Carregando

Como abrir um consultório médico após a residência

Depois de tanto estudar, se esforçar e trabalhar, você finalmente passou pela residência médica, e agora é hora de pensar no futuro. Existem várias possibilidades de emprego para quem acabou de terminar a residência, e uma delas é abrir um consultório. Por isso, hoje vamos te ensinar tudo sobre como abrir um consultório médico!

Muitos médicos recém-formados têm o sonho de empreender e abrir um consultório médico. No entanto, a quantidade de burocracia para se abrir um negócio acaba sendo um entrave a muitas pessoas continuarem com esse sonho. Quer saber mais? Então, siga com a gente e boa leitura!

Como abrir um consultório médico após a residência médica?
Saiba como abrir um consultório médico após a residência médica

Vamos lá: como abrir um consultório médico após a residência?

Então, você escolheu esse caminho após concluir os estudos da residência médica. Antes de qualquer coisa, é preciso saber que o processo de abertura de um consultório médico é relativamente longo.

Porém, cumprindo todos os requisitos, é perfeitamente possível. Veja mais sobre o assunto abaixo e dê início a esse sonho que logo vai se tornar realidade. 

Analise as possibilidades

Muitas pessoas pensam em como abrir um consultório médico e logo vão para os passos em si. No entanto, o primeiro passo, de fato, deve ser um cuidadoso planejamento. Agir sem planejar, especialmente quando falamos de um empreendimento, é a receita para o desastre.

Pense na sua localização desejada. Há muita concorrência? A vizinhança é movimentada? É um bairro de fácil acesso? Esses fatores têm bastante peso na hora das escolhas iniciais, visto que o consultório médico não deixa de ser um empreendimento que deve dar lucro.

Aproveite para definir o público-alvo da especialidade em questão, o que é essencial para se ter uma ideia dos lucros e tamanho necessário para o seu consultório.

Esteja com todos os documentos solicitados

Em seguida, é o momento de dar início ao seu sonho. Para abrir o seu consultório, é preciso falar com um profissional da contabilidade e saber quais são os documentos necessários para abrir um consultório. 

Dependendo do número de funcionários, localização, entre outros aspectos, podem existir exigências diferentes. Alguns documentos que costumam ser exigidos nessa etapa são:

  • Alvará de funcionamento da prefeitura da cidade;
  • Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ);
  • Certificado de conformidade do Corpo de Bombeiros;
  • Certificado de limpeza urbana;
  • entre outros.

Outro assunto importante é definir o regime tributário para o consultório médico. Esse é um fator que faz diferença nas despesas, visto que as despesas fiscais são cobradas em cima disso. Existe o simples nacional, o lucro presumido e o lucro real. Se você não conhece muito sobre esses termos, não tem problema.

Mais uma vez, é importante contar com um contador nesse passo, visto que ele é o profissional que vai enquadrar o seu consultório médico corretamente nas determinações legais. Da mesma forma, ele vai garantir que você pague o mínimo possível de impostos.

Defina onde e como será seu consultório

Como mencionamos, a localização é um assunto importante para se pensar na hora de abrir o seu consultório. Pense, ao mesmo tempo, em facilitar o trânsito de pessoas às dependências de seu empreendimento e na vizinhança.

O mais indicado é optar por um local que você já conheça. Caso contrário, vale a pena buscar referências de sócios (no caso de pretender montar uma sociedade), amigos e familiares. Desse modo, você tem a certeza de que o local não vai ser o problema.

O consultório médico em si também deve ser definido nesse momento. Você pretende montar que tipo de estabelecimento? Uma sala? Um imóvel inteiro? Às vezes, começar com uma sala e expandir o consultório com o tempo é uma boa ideia.

Em contrapartida, se você tiver como e a demanda for compatível, pode valer a pena alugar um imóvel para ser o seu consultório. Nesse tópico, vale a pena lembrar da acessibilidade. Muitos pacientes precisam de rampas, elevadores, entre outros recursos e adaptações, para acessar o consultório médico. Não se esqueça disso ao escolher o local e os detalhes.

Tenha em mente quanto tudo vai custar e organize a gestão

Não adianta, você vai precisar ser um pouco empreendedor. Apesar de os assuntos mais “pesados” poderem ficar com a equipe de contabilidade e administração, é preciso ter participação ativa nos valores gastos em todo o processo de abertura.

Para saber como abrir um consultório médico eficientemente, é preciso se envolver por inteiro. Por conta disso, tenha em mente que o investimento é uma parte necessária para que o lucro seja uma consequência.

Outros gastos que podem ser previstos são:

  • aluguel;
  • reformas;
  • insumos;
  • salários;
  • divulgação;
  • contabilidade;
  • entre outros. 

Assim, é fácil perceber a importância de se planejar financeiramente e estar preparado para encarar esse desafio.

Comece a divulgar o seu escritório

O último passo dessa jornada (e que jornada!) é começar a divulgar o seu trabalho. Aqui, vale tudo! Converse com os seus colegas de residência médica, seus médicos amigos, professores, entre outros. É bom que pessoas do ramo tenham você como uma opção para recomendar para um possível paciente.

Além disso, utilizar estratégias de marketing para propagar seus serviços para o grande público. Depois de definir o seu público-alvo, é possível contratar uma equipe especializada em marketing digital para te ajudar nisso. 

Em geral, o marketing digital tem bons resultados e não custa tanto quanto as formas antigas de propaganda. Além disso, uma equipe de marketing pode atuar na criação de uma identidade visual única para o seu consultório.

É bom também marcar presença nas redes sociais. De acordo com o público de sua clínica médica, é possível engajar boas publicações e conteúdos para que mais pessoas conheçam o seu trabalho por meio das mídias sociais.

Pronto, agora você já sabe como abrir um consultório médico após a residência

Após a emoção de passar pela residência de seus sonhos, montar o seu próprio consultório também é possível. Desse modo, você pode trabalhar como seu próprio chefe e ainda dar emprego a outros médicos.

Além disso, é possível trabalhar do seu modo: ofereça o acolhimento que você acha correto, atraia os seus pacientes e fidelize-os. Apesar de ser um caminho burocrático e difícil, o investimento vale a pena.

No Brasil atual, abrir um empreendimento é uma tendência cada vez mais atual. Para quem é recém-formado em medicina e acabou a residência, essa opção pode ser muito válida. Que tal aceitar esse desafio?

Gostou de saber como montar um consultório médico após a residência? No site da Medway tem ainda mais posts bacanas pra você conferir. Aproveite que já terminou a leitura e também dê uma olhada nos concursos para médicos recém-formados!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
DjonMachado

Djon Machado

Catarinense e médico desde 2015, Djon é formado pela UFSC, fez residência em Clínica Médica na Unicamp e faz parte do time de Medicina Preventiva da Medway. É fissurado por didática e pela criação de novas formas de enxergar a medicina.