Carregando

5 dicas para estudar para a residência médica

Quem faz Medicina já está mais que familiarizado com o estudo. Não é um curso fácil de entrar e muito menos de se manter: a demanda é alta e a rotina é bastante rigorosa. Mesmo assim, fato é que existe muito médico que, apesar de ter passado no vestibular, ainda vê o ato de estudar como um desafio. Quando chega a fase de se preparar para a residência, então, isso fica ainda mais claro: conciliar o estudo com o internato ou com o trabalho é muito difícil. É esse problema que vamos abordar hoje, além de te passar 5 dicas para estudar para a residência da melhor forma possível!

Entretanto, antes de falarmos dessas dicas, vamos responder uma pergunta que muitos de vocês nos fazem.

Hoje vamos dar 5 dicas para estudar melhor para a residência, para que você consiga lidar ainda melhor com as dificuldades que surgirem!

Como posso estudar menos para aprender mais?

A verdade é que não existe fórmula mágica para essas coisas. É difícil passar na residência, e para ser aprovado nas principais instituições e ter o privilégio de escolher em qual ingressar, é necessário muito esforço. Porém, é importante que seja um esforço inteligente, que te traga o maior rendimento possível no tempo disponível — mesmo que seja necessário estudar sem ter tempo.

Um bom primeiro passo nesse sentido é o de reconhecer que você não vai estudar tudo para a residência médica. Não só é impossível, como também improdutivo. A partir dessa mudança de mentalidade, já fica muito mais fácil encontrar a forma correta de estudar.

Agora que já tiramos essa questão do caminho, vamos para a primeira das nossas 5 dicas para estudar para a residência!

1. Faça um plano de estudos

Um plano de estudos é, resumidamente, uma tabela de distribuição do tempo que você tem. O tempo é um recurso essencial nos estudos, porém limitado. Portanto, ter um guia sobre o que fazer em cada momento é uma grande vantagem na hora de estudar para a residência. 

A longo prazo, um bom plano de estudos também ajuda a ter uma noção maior dos conteúdos estudados. E, além de tudo isso, o foco que ele proporciona também traz tranquilidade e segurança, reduzindo aquela ansiedade comum aos estudantes.

Nós já temos um post inteirinho aqui no blog explicando como fazer um plano de estudos, então não vamos nos alongar muito nessa dica. Se isso te interessou, não deixa de conferir lá hein?

2. Use a tecnologia a seu favor

Em pleno 2021, o que não falta é ferramenta para auxiliar nos estudos. Uma dessas ferramentas, cada vez mais populares, são os aplicativos de celular!

Muita gente acha que, por conta de seu potencial de distração, os celulares precisam ser expurgados do ambiente de estudo sem hesitação. Contudo, não precisa ser necessariamente assim: tudo depende do uso que você dá a eles.

É aí que entra a segunda das nossas dicas para estudar: seja para melhoria de foco, organização, memorização ou qualquer outra coisa, a verdade é que existe aplicativo para tudo — basta procurar. Porém, se nos dá o direito, já temos algumas sugestões prontinhas para você no nosso post com os melhores apps para estudar para a residência médica. Corre lá!

3. Entenda sua própria realidade

É como comentamos lá em cima: não existe fórmula mágica para passar na residência. Isso significa que não adianta a gente tentar te receitar um passo a passo de como ser aprovado. Não é assim que funciona. 

Cada um tem suas próprias especificidades, afinidades, dificuldades… enfim, sua própria vivência. Muita gente se precipita no momento de começar a estudar e não pensa muito sobre essas coisas, e aí o estudo não rende

Claro que pensar em tudo isso a partir do zero nem sempre é fácil. Por mais que a gente não tenha como te dar esse passo a passo, podemos apresentar alguns dos pontos que vemos como pilares quando o assunto são dicas para estudar sozinho.

4. Defina objetivos

E vamos para a quarta das nossas dicas para estudar!

Primeiro: objetivos não servem apenas como uma forma de medir suas conquistas, mas também de visualizar quanto tempo você passa lidando somente com tópicos ligados ao estudo

Isso é importante não só para seu plano de estudos, mas porque a vida não é só estudar, né? Você ainda precisa de tempo para outras tarefas e para se divertir, sair com amigos e tudo isso! Quando você tem um sistema de objetivos, pode se permitir um alívio ao atingi-los, pois vai estar dentro do ritmo adequado.

Vale ressaltar que, para estudar de forma eficiente, você precisa ser realista com seus objetivos, sem colocar coisas exageradas demais ou complicadas de menos. Não adianta colocar uma meta de “estudar 15 minutos por dia”, da mesma forma que não faz sentido ter como objetivo “aprender todo o conteúdo de Clínica Médica em uma semana”, beleza?

5. Otimize seu tempo

Para fechar as nossas 5 dicas para estudar para a residência: otimize seu tempo!

Não recomendamos estudar o dia inteiro, ficar com a cara na apostila 16 horas por dia pra dormir as outras 8 nem nada do tipo. Apesar disso, é inegável a necessidade de uma rotina, ou seja, uma regularidade nos seus estudos. Não adianta estudar 8 horas em um dia e 8 minutos no outro.

Essa rotina pode ser mais flexível se você tem muito tempo disponível, mas o que importa é que ela precisa existir. Se essas 5 dicas para estudar te ajudaram em algo, então toma aqui mais 5 dicas para você otimizar o seu tempo de estudo!

Curtiu? Então fica com a nossa dica extra!

Se você ainda sente que seus estudos não estão rendendo, fique atento aos bloqueios mentais que podem estar atrapalhando seus estudos! Não sabe do que estou falando? Dá uma olhada no nosso e-book gratuito Os 15 bloqueios que te impedem de ser aprovado na residência para conhecer todos os bloqueios que podem te impedir de ser aprovado na residência médica dos seus sonhos e combatê-los no seu dia a dia!

Se quiser uma mão a mais na preparação para as provas ao longo deste ano, você veio ao lugar certo, porque a Medway pode te ajudar! Estamos com inscrições abertas para o Extensivo São Paulo, nosso curso preparatório que rola ao longo do ano oferecendo videoaulas com os conteúdos que você precisa saber para passar onde realmente quer. E tem mais: temos um super app com milhares de questões comentadas e, como bônus, quem fizer o Extensivo vai ganhar acesso também ao Intensivo no meio do ano. Tá esperando o que? Inscreva-se agora!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."