Carregando

Como estudar durante a faculdade de Medicina?

Com uma carga horária extensa e um monte de conteúdo para cobrir entre disciplinas práticas e teóricas, você deve pensar às vezes: como estudar durante a faculdade de Medicina? Será que é possível ter um bom desempenho e, ainda por cima, aproveitar bem a graduação e todas as oportunidades que ela oferece?

De fato, essa jornada pode ser um tanto quanto cansativa. Mas com organização e dedicação, sim, você pode fazer um pouco de tudo e com excelência. O que você precisa é de foco e de algumas dicas que ajudem a desenvolver bons hábitos, que serão levados até a vida profissional.

Não sabe por onde começar e quer evitar se sobrecarregar ou perder tempo no dia a dia? Sem problemas! Vem com a gente ver um pouco sobre o assunto e descobrir algumas estratégias certeiras para impulsionar seus estudos!

Mas antes, eu tenho um convite pra você, que quer ter uma preparação incrível para as provas de residência médica do próximo ano! Em breve, vamos abrir inscrições para a Mentoria 2022, nosso curso que ensina as melhores metodologias de estudo e te ajuda a potencializar seus resultados. Pra explicar a fundo o que a Mentoria oferece, faremos uma live no dia 22 de novembro, na qual também vamos oferecer condições especiais para quem quiser voar nas provas de residência médica em 2023! Pra ficar por dentro das novidades do curso, inscreva-se na nossa lista de espera. Bora brilhar na residência!

Estudar para a faculdade de Medicina
Quer saber como estudar durante a graduação em Medicina? Continue lendo!

Dicas para estudar na faculdade de Medicina

Um médico nunca para de estudar. Por isso é fundamental desenvolver algumas dicas desde o início, que poderão ser colocadas em prática ao longo da residência, uma especialização e de cursos de atualização que você fará mais para a frente. Veja só!

Faça um cronograma

Para começar, você deve descobrir sua maneira preferida de manter um cronograma de estudos. Pode ser uma planilha no Excel, um cronograma impresso ou desenhado em um caderno, ou mesmo aplicativos de celular que tenham essa função, como o Google Agenda.

Você deve atualizar o conteúdo e os compromissos acadêmicos todos os dias, de acordo com os horários e a prioridade que definir. Além disso, é importante ter um tempo bem determinado para executar cada tarefa.

Inclua conteúdos atrasados e aqueles que você tem mais dificuldade sempre que algum imprevisto surgir. Não se esqueça de intercalar os tipos de atividades, para não sobrecarregar a rotina. E, é claro, separe alguns minutos para dar uma respirada, fazer um lanche e descansar, pois o seu psicológico também merece atenção.

Utilize as ferramentas que são melhores para você

O conteúdo da Medicina é repleto de detalhes. Sendo assim, é fundamental que você encontre ferramentas que colaborem com a sua concentração e que sejam intuitivas, para que você reforce as disciplinas e, mais do que memorizar, possa absorver o que aprendeu. Por exemplo:

  • resumos;
  • aplicativos de celular;
  • mnemônicos (como gráficos ou esquemas);
  • mapas mentais;
  • fichas;
  • color code, entre outros.

Você pode variar, até para descobrir o que funciona melhor em determinadas disciplinas e não em outras. Essas ferramentas serão grandes aliados na sua organização, no aprendizado e na administração de todas as suas tarefas acadêmicas.

Estudo ativo

Deixe a decoreba pra lá! Ela não ajuda em nada quando o assunto é como estudar durante a faculdade de Medicina. Pelo contrário, só faz com que você não se aprofunde em conceitos e fique com um conhecimento absolutamente superficial, que será esquecido em pouco tempo.

A melhor coisa a se fazer é investir no estudo ativo. Ele tem foco total no aprendizado e realmente consolida informações na mente. Ele é voltado para a aplicação de conhecimento na prática, busca de explicações aprofundadas, questionamentos e mapas mentais.

A revisão, principalmente feita mentalmente, é a grande estrela dessa metodologia, assim como a realização de questões, que devem ser intercaladas com a leitura. Experimente e observe os resultados!

Estude por questões

Estudar por questões ajuda no estudo ativo, então volte suas atenções para essa atividade. Não use listas genéricas, mas materiais de qualidade que foquem em assuntos cobrados nas provas.

Na época de estudar para a residência médica, além dos assuntos, você pode dividir as questões de acordo com suas instituições de interesse. Também é interessante ir atrás de questões comentadas, para se familiarizar com o conteúdo e entender o que faz sua resposta certa ou errada.

É a melhor maneira de praticar e realmente confirmar se você absorveu o conteúdo. Além de permitir a percepção sobre dúvidas que antes estavam escondidas, e que podem ser discutidas com tutores e professores para eliminar qualquer coisa que atrase sua compreensão.

Como aproveitar o período da graduação?

