Carregando

Saiba quanto ganha um médico em segurança do trabalho

O médico em segurança do trabalho é o grande responsável pelo bem-estar e saúde laboral de colaboradores em empresas públicas e privadas. Além disso, é quem assegura se um indivíduo está apto para assumir sua função e acompanha de perto se sua saúde está assegurada no dia a dia. E diante de todas essas responsabilidades, você sabe quanto ganha um médico em segurança do trabalho

É possível calcular uma média pautada em vários fatores, como região de atuação, tipo de atividades, carga horária, entre outros. Quer conhecer melhor todos esses detalhes e descobrir exatamente quanto ganha um médico em segurança do trabalho? Então este artigo é para você!

Imagem ilustrativa sobre quanto ganha um médico em segurança do trabalho
Você quer saber quanto ganha um médico sem segurança do trabalho no Brasil? Continue lendo!

Afinal, quanto ganha um médico em segurança do trabalho?

Para descobrir quanto ganha um médico em segurança do trabalho, o site Salario.com.br avaliou os ganhos de pouco mais de 4 mil profissionais da área. Por 29 horas de trabalho semanais, foi possível chegar à média de R$8.577,52.

O teto salarial da profissão é de R$18.927,47, mas vale a pena observar também o salário por estados do Brasil. Em São Paulo, a média salarial é de R$9.283,98. Já no Paraná, chega a R$9.576,26, enquanto em Minas Gerais, fica em torno de R$8.220,40.

Em uma jornada semanal de 26 horas, esse médico pode conseguir aproximadamente R$7.980,28 por mês em atividades de atendimento hospitalar. Enquanto em atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares, 23 horas semanais rendem mais ou menos R$8.610,78.

É possível aumentar os rendimentos na especialidade?

Agora que você tem uma ideia de quanto ganha um médico em segurança do trabalho, quer saber como aumentar seus rendimentos? A especialidade permite uma série de atuações que podem ser combinadas, de modo a aumentar seu salário.

Muitos médicos são contratados para atuar diretamente dentro de grandes empresas. Ou então, em clínicas especializadas em Medicina do Trabalho. Você pode, inclusive, abrir o seu próprio espaço com esse foco ou prestar serviços e consultoria para empresas.

Na rede pública, há também espaço para que você trabalhe na área, sendo que pode atuar em conjunto com outros profissionais da saúde, como os fisioterapeutas. Continuar a estudar e a se especializar é outra forma de ganhar mais, uma vez que seu currículo estará recheado de conhecimentos e experiências para melhor atender pacientes.

Qual é o impacto da residência nos ganhos do profissional?

Sim, você ainda pode investir em uma residência médica na área de Medicina do Trabalho. Essa é uma especialização ainda mais completa do que outros tipos de cursos, já que permite que você vivencie o dia a dia profissional e encare uma série de casos diferentes.

Além disso, você estará em contato constante com outros médicos: seus professores e colegas. Essa troca de conhecimentos é muito rica para que você descubra mais sobre a jornada nesse setor e tenha novas possibilidades de atuação.

Por fim, vale lembrar que uma instituição médica renomada garante sempre um peso a mais em seu histórico profissional. Portanto, vale a pena escolher um hospital reconhecido por essa especialidade, para aumentar ainda mais o seu prestígio, e consequentemente, seus ganhos.

E então, gostou de aprender sobre quanto ganha um médico em segurança do trabalho? Se você tem vontade de seguir este caminho, comece já a estudar e a direcionar o seu foco para a residência médica. Na Academia Medway, você encontra diversos materiais gratuitos que podem apoiar sua preparação, como o e-book 20 Questões de Preventiva da USP comentadas. Além disso, conheça o Intensivo São Paulo, nosso curso que rola a partir do meio do ano com foco nas principais instituições paulistas de residência médica. Vem com a gente pra realizar seu sonho!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.