Carregando

Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular: saiba mais

Chegou a hora de você saber mais sobre uma importante sociedade médica: a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular)! Ficou interessado? Então vem comigo! 

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular é uma entidade que foi fundada em 1969 e logo no início se chamava Departamento de Cirurgia Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), na cidade de São Paulo. Seu objetivo é congregar todos os especialistas em Cirurgia Cardiovascular buscando sempre o aprimoramento da especialidade e o estudo científico.

Já em dezembro de 1984, o que era antes apenas um Departamento foi transformado em Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e em um primeiro momento, ocupou as instalações do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC) em São Paulo mas, em 1995, a SBCCV inaugurou sua sede própria no bairro Vila Mariana. 

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Atualmente, a SBCCV tem sua sede nacional na capital paulista e 7 regionais distribuídas nas principais capitais do Brasil, além de 5 departamentos científicos. A Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular conta com aproximadamente 900 cirurgiões cardiovasculares membros associados, entre titulares, especialistas, associados e aspirantes.

O foco da entidade é o incentivo e o avanço na qualidade e eficiência dos atendimentos a pacientes, promovendo treinamento de alto padrão, oferecendo educação continuada aos seus membros e integrando-os à comunidade. 

Como se associar à Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Para quem tem interesse em associar-se à Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, basta acessar o site da instituição, preencher os formulários e enviar os documentos solicitados, além de efetuar o pagamento das taxas. 

Para se tornar membro associado é necessário ter concluído a residência médica ou a pós-graduação em serviços credenciados. Além disso, o interessado precisa obter aprovação da SBCCV nos exames da sociedade. Ou seja, se você for aspirante a membro ou se já tiver feito a residência médica em Cirurgia Cardiovascular, precisa ainda fazer a prova para obter o Título de Especialista da SBCCV/AMB. 

Os membros aspirantes devem comprovar atividade em Cirurgia Cardiovascular há pelo menos 2 anos, em Centro reconhecido pela SBCCV. Já os membros titulares precisam comprovar atuação em Cirurgia Cardiovascular há pelo menos 6 anos, em locais  reconhecidos pela SBCCV. Precisam também apresentar lista de 300 operações cardiovasculares realizadas pelo candidato, com pelo menos 50% com circulação extracorpórea, fornecida pelo SAME dos hospitais reconhecidos pela entidade e assinadas pelos Chefes dos Serviços respectivos, sendo eles membros da SBCCV.

Isso sem falar que o candidato a membro titular tem que apresentar como autor principal, 3 trabalhos científicos sobre a especialidade no Congresso da SBCCV ou em Congressos de Sociedades Internacionais ou ainda, ter publicado pelo menos 2 trabalhos científicos sobre a especialidade em Revistas indexadas no PubMed. 

O que faz a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Ser sócio da SBCCV é contribuir para o fortalecimento da própria entidade, para a luta pelo mercado de trabalho e pela visibilidade científica e social. A SBCCV considera o médico mais que um sócio, o considera um instrumento de mudança social. Por isso, além da formação médica continuada, a missão da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular é também aumentar o reconhecimento da atividade do profissional que atua na cirurgia cardiovascular, contribuindo efetivamente para a melhoria das suas condições de trabalho, além de proporcionar a melhoria e o acesso aos serviços por ele prestados.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular proporciona aos seus associados  benefícios exclusivos, tais como acesso às principais revistas da especialidade; treinamentos e cursos presenciais e online; além de descontos nos congressos nacionais e regionais. E nos canais interativos da SBCCV o associado vai poder ter acesso à videoteca da European Association for Cardio-Thoracic Surgery, que traz centenas de procedimentos cirúrgicos em adultos e crianças, desde cirurgias step-by-step até intervenções complexas, mini-invasivas e endovasculares; webinários e workshops

Além disso, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular distribui, gratuitamente, de forma física e online, a Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular / Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (BJCVS / RBCCV) que é a única revista de cirurgia cardiovascular regularmente publicada no país, no hemisfério sul, no México e no Caribe. E que representa, hoje, um dos mais importantes meios de divulgação do conhecimento não apenas para os cirurgiões brasileiros, mas também para os sul-americanos que não possuem periódicos regulares e tão bem conceituados na área em seus países de origem. 

Eventos da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular

Atualmente, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular tem oferecido e apoiado dezenas de cursos, tanto online quanto presenciais, como por exemplo o 47º Congresso da SBCCV, que neste ano aconteceu de forma online e bastante inovadora. 

Um centro de eventos para o Congresso foi feito em um cenário virtual, o que proporcionou uma jornada de simulação realística de ambientes reais, exclusivamente criados para a SBCCV. Com a dinâmica de live streaming que buscava uma forma inovadora de interatividade que mesclava sessões ao vivo e palestras gravadas antecipadamente, houve maior estabilidade e controle do tempo durante as palestras.  A preservação da interatividade entre os congressistas e palestrantes que estavam conectados e ao vivo em um mesmo momento e o uso do chat disponível em cada auditório, para discussão e envio de perguntas e respostas, foi o ponto alto do evento. 

Título de especialista SBCCV

Para quem deseja se tornar um cirurgião cardiovascular, precisa acessar todas as informações que precisa para conseguir obter o título de especialista na Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV) em convênio com a Associação Médica Brasileira (AMB) para 2021 estão disponíveis aqui. E você vai poder encontrar a lista de todos os pré-requisitos, os procedimentos e também as formas de preenchimento da ficha de inscrição. 

