • Pré-Requisito em Área de Cirúrgica Básica;
  • Radioterapia;

Especialidades com pré-requisito

A residência médica da SES-SC conta com instituições de referência em cirurgias e procedimentos de alta complexidade, o que torna os programas com pré-requisitos (que exigem especialização prévia) muito atraentes para os candidatos. Saiba quais são as especialidades oferecidas:

  • Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular;
  • Ano Adicional de Anestesiologia – Dor;
  • Ano Adicional de Cardiologia;
  • Cancerologia Cirúrgica;
  • Cardiologia;
  • Cirurgia de Cabeça e Pescoço;
  • Cirurgia de Aparelho Digestivo;
  • Cirurgia Pediátrica;
  • Cirurgia Vascular;
  • Dor;
  • Ecocardiografia;
  • Endocrinologia Pediátrica;
  • Emergência Pediátrica;
  • Gastroenterologia;
  • Hematologia/Hemoterapia;
  • Hematologia/Hemoterapia Pediátrica;
  • Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista;
  • Medicina Intensiva;
  • Medicina Intensiva Pediátrica;
  • Medicina Paliativa;
  • Nefrologia;
  • Neonatologia;
  • Nutrologia Pediátrica;
  • Oncologia Clínica;
  • Oncologia Pediátrica;
  • Ortopedia/Traumatologia – R4 Coluna;
  • Ortopedia/Traumatologia – R4 Reconstrução e Alongamento Ósseo;
  • Pneumologia Pediátrica;
  • Urologia.

Etapas do processo seletivo da SES-SC

O processo seletivo da residência médica da SES-SC é composto por prova objetiva, que equivale a 90% da nota, entrevista, com peso de 7%, e avaliação de currículo, que corresponde aos 3% restantes.

Para as especialidades de acesso direto, a prova conta com 100 questões, divididas entre Cirurgia Geral, Clínica Médica, Obstetrícia e Ginecologia, Medicina Preventiva e Social e Pediatria. Já para as áreas com pré-requisito, há 30 questões sobre a especialidade escolhida pelo candidato.

Como se preparar para o processo seletivo

A seleção para a residência médica da SES-SC é bem puxada, mas a gente te ajuda a sair na frente! Com os nossos cursos preparatórios completos, oferecemos todos os conteúdos que você precisa para se destacar nos processos seletivos.

Confira os nossos materiais gratuitos da Academia Medway, como e-books, guias e minicursos que preparam para as diversas etapas de avaliação, como a temida entrevista de residência. Conte conosco para turbinar os estudos!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
DjonMachado

Djon Machado

Catarinense e médico desde 2015, Djon é formado pela UFSC, fez residência em Clínica Médica na Unicamp e faz parte do time de Medicina Preventiva da Medway. É fissurado por didática e pela criação de novas formas de enxergar a medicina.