Carregando

Conheça as principais especialidades médicas do futuro

As constantes transformações pelas quais toda a sociedade tem passado nos últimos anos já nos dão uma pista de como vai ser o nosso futuro: inovações tecnológicas na comunicação, na educação e, principalmente, na saúde. E tudo acontecendo muito rápido e de forma simultânea. Na Medicina não é diferente, por isso todo mundo quer saber: quais são as especialidades médicas do futuro?

Parece meio assustador falar de futuro, mas vou te contar uma coisa: ele já começou! Já estamos consolidando, em todas as áreas da Medicina, novas práticas e drogas. Além disso, os procedimentos menos invasivos têm sido cada vez mais requisitados. No mundo todo, o estudo e o uso recorrente da robótica, da tecnologia genômica e da inteligência artificial corroboram essa transformação.

Pra dar conta de acompanhar tudo isso desde já, é importante que o médico busque informação e formação dentro da sua área, tanto na abordagem como no tratamento dos pacientes, considerando procedimentos e novos medicamentos e exames. Sabe por quê? Um novo perfil de médico vai ser necessário. E, se você está atento a isso, fique de olho em qual especialidade ou campo da Medicina tem despontado e exigido um aperfeiçoamento em especialidades que hoje são tradicionais. Quem sabe a sua área é uma das especialidades médicas do futuro?

Há muitas especialidades médicas do futuro se desenvolvendo cada vez mais

Saiba quais são 12 especialidades médicas do futuro

Radiologia e Diagnóstico por Imagem

A Radiologia e Diagnóstico por Imagem, por meio da telerradiologia, já tem se destacado na atualidade como especialidade médica do futuro, por conta do uso inteligência artificial para criar algoritmos capazes de avaliar imagens radiológicas, de ressonância magnética e de tomografia computadorizada, com muito mais rapidez e com mais chances de acertos.

Medicina Nuclear 

Na mesa pegada surge a Medicina Nuclear, cujo destaque se dá por conta dos avanços da nanotecnologia, que expandiu as possibilidades dessa área, direcionando os radiofármacos diretamente às células doentes. E não para por aí! Essa especialidade ainda serve como apoio diagnóstico e de tratamento para a Cardiologia e a Neurologia, que podem ter uma visualização melhor das anormalidades de doenças que acometem o coração e o sistema nervoso.

Medicina do Exercício e do Esporte

A Medicina do Exercício e do Esporte merece atenção pois a sociedade tem buscado cada vez mais formas de se manter saudável por meio das atividades físicas. Aí entra em campo o médico do esporte, com as orientações médicas para a melhoria de desempenho, para tratamento de lesões e para a prática de esportes de modo seguro, tanto para atletas profissionais quanto amadores. 

Nutrologia, Endocrinologia e Gastroenterologia

E se um estilo de vida saudável tem sido a preocupação das pessoas, a Nutrologia, a Endocrinologia e a Gastroenterologia passam a ocupar um lugar de destaque! Com o uso massivo das redes sociais e da busca pelo corpo ideal, o papel desses profissionais é essencial para o tratamento de disfunções hormonais, obesidade e orientação sobre dietas, nutrição e alimentação saudável a cada faixa etária. 

Dermatologia 

A busca da beleza e da juventude faz da Dermatologia uma especialidade médica do futuro. E não apenas os tratamentos estéticos fazem essa área tão promissora: a tecnologia a laser, os diversos fármacos e os procedimentos podem ajudar a recuperar a saúde e a autoestima de pessoas com câncer de pele, por exemplo. 

Geriatria

E já que é consenso que a sociedade atual tem uma preocupação genuína com a manutenção de uma vida ativa por meio de atividades físicas e procedimentos estéticos, a Geriatria não poderia ficar de fora dessa lista! A longevidade já é uma realidade e envelhecimento populacional ainda aponta que o geriatra será um profissional bastante requisitado e que essa será uma especialidade médica do futuro muito procurada. 

Psiquiatria 

A Psiquiatria tem se beneficiado de todos os avanços tecnológicos por conta dos atendimentos virtuais que permitem o contato entre médico e paciente fora dos estabelecimentos de saúde, evitando o constrangimento social. Uma novidade nesse campo da Medicina é o uso da realidade virtual na abordagem médica no tratamento de fobias.

Oncologia 

A Oncologia certamente merece estar listada como uma das especialidades médicas do futuro, medicações específicas ( guiadas pelo perfil genético do tumor) no tratamento de cânceres evitarão os efeitos colaterais provocados pela quimioterapia, por exemplo. Para se tornar especialista nessa área é preciso, primeiro, fazer residência em Clínica Médica.

Genética Médica

E por falar em DNA, a Genética Médica é uma das especialidades médicas em franco crescimento! Apesar de os estudos dos genes humanos não serem nenhuma novidade, os recentes avanços têm propiciado uma rápida evolução no diagnóstico de doenças genéticas.

