Carregando

Nutrologia: saiba tudo sobre essa especialidade

Escolher uma área para a carreira médica não é uma tarefa fácil. São tantas especialidades que muitos estudantes podem ficar em dúvida para decidir o destino das residências. Uma das opções é a Nutrologia, que possui amplo leque de atuação. 

Essa especialidade oferece muitas possibilidades no mercado de trabalho e é ideal para quem gosta de estudar sobre estilo de vida saudável por meio da alimentação. Quer saber tudo sobre Nutrologia e conhecer a residência na área? Então, continue a leitura!

O que é Nutrologia?

A Nutrologia estuda a nutrição em casos clínicos de rotina, com características regulares e patologias causadas por consequências do comportamento alimentar. Assim, o nutrólogo é responsável por diagnosticar, indicar tratamentos e prevenir doenças relacionadas à alimentação. 

Ao contrário do nutricionista, que propõe uma educação alimentar e recomenda dietas para equilibrar o organismo, o nutrólogo foca nas doenças decorrentes de alterações do metabolismo e ingestão de nutrientes. No caso de diagnóstico dessas patologias, apenas esse especialista pode receitar medicamentos. 

O especialista tem uma visão geral dos distúrbios alimentares, auxiliando na manutenção dos nutrientes e na redução dos riscos de doenças, como obesidade, diabetes e hipertensão. Essas patologias são comuns e devem ser tratadas para garantir uma longevidade saudável. 

O trabalho do nutrólogo pode ser feito de maneira multidisciplinar, contando com a ajuda de outras especialidades. Quando é necessário realizar exames, o endocrinologista entra em ação. Para melhorar o estilo de vida e a alimentação, o nutricionista complementa o atendimento.

Áreas de atuação

Agora, você já sabe o que é Nutrologia e vai descobrir onde essa especialidade atua. O nutrólogo pode trabalhar de forma geral ou focar em subespecialidades direcionadas para doenças e público específicos. Em todos os casos, a atuação ocorre em clínicas hospitalares ou ambulatoriais. 

Um dos focos mais comuns é a obesidade. Como a patologia é muito comum entre a população, alguns médicos dedicam o trabalho para o tratamento de pacientes em diversos estágios, que buscam reverter a condição para ter mais qualidade de vida. 

Outros médicos optam por atender a públicos segmentados. Isso acontece com o nutrólogo da terceira idade. Nessa fase, a atenção é redobrada para a ingestão equilibrada de nutrientes e a redução dos sintomas do envelhecimento natural. No geral, independentemente da área, as atividades desenvolvidas são as mesmas. 

Nutrologia esportiva

Uma das áreas mais buscadas é a Nutrologia esportiva. O médico especialista acompanha atletas (profissionais ou amadores) que querem ter uma vida mais saudável por meio de atividades físicas. 

O papel do nutrólogo é essencial para esses pacientes, pois a alimentação e o metabolismo de quem pratica esportes são diferentes. Para evitar fadiga muscular, deficiências nutricionais e indisposição, a dieta deve estar alinhada com o gasto de energia.

A ingestão de nutrientes e a dieta balanceada, indicadas pelo médico, são os dois pontos que mais afetam o rendimento esportivo. Outros que também devem ser avaliados são as tendências às alterações e às lesões no sistema ósteo-músculo-tendíneo.

Nutrologia pediátrica

Todas as especialidades têm uma área dedicada apenas ao público infantil. Isso acontece na Nutrologia pediátrica, em que o médico busca a promoção do desenvolvimento saudável pela alimentação. Além de identificar doenças, ele cuida das carências nutricionais e das dificuldades alimentares.

Esse trabalho é de extrema importância, pois, nessa fase, as crianças precisam criar bons hábitos alimentares, sendo estimuladas a comer frutas, verduras e legumes. Caso contrário, é comum que sofram com anemia, diabetes e obesidade.

Saúde pública

O foco em saúde pública oferece múltiplas atuações. O nutrólogo que trabalha nesse sistema atende a casos de pacientes com enfermidades nutricionais e metabólicas, incluindo a desnutrição hospitalar. Nesse último caso, ele promove assistência com outras especialidades. 

Além do atendimento geral em unidades básicas de saúde e assistências médicas ambulatoriais, o médico pode realizar pesquisas. Normalmente, elas são voltadas para alimentação e nutrição aplicadas às políticas públicas. 

Nutrologia enteral e parenteral

A subespecialidade enteral e parental é dedicada ao atendimento de pacientes que se encontram internados. Quando estão nessa condição, as chances de desnutrição aumentam, e eles precisam de cuidados especiais, incluindo a terapia nutricional enteral e parental. 

A nutrição enteral é indicada para os pacientes que não conseguem comer pela boca e precisam de sonda implantada pelo nariz ou por outras vias até o estômago. Os alimentos são líquidos e conduzem os nutrientes necessários para evitar a perda de massa, diminuindo o risco de infecções. 

Já a parental é feita por via endovenosa com os nutrientes totais ou parciais que o paciente precisa. Ela fornece glicose, água, vitaminas, proteínas e outros. 

Residência médica em Nutrologia

A especialização em Nutrologia é um programa de pré-requisito que exige dois anos de clínica médica ou cirurgia geral. A duração dessa residência é de dois anos. Para ser iniciada, é preciso da aprovação no processo seletivo da instituição desejada. 

Como nas demais especialidades, a prova também testa os conhecimentos teóricos e práticos com as temáticas relacionadas à residência já concluída (clínica ou cirurgia). Para estudá-los com maior direcionamento, basta revisar as provas anteriores e consultar o edital, em que pode haver a lista de conteúdos. 

O primeiro ano da residência em Nutrologia, chamado de R1, é focado em treinamentos na unidade de internação, na terapia intensiva, na emergência e nos ambulatórios. As atividades obrigatórias envolvem avaliação nutricional, distúrbios alimentares e discussão de casos. 

Durante o segundo ano, ou R2, os estágios obrigatórios se ampliam para centro cirúrgico, unidade de nutrição parenteral e enteral. O treinamento no centro cirúrgico conta com acompanhamento dos procedimentos de obesidade e cateterização venosa. 

Torne-se um especialista com a gente!

Para se tornar um especialista em Nutrologia, é preciso estar preparado para as provas de residência médica. Porém, não se preocupe! Com nossos cursos, você tem direcionamento nos estudos e pode melhorar seu desempenho. Aproveite essa oportunidade para garantir sua vaga!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
DjonMachado

Djon Machado

Catarinense e médico desde 2015, Djon é formado pela UFSC, fez residência em Clínica Médica na Unicamp e faz parte do time de Medicina Preventiva da Medway. É fissurado por didática e pela criação de novas formas de enxergar a medicina.