Além disso, é também no site da instituição que você vai ter as explicações detalhadas de como proceder em relação ao envio dos documentos exigidos para você conseguir o Título de Especialista em Cirurgia Cardiovascular (TECCV). Para ter acesso ao último edital, dá uma olhada aqui

É válido ressaltar que a  nova matriz de competência para Cirurgia Vascular de acordo com a Resolução CFM nº 2.221/2018, publicada em 24 de janeiro de 2019, passa para 5 anos de duração o Programa de Residência Médica em Cirurgia Cardiovascular que já é vigente para as turmas iniciadas naquele  mesmo ano. Os candidatos provenientes PRMs da matriz anterior, podem se inscrever para os exames de obtenção do Título de Especialista em Cirurgia Cardiovascular sem nenhum problema. 

Vale lembrar que para a realização do exame de suficiência para a obtenção do Título de Especialista em Cirurgia Cardiovascular você já deve ter finalizado a residência médica na especialidade. Está na lei, conforme o Art. 4º da Resolução do CFM Nº 1634 de 2002: “O médico só pode declarar vinculação com especialidade ou área de atuação quando possuidor do título ou certificado a ele correspondente, devidamente registrado no Conselho Regional de Medicina.”

Mas essa não é a única forma de obtenção da titulação: os candidatos que não tenham Especialização em Cirurgia Cardiovascular em Centros de Treinamento Credenciados pela SBCCV ou que não realizaram Residência Médica em Centros credenciados pela CNRM-MEC, vão precisar apresentar comprovação de treinamento ou capacitação em Cirurgia Cardiovascular por meio de atividades profissionais, realizadas em um período mínimo equivalente a duas vezes o recomendado pela Comissão Mista de Especialidades (CME), que são 10 anos de formação geral e específica.

Os médicos que estiverem em processo de finalização da Residência Médica ou Especialização e desejarem prestar o exame, deverão apresentar uma declaração emitida pelo Serviço, até 30 dias antes da realização da prova, informando a data de conclusão para que consiga realizá-la. 

E se prepare porque não é só o tempo de formação que é maior não! Diferentemente de algumas outras especialidades, para se tornar um Especialista em Cirurgia Cardiovascular além fazer um exame composto por 5 fases que consiste em uma prova de conhecimento de imagem, uma prova de múltipla escolha e dissertativa, um Curso de Metodologia Científica, uma apresentação de trabalho inédito em Cirurgia Cardiovascular e uma prova prática consistente em demonstração cirúrgica, você ainda precisa apresentar uma lista contendo 100 operações Cardiovasculares realizadas, com pelo menos 80% com Circulação Extracorpórea (CEC), assinada pelo SAME e Diretor Clínico do Hospital ou Hospitais, e/ou Chefe do Serviço. Para você não ter dúvidas em relação às cirurgias consideradas válidas para o exame, acesse a lista aqui.  

A Residência Médica em Cirurgia Cardiovascular

A Residência Médica em Cirurgia Cardiovascular é uma especialidade de acesso direto com 5 anos de duração, organizados de forma que obrigatoriamente, os estágios práticos  ocupem cerca de 80% a 90% da carga horária. O restante do tempo é dirigido a atividades teórico-pedagógicas complementares para a formação do profissional. Mas nem sempre foi assim: a especialidade antes tinha 2 anos de duração e exigia como pré-requisito outros dois anos de residência em Cirurgia Geral

Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Saiba mais sobre a residência em Cirurgia Cardiovascular

Aqueles que se decidem pela especialidade têm de dedicar bastante aos estudos e ter habilidades manuais minuciosas e detalhistas, além do controle emocional, uma vez que o grande volume de cirurgias e o alto grau de complexidade de casos vão exigir muito desse profissional. 

E se você quiser saber como é a Residência Médica em Cirurgia Cardiovascular e como é a rotina, os estudos e estágios dessa especialidade, não vai deixar de ler as entrevistas que fizemos com os residentes da USP-SP e da Unifesp, que contaram tudo pra gente! Se esse é o seu sonho, fica ligado também nas instituições mais buscadas para fazer Residência em Cirurgia Cardiovascular em São Paulo

Rumo à cirurgia? 

Então, você já pode contar com a gente pra te ajudar a chegar lá. Vem se preparar com a Medway! Pra ter uma preparação completa, vem conhecer Intensivo SP que conta com aulas focadas para diferentes grandes instituições de São Paulo, além de um app exclusivo com mais de 11 mil questões detalhadamente comentadas das provas dos últimos 6 anos, além de mais de 1300 questões inéditas no padrão de cada banca!

Quer mais conteúdo? Que tal dar uma olhada na Academia Medway? Lá você vai encontrar centenas de conteúdos completamente gratuitos que vão te ajudar a entender melhor como são as provas das principais instituições. É pra brilhar e ir pro único lugar possível: pra cima, moçada!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MarcosMarangoni Junior

Marcos Marangoni Junior

Paulistano nato, criado nas ruas do Ipiranga, médico ginecologista e obstetra formado na UNICAMP, mestrando em Saúde Reprodutiva pela UNICAMP, e professor da Gineco-Obstetrícia da Medway. Só nasce grande filhote de monstro.