Cirurgia Robótica

E pra fechar com chave de ouro a nossa lista de especialidades médicas do futuro, a Cirurgia Robótica entra em cena! Os médicos cirurgiões das áreas de Cirurgia Geral, Ginecologia, Cirurgia Torácica e Urologia Cirúrgica são os que se beneficiam das mais modernas técnicas da Cirurgia Robótica. Hoje, no Brasil, a plataforma Da Vinci Surgical System é usada para a formação prática e de protocolos no exercício dos procedimentos cirúrgicos robóticos. Nas mesas de cirurgia, o médico vai usar a tecnologia Da Vinci-Intuitive pra realizar as manobras, pra oferecer com segurança essa possibilidade terapêutica aos seus pacientes e pra realizar procedimentos complexos por meio de técnicas minimamente invasivas que ajudam os pacientes numa reabilitação muito mais rápida. 

As habilidades dos médicos do futuro

É bom enfatizar que o médico do futuro é o profissional que vai, juntamente com as tecnologias vigentes, contribuir para uma avaliação mais ampla e rápida de seus pacientes, levando ao diagnóstico e tratamento da doença de maneira mais ágil e eficiente. E pra que isso de fato ocorra, algumas habilidades são requeridas. A gente já antecipa tudo pra você, pois elas podem ser treinadas! 

Vamos começar pelas habilidades sociais e comportamentais que fundamentam as interações sociais entre os parceiros de equipe, funcionários, pacientes e seus familiares. Os profissionais que dominam tais habilidades possuem um comportamento adequado e respeitoso em relação a atitudes, sentimentos, opiniões e crenças dos que estão à sua volta e certamente se destacam no mercado de trabalho. 

O avanço tecnológico, a correria do dia a dia e a busca pela alta performance nos estudos ou na prática não pode ser desculpa para deixar de lado o desenvolvimento pessoal. É esse aspecto que, aliado ao desenvolvimento profissional, vai fazer de você um profissional mais completo. E que tal, então, buscar cursos para aperfeiçoar a comunicação, aprender a dar e receber feedbacks, ou treinar os gatilhos educacionais, como cumprimentos e a capacidade de agradecer e de solicitar um favor. Não é bobagem não: gentileza gera gentileza! Inclusive, isso ajuda na hora do enfrentamento, no momento de se posicionar frente a opiniões, concordâncias, discordâncias, reconhecimento de erros e pedidos de desculpas. 

Empatia e positividade são também excelentes características de quem trabalha em equipe e precisa tomar decisões e mediar conflitos. Até falar em público pode ser aprendido! Mas aí você me pergunta: mas por que eu precisaria disso? Para dar comunicados à família de pacientes, grupos de profissionais, palestras em faculdades ou órgãos públicos, e até fazer uso das redes sociais como fonte informativa e de produção de conteúdo. Afinal, o papel social do médico é de extrema importância em muitos âmbitos. 

Agora vem uma habilidade que, querendo ou não, você vai ter que correr atrás se quiser se manter antenado nas novidades: a fluência em tecnologias digitais. A área da saúde foi uma das áreas que mais rapidamente foi impactada pela revolução digital e, nesse cenário, a urgência por atualização e treinamento entre os médicos deve crescer rapidamente. Algumas noções de programação também devem ser parte das habilidades médicas do futuro. Isso porque conhecer de forma básica o funcionamento dos programas de computador e aplicativos já está se tornando uma vantagem competitiva entre profissionais de diversos setores hoje em dia. E a saúde não é uma exceção! 

A telemedicina já está aí, provando que médico que faz atendimentos virtuais é, sem dúvida, um profissional das especialidades médicas do futuro. O uso das TICs, as Tecnologias da Informação e Comunicação, tem rompido barreiras geográficas, possibilitando consultas e trocas de informações em saúde com muito mais rapidez e segurança entre médicos e pacientes. E o melhor, de maneira cômoda, ágil e segura! 

E agora, juntando todas essas habilidades com conhecimentos específicos de cada área, você certamente será um médico melhor. Fique atento às especialidades médicas do futuro que listamos neste artigo, pois mesmo que a tecnologia mude muito rápido, a tendência é que essas áreas cresçam bastante!

E aí, qual é a especialidade médica do futuro que mais te atrai?

É claro que com o passar dos anos e com os avanços da tecnologia médica, outras áreas podem ganhar destaque entre as especialidades médicas do futuro! Mas uma coisa é certa: é preciso se manter em constante atualização de estudos e técnicas para não estagnar no tempo e perder oportunidades de crescimento profissional. 

Além disso, o primeiro passo para uma carreira de sucesso é a residência médica! E se você vai começar a se preparar para encarar a prova de residência médica, sugiro dar uma olhada no nosso e-book gratuito Os 15 bloqueios que te impedem de ser aprovado na residência para já começar com o pé direito, já vencendo os bloqueios mentais que atrapalham seus estudos e te impedem de ser aprovado na residência médica dos seus sonhos!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."