Carregando

Carga horária das subespecialidades clínicas: saiba mais

E aí, pessoal? O assunto por aqui interessa bastante aos aspirantes à residência de Clínica Médica. Um programa que tem cerca de 60 horas semanais e a duração de 2 anos, e que é a primeira opção de muitos estudantes de Medicina. E não para por aí. Para quem quer seguir em um R3, ainda pinta a curiosidade: “qual é a carga horária das subespecialidades clínicas?”. Bom, relaxa! A gente te explica aqui.

E, ainda, entenda melhor o que cada uma dessas especializações pode oferecer a você, como residente e profissional. Então, vamos lá? Veja tudo o que a gente preparou sobre o assunto a seguir!

Qual é a carga horária das subespecialidades clínicas?
Qual é a carga horária das subespecialidades clínicas?

Carga horária das subespecialidades clínicas: confira

Além da carga horária das subespecialidades clínicas, aproveite para conhecer os programas e um breve resumo do que você pode aprender em cada um deles. Bora!

Oncologia

A Oncologia tem a duração de 3 anos e 60 horas semanais. Nessa especialidade, o residente se dedica a estudar sobre o diagnóstico e o tratamento de tumores malignos sólidos.

Ou seja, lida com diversos tipos de câncer, em uma abordagem multidisciplinar. Sua atuação é, em sua maioria, ambulatorial e nos plantões de intercorrências. Aqui, também é o momento de entender mais sobre o atendimento humanizado, que faz toda a diferença na resposta que os pacientes dão aos tratamentos pesados recebidos.

Carga horária das subespecialidades clínicas: Cardiologia

A Cardiologia, por sua vez, dura 2 anos, com 60 horas semanais. A área se dedica ao coração, grandes vasos e patologias como AVC, insuficiência cardíaca, hipertensão, entre outras.

A residência costuma ser bastante intensa. O médico constrói sua experiência em ambulatórios, interconsultas, avaliações diagnósticas, plantões, acompanhamento em pós-operatório, entre outras atividades.

Endocrinologia

Com carga horária de 2.880 horas anuais, a Endocrinologia também tem a duração de 2 anos. O residente se aprofunda no conhecimento a respeito do tratamento dos transtornos das glândulas endócrinas.

Para essa especialidade, não há períodos de plantão. Ao longo do programa, é possível passar por serviços que se relacionam a subáreas da Endocrinologia, como diabetes, tireoide, obesidade, entre outros. 

Carga horária das subespecialidades clínicas: Gastroenterologia

Para quem quer ir para a Gastroenterologia, saiba que essa especialidade tem a carga horária de 2.880 horas anuais, distribuídas em 2 anos de duração. A especialidade lida com as mais diversas doenças que surgem no aparelho digestivo.

No primeiro ano, o residente trabalha com atividades de enfermaria, condutas diagnósticas e pacientes de casos leves a moderados. No segundo, atua em cenário ambulatorial e passa um bom tempo no setor de endoscopia e junto a pacientes de alta complexidade.

Geriatria

Na Geriatria, o programa dura 2 anos e conta com carga horária de 60 horas semanais. A especialidade é voltada para os cuidados e a garantia de mais qualidade de vida para a pessoa idosa.

O residente atua principalmente em ambulatório, pronto-atendimento, serviços de reabilitação e programas de promoção à saúde. Depois da conclusão na residência, ainda é possível se subespecializar mais uma vez em Cardiologia Geriátrica, Neuropsiquiatria Geriátrica, Assistência Domiciliar Geriátrica, Cuidados Paliativos em Geriatria e mais.

Carga horária das subespecialidades clínicas: Hematologia

Outra residência com uma carga horária significativa é a Hematologia. Ela totaliza 2.880 horas anuais, que correm ao longo de 2 anos. Para quem pretende atuar na área pediátrica, depois de Clínica Médica é preciso acrescentar mais 3 anos de Pediatria na formação.

No programa, o residente treina para diagnosticar e tratar doenças onco-hematológicas, como leucemias, linfomas e mieloma múltiplo. Também adquire conhecimento sobre quimioterapia e seus efeitos colaterais, e está sempre em contato com patologias graves e de rápida evolução.

Nefrologia

Embora dure 2 anos, a Nefrologia tem uma carga horária que varia de 2.800 a 3.200 horas. Essa especialidade clínica visa os estudos relacionados à função dos rins, e as principais doenças que atingem o órgão e o trato urinário.

A unidade de internação é palco de boa parte da atuação do residente ao longo do programa. Ao cumprir as atividades nesse ambiente, ele também passa pelo ambulatório de Nefrologia Geral, serviços de hemodiálise e diálise peritoneal, estágios opcionais e demais atividades teóricas.

Carga horária das subespecialidades clínicas: Pneumologia

O residente de Pneumologia encara um programa de 2 anos, com carga horária de 60 horas semanais. O pneumologista se responsabiliza por tratar e diagnosticar doenças das vias respiratórias, região que inclui traqueia, pulmões, brônquios e demais estruturas.

As principais atividades da residência são realizadas na enfermaria, em ambulatórios de áreas de atuação, em UTIs e na radiologia. Ainda pode trabalhar com reabilitação pulmonar, asma e rinite, medicina do sono, terapia intensiva, oncopneumologia, entre outras atuações.

Reumatologia

Por último, mas não menos importante, a Reumatologia também tem uma carga horária de 60 horas semanais, e duração total de 2 anos. Ela é dividida em 50% de atividades ambulatoriais e 50% de trabalho em unidades de internação e interconsulta.

No entanto, o residente também passa por atendimento de Medicina Física e Reabilitação, pode fazer estágios complementares em Ortopedia, Reumatologia Pediátrica e laboratórios, e atuação em enfermaria. Para completar, entende como administrar um trabalho multidisciplinar e a realizar procedimentos invasivos e exames de ultrassom.

Agora você já sabe qual é a carga horária das subespecialidades clínicas!

E aí, curtiu saber mais sobre a carga horária das subespecialidades clínicas? Com certeza ficará mais fácil planejar sua formação e programar seus próximos passos na carreira com essas informações, certo?

Mas agora, nada de perder mais tempo! Chegou o momento de se preparar para passar naquele programa que mais tem a ver com você! Então, não perca tempo. Conheça o nosso curso de R3 de Clínica Médica e veja como a gente pode te ajudar a conquistar a vaga dos seus sonhos.

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
DjonMachado

Djon Machado

Catarinense e médico desde 2015, Djon é formado pela UFSC, fez residência em Clínica Médica na Unicamp e faz parte do time de Medicina Preventiva da Medway. É fissurado por didática e pela criação de novas formas de enxergar a medicina.