Como essas dicas de como estudar durante a faculdade de Medicina, você conseguirá encarar as disciplinas, provas, trabalhos, seminários e práticas. Mas para além desse conteúdo, como é possível aproveitar o período da graduação? Confira!

Iniciação científica

A iniciação científica é uma modalidade perfeita para quem deseja se preparar bem para a vida profissional. Em especial, se você quer se aventurar pela pesquisa e até mesmo pela carreira acadêmica.

A IC consiste em um projeto de extensão, porta de entrada para o mestrado e o doutorado, e você vai se concentrar em um assunto de sua escolha para desenvolver um projeto sob a supervisão de um professor orientador.

É uma excelente forma de fazer uma boa rede de contatos, ter indicações para o mercado de trabalho no futuro e ainda trazer contribuições para a ciência. Em alguns casos, o aluno pode concorrer a uma bolsa.

Intercâmbio

E que tal estudar Medicina fora do país? Passar um tempo fora é uma forma de ampliar nossa visão de mundo, não só a respeito da graduação e dos estudos, mas das vivências e experiências de modo geral.

Você conhece novas culturas, aprende um idioma diferente e ainda tem contato com pessoas com outras realidades de vida. Afinal, as universidades estão repletas de intercambistas de diversos lugares do mundo.

Você pode concorrer a bolsas de estudo, se apresentar em congressos internacionais e agregar uma bagagem e tanto em seu currículo. Vale a pena investir nessa possibilidade, mesmo que por apenas um semestre da faculdade.

Monitorias

Ser monitor significa acompanhar professores em disciplinas específicas e prestar auxílio aos alunos de períodos anteriores ao que você está. Se você se destaca em alguma matéria e tem a habilidade de repassar o que aprendeu, essa é uma ótima forma de aproveitar seu curso.

Normalmente, a universidade abre editais por período para selecionar monitores. Além da experiência de lecionar, você terá horas extracurriculares para garantir mais pontos no currículo e cumprir a carga necessária de atividades para se formar.

Em alguns casos, você pode conseguir uma bolsa e ser remunerado como monitor. Você ajuda outras pessoas, reforça o conteúdo e ainda tem um grande diferencial no histórico curricular, que será apreciado em uma infinidade de processos seletivos.

Eventos científicos

O que não falta durante a graduação de Medicina são eventos científicos para participar. Desde palestras promovidas pela faculdade a grandes seminários internacionais de instituições ou associações médicas, é muito importante marcar presença sempre que possível.

Essa é uma forma de estar sempre perto de pessoas com os mesmos interesses que você, para trocar ideias e experiências. Para completar, você se atualiza nos assuntos, temas, tecnologias e práticas que serão úteis em sua atuação médica.

A oportunidade também é excelente para quem quer descobrir com qual área se identifica mais. Você se aproxima de especializações, vê simulações e discussões importantes para os campos da Medicina e pode se decidir caso esteja em dúvida entre duas ou mais opções.

Festas

Divirta-se! O curso de Medicina é conhecido também pelas festas incríveis e momentos de descontração. É impossível viver só de estudos, e estar em meio a colegas e amigos fora da sala de aula é uma parte importante da sua informação.

Por enquanto, porém, ainda estamos no meio da pandemia e é importante se resguardar. Mas muitas universidades promovem festas e confraternizações online, para contribuir com a socialização dos alunos mesmo neste cenário.

Só não deixe para se jogar nas comemorações logo na semana de provas, certo? Equilibre seu tempo para que a diversão não prejudique a concentração.

Descanso

Por fim, descanse! A jornada na Medicina realmente é intensa desde a época da graduação: você fica o dia inteiro em aula, precisa estudar em casa e ainda tem outros compromissos acadêmicos para vencer.

No entanto, isso só é possível se seu corpo e sua mente puderem descansar. Não se prive de horas de sono, de momentos em família ou de um tempo a sós para realmente descansar e esquecer um pouco a rotina.

É muito importante que você consiga deixar as preocupações de lado, até para conseguir cumprir seu cronograma de estudos. Do contrário, você não vai fazer nada com excelência, nem o lazer, nem os estudos.

Gostou de saber como estudar durante a faculdade de Medicina?

Com essas dicas, você já sabe como enfrentar a graduação de Medicina e extrair sempre o melhor dela. Mas seus estudos não param por aí! Antes de ir para o mercado de trabalho, você pode querer se especializar.

Então, para muita gente, o próximo passo após o curso é uma residência médica. Um processo superconcorrido e repleto de desafios, que vão pedir a ajuda dessas estratégias para serem vencidos.

Sendo assim, por onde começar? Você já sabe como estudar durante a faculdade de Medicina e viu que focar em questões direcionadas é uma das melhores opções, certo?

Portanto, não perca tempo e baixe agora mesmo o app da Medway! Por lá você encontra questões por residência, que ajudam na sua preparação e ainda reforçam o conteúdo que você aprendeu no curso, já que conta com filtros por temas, nível de dificuldade, entre outros. Dá uma olhada e aproveite!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.