Carregando

Urologia Pediátrica: saiba tudo sobre essa especialidade

Você sabe o que é Urologia Pediátrica? Esta é uma das especialidades que os médicos podem seguir depois da graduação por meio da residência. Ela é essencial para os cuidados com o sistema urinário de bebês, crianças e adolescentes. 

Este ramo da Urologia trata doenças adquiridas, tumores e traumas presentes nos distúrbios urológicos. Para saber tudo sobre esta área da Medicina, incluindo como é a rotina de trabalho e a residência, continue a leitura!

O que o urologista pediátrico faz?

O urologista pediátrico é o médico que trata dos problemas no sistema urinário de recém-nascidos até adolescentes de 18 anos. O especialista tem o dever de diagnosticar e realizar acompanhamento em situações emergentes nesses órgãos, como anomalias congênitas.

Para identificar doenças, tumores, traumas e possíveis anomalias, ele realiza uma avaliação completa e solicita exames. As consultas acontecem sempre com a supervisão dos pais ou dos responsáveis do paciente.

Por ser um profissional que majoritariamente atende a crianças, o médico pediatra sabe lidar com esse público. É importante destacar isso porque existem urologistas que trabalham especificamente com adultos e idosos. 

Além disso, o especialista em Urologia Pediátrica também realiza cirurgias. Logo, deve ter formação prévia em Cirurgia Geral para corrigir malformações urológicas em hospitais. 

Os órgãos tratados por esse médico são:

  • rins;
  • glândulas suprarrenais;
  • ureteres;
  • bexiga;
  • uretra;
  • testículos;
  • vulva;
  • vagina;
  • útero;
  • ovários;
  • trompas.

Como é a rotina do urologista pediátrico?

A rotina do urologista pediátrico envolve consultas, exames, diagnósticos e cirurgias. É recomendado que esse profissional atenda aos bebês para identificar possíveis problemas nos primeiros anos de vida. 

Essa indicação serve para as crianças, principalmente quando estiverem sentindo dores ou incômodos. Geralmente, essas condições aparecem ao urinar ou ingerir líquidos. Sendo assim, cabe a esse profissional fazer o acompanhamento dos empecilhos que os pequenos enfrentam. 

É sempre recomendado levar as crianças periodicamente ao médico para evitar que problemas mais sérios apareçam. Todo tratamento feito com antecedência pode ter resultados mais positivos diante de diversas doenças.

As doenças mais conhecidas tratadas pelos urologistas são:

  • nódulos;
  • fimose;
  • enurese;
  • disfunções miccionais;
  • litíase urinária;
  • infecção urinária.

A qualquer suspeita de problemas no sistema urológico, os pacientes são encaminhados para avaliações e exames. Em seguida, o médico analisa os resultados visando proporcionar o melhor tratamento para os distúrbios encontrados.

Como é o mercado de trabalho?

Agora que você já sabe o que é Urologia Pediátrica, é hora de entender como está o mercado de trabalho dessa área. A cada ano, a quantidade de urologistas aumenta, e mais recém-formados saem à procura das melhores oportunidades em hospitais. 

Além da conclusão na residência de Urologia, com pré-requisito de Cirurgia Geral, o médico deve possuir um título de especialista em Pediatria. Esse título pode ser adquirido por meio de pós-graduação, residência médica e prova da Sociedade Brasileira de Pediatria. 

Quanto um urologista pediátrico ganha?

Segundo os dados da Catho, o salário da área de Urologia é, em média, R$9.567,80. Há alguns fatores que influenciam esse valor, como a experiência, a formação do médico, a subespecialidade em Urologia Pediátrica, o cargo e a instituição de trabalho. 

Dependendo da região do país em que o médico urologista trabalhe, o salário pode ser ainda mais alto. É importante estar consciente desses aspectos porque eles alteram significativamente a remuneração.

A residência médica em Urologia

Se você tem interesse em se tornar um especialista em Urologia Pediátrica, esteja preparado para a residência médica na área. O programa de Urologia tem duração de três anos, mas é necessário ter pelo menos dois anos de residência em Cirurgia Geral. 

Esse pré-requisito é indispensável, pois a cirurgia é uma das tarefas realizadas pelo urologista pediátrico. Então, é esperado que o conhecimento adquirido nos anos anteriores seja aprimorado. Aproveite os ciclos da residência para desenvolver suas habilidades.

Durante os três anos, os residentes participam de aulas, seminários, palestras e treinamentos práticos com o uso de simuladores. Eles ainda acompanham discussões de casos e reuniões clínico-patológicas para analisar e avaliar o quadro de cada paciente. 

A rotina dos residentes envolve atendimentos ambulatoriais e cirurgias. Em alguns estágios, eles frequentam enfermarias regularmente e acompanham as consultas de pacientes que passam por problemas no sistema urológico.

Os anos de residência são essenciais para o desenvolvimento de todas as habilidades necessárias à Urologia Pediátrica e a troca de conhecimento. Cada etapa é realizada com supervisão de médicos experientes, que podem contribuir com a formação do especialista.

Conte conosco para ser um especialista!

Depois de saber um pouco mais sobre a Urologia Pediátrica, você já pode começar a se preparar para a residência. Com nossos cursos, você tem aulas com uma metodologia exclusiva, que pode melhorar seu desempenho e aumentar suas chances de aprovação. Venha para o nosso time e seja um especialista! 

Aproveite a visita em nosso blog para conhecer a Academia Medway. Com os conteúdos dessa categoria, você pode tirar suas dúvidas por meio de e-books e participar de minicursos gratuitos.

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.