Carregando

VNI (ventilação não invasiva): tudo que você precisa saber

Fala galera, beleza? Nesse tempo de pandemia, tenho certeza que vocês já ouviram falar em VNI (ventilação não invasiva) não é mesmo? Fica tranquilo que hoje o nosso papo é exatamente sobre isso! Até o final da leitura vocês já vão estar craques no assunto. 

Paciente com insuficiência respiratória são comuns no PS, e a VNI, ventilação não invasiva, realiza o fornecimento de ventilação com pressão positiva por uma interface não invasiva, ou seja, diferente da ventilação mecânica convencional, ela não protege a via aérea. A VNI é usada para corrigir hipoxemia, reduzir o trabalho respiratório e corrigir a ventilação alveolar, podendo ser usada em insuficiência respiratória aguda ou crônica.

Indicações x Contraindicações

Indicações para VNI, se 2 ou mais critérios presentes, a VNI é indicada
Sinais e sintomas de desconforto respiratório agudo:Dispneia moderada e grave FR maior ou igual a 25 rpmUso de musculatura acessória ou respiração paradoxalAssincronia toracoabdominal
Alterações nas trocas gasosas pH < 7,35 com pCo2 > 45 mmHgRelação PO2/FiO2 < 300
Contra indicações para a ventilação não invasiva 
Parada respiratóriaInstabilidade cardiovascularExcesso de secreções ou HDAAgitação psicomotora grave e paciente não colaborativoTrauma, queimadura ou cirurgia facialAlterações anatômicas interferindo com a adequada fixação da máscaraPO de cirurgias esofágicasPO de cirurgias gástricas (contraindicação relativa)GCS < 10 

Modos ventilatórios

CPAPBiPAP
Pressão positiva contínua Ventilação espontâneaFrequência respiratória regulada pelo paciente Volume corrente controlado pelo paciente.Pressão Positiva BifásicaAtua na inspiração e na expiraçãoControla frequência respiratória 

Principais indicações para VNI (ventilação não invasiva) e seus preditores de sucesso

Indicações de uso da VNI

DPOC exacerbadoindicações: dispneia moderada a grave, pH< 7,35 com pCO2 > 45, FR>25.pacientes com maior evidência de benefícios para uso de VNI.Modo ventilatório indicado: BiPAP
Edema agudo de pulmão A VNI melhora a oxigenação arterial, reduz o trabalho respiratório e aumenta o débito cardíaco.Diminui a mortalidade e necessidade de IOT
ImunossuprimidosDiminui necessidade de IOT e incidência de infecçãoDiminui tempo de internação, tempo de intubação e complicações graves 
Insuficiência respiratória hipoxêmica NÃO atrasar IOT
Pós-extubaçãoPrevenção de insuficiência respiratória pós-extubaçãoNÃO deve ser usada para tratamento de insuficiência respiratória pós-extubação
Asma grave Avaliar precocemente seu sucesso ou falha, as evidências sugerem que possa ser benéfica 

Preditores de sucesso da VNI

Jovens
APACHE II baixo
Hipercapnia moderada pCO2 entre 45-95
Dentição intacta 
Paciente colaborativo
Boa sincronia com a VNI
Melhora da troca gasosa, FR FC nas primeiras 2h
Acidemia moderada (pH entre 7,35-7,20) e hipercapnia

E aí, gostou do resumão de VNI (ventilação não invasiva)?

Se você quer saber mais sobre a VNI (ventilação não invasiva), fique sabendo que no nosso canal do Youtube, saiu um vídeo que trata desse assunto. Deu pra perceber que, com a ajuda da Medway, acabarão os erros: vai ser tiro e queda lidar com essas situações!

Caso você ainda não domine o plantão de pronto-socorro 100%, fica aqui uma sugestão: temos um material que pode te ajudar com isso, que é o nosso Guia de Prescrições. Com ele, você vai estar muito mais preparado para atuar em qualquer sala de emergência do Brasil.

Agora que você está mais informado, que tal dar uma conferida na Academia Medway? Por lá disponibilizamos diversos e-books e minicursos completamente gratuitos! Por exemplo, o nosso e-book ECG Sem Mistérios ou o nosso minicurso Semana da Emergência são ótimas opções pra você estar preparado para qualquer plantão no país.

E, antes de você ir, se você quiser aprender muito mais sobre diversos outros temas, o PSMedway, nosso curso de Medicina de Emergência, irá te preparar para a atuação médica dentro da Sala de Emergência!

Mas não precisa se comprometer com o PSMedway sem nem conhecê-lo. Você pode conferir e tirar as suas próprias conclusões. Para testar, é simples: basta entrar nesta página e se inscrever no teste gratuito do curso.

Durante um período de uma semana, você poderá consumir até 14 aulas, além de ter acesso a materiais complementares, experiência no nosso aplicativo e simulações com os professores do curso.

Pelo link, você confere quais aulas estão disponíveis para e teste e conhece os nossos professores. É só entrar e se inscrever já!

Bons estudos e até a próxima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram

É médico e quer contribuir para o blog da Medway?

Cadastre-se
JuliaQueiroz

Julia Queiroz

Nascida em Catanduva, interior de São Paulo. Médica pela faculdade do Oeste Paulista, louca e apaixonada pela Medicina de Emergência e Medicina Humanitária. Residente de medicina de emergência no Hospital Alemão Oswaldo Cruz e pós-graduanda em Medicina Aeroespacial.