Carregando

Residência médica no Hospital Heliópolis pelo SUS-SP

Quem está se preparando pra fazer as provas da residência médica do SUS-SP já está de olho nas melhores instituições. A boa notícia é que são aproximadamente 50 entidades envolvidas nesse processo seletivo. Mas não pense você que é moleza não! Tem que buscar esforço e dedicação porque quem fica melhor classificado pode escolher com tranquilidade em qual instituição estudar. Isso mesmo! Na seleção do SUS-SP para as residências médicas os melhores colocados podem escolher em primeira mão em qual instituição querem ingressar. 

Isso porque no SUS-SP funciona assim: a seleção do lugar em que o candidato tem interesse em fazer a sua residência médica ocorre como uma espécie de “leilão“: quanto maior a nota final no processo, maiores são as opções de locais disponíveis para escolher. E tudo isso também vai depender da ordem de classificação de cada especialidade. 

E agora é chegada a hora de conhecer mais uma das 50 entidades que participam do processo de seleção para a residência médica pelo SUS São Paulo: o Hospital Heliópolis  que é um dos 3 hospitais mais concorridos para se fazer a residência médica pelo SUS-SP.

História da residência médica no Hospital Heliópolis

O Complexo Hospitalar Heliópolis é um hospital geral vinculado ao governo estadual de São Paulo e fica lá no bairro Cidade Nova Heliópolis, na zona sudeste da capital. Hoje em dia grande parte do seu atendimento é direcionado a população da zona sul de São Paulo e dos municípios vizinhos do ABC paulista: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, além de Diadema e Mauá. Mas não se limita a eles. Muitos pacientes têm vindo de outras regiões do país já que a Oncologia é o carro-chefe do hospital há muitos anos. 

Criado em 1969, o Hospital Heliópolis surgiu como parte integrante do Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social (INAMPS). Logo no início, ele pertenceu ao governo federal, mas acabou sendo estadualizado no final dos anos 80, mais precisamente em 1989 e por muitos anos, o Hospital Heliópolis abarcou o internato dos estudantes da Faculdade de Medicina do ABC paulista. No entanto, em 2017, o Hospital Heliópolis e a Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) se conveniaram para que o internato dos estudantes de medicina do 5º e 6º ano dessa instituição também começassem a acontecer. 

Atualmente, o Hospital Heliópolis é tido como referência na prestação de assistência à saúde aos pacientes oncológicos e o Setor de Oncologia e Biologia Molecular do Hospital Heliópolis já participou do Projeto Genoma Humano do Câncer em parceria com outros grandes hospitais de São Paulo ganhando destaque na extração de DNA dentro do próprio hospital.

Números e Estrutura

330 leitos no total 

94 leitos de Cirurgia Geral

40 leitos de Clínica Médica

32 leitos de Neurocirurgia

12 mil atendimentos mensais no pronto-socorro 

60% do atendimento dos moradores do Grande ABC 

600 pacientes atendidos por mês no Centro de Pesquisas em Pescoço e Cabeça

800 ressonâncias magnéticas realizadas mensalmente 

150 tomografias feitas com material radioativo todo mês

Residência médica no Hospital Heliópolis pelo SUS-SP

Vamos lá! Pra quem já está pensando nisso, nenhuma novidade! Mas há quem ainda não saiba que a residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação com treinamento em serviço que se destina a médicos. Ela também leva o nome de curso de especialização e que funciona em instituições de saúde como hospitais-escola. 

Assim como outras instituições participantes, a residência médica no Hospital Heliópolis é promovida em todos os seus processos seletivos para os programas de residência médica pelo SUS-SP – SEC. DE ESTADO DA SAÚDE (CNRM/MEC), sendo o ensino de responsabilidade do Centro Interdisciplinar de Formação, Ensino e Pesquisa (CIFEP), que teve sua criação e expansão conforme foi havendo crescimento nas atividades de ensino da saúde no hospital. 

Hoje, a residência médica do Hospital Heliópolis pelo SUS-SP oferece cerca de 33 vagas nos aproximadamente 47 cursos de especialização e anos adicionais. 

O Processo Seletivo do SUS-SP

E como funciona o processo de seleção do SUS São Paulo? O concurso de admissão à residência médica do SUS-SP (Sistema Único de Saúde de São Paulo) tem sido  considerado, nos últimos anos, o maior concurso de residência médica do Brasil quando a gente pensa na quantidade de vagas oferecidas. Há nele, cerca de 50 diferentes instituições de ensino médico de todo o estado de São Paulo! E pasmem: os números são impressionantes! Só na última seleção, aquela que deu acessos aos novos residentes em  2020, foram 786 vagas, incluindo 545 vagas de especialidades de acesso direto.

A Fundação Vunesp é que organiza todo o processo de seleção dos candidatos para a residência médica do SUS-SP que é indubitavelmente um dos maiores do país no que diz respeito ao número de candidatos inscritos e também na quantidade de vagas disponibilizadas. Sem falar que não é tão simples assim: você só vai poder escolher em qual instituição apenas no momento do leilão do SUS. Mas como é isso? Vou te contar! 

Como é a prova

A gente aqui da Medway leu todo o edital de acesso ao processo de 2021 do SUS-SP, tudinho! E todos os detalhes que você precisa saber sobre isso estão aqui. Dá um conferida porque é nele que constam todas as informações sobre a prova.

Lembra que falamos que, apesar do número de vagas, as coisas não eram tão simples assim? Deixa eu te falar uma coisa: não é porque tem muita vaga que vai ser moleza, viu? A concorrência é grande! Por conta disso, é bom você se preparar com foco e qualidade pra sair na frente dos seus concorrentes! O leilão do SUS-SP acontece mais ou menos assim: todo o processo seletivo para especialidades com acesso direto é realizado em uma única etapa com uma prova objetiva de 100 questões. Uma única prova! Já para as especialidades com pré-requisito a prova também é realizada em uma única etapa, mas agora com 50 questões objetivas.

E pra não perder nada sobre as provas do SUS-SP, não deixe de ler todos os conteúdos gratuitos sobre a prova de residência médica do SUS-SP direto ao ponto

Concorrência por especialidade em 2021 

Já está pensando em investir na residência médica do Hospital Heliópolis e brigar por uma vaga? Então vem aqui comigo que agora é a sua vez de saber um pouco mais sobre como esse processo seletivo funciona para você realizar seu desejo. E que tal começar pelas vagas que o hospital oferece em cada especialidade para os processos seletivos de 2021?

Especialidade – Vagas 

  • Clínica Médica – 16 
  • Pré-requisito em área Cirúrgica Básica – 4
  • Patologia – 1 
  • Infectologia – 4
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem – 4 
  • Neurocirurgia – 2 
  • Dermatologia – 2 
  • Cirurgia Plástica  – 2
  • Coloproctologia – 3 
  • Cirurgia Vascular – 3 
  • Cirurgia do Aparelho Digestivo – 3 
  • Cirurgia Cabeça e Pescoço  – 3

Não se assustem e nem se deixem levar pela pressão, hein! A gente sabe que tudo isso pode dar uma apavorada! Pra te ajudar nessa, dá só uma olhada no Guia Estatístico gratuito com os 6 focos mais importantes e que mais caem na prova de residência médica do SUS-SP, com base em uma análise que fizemos das provas dos últimos cinco anos. Perde tempo não, corre lá!

Leilão de vagas do SUS

E você aí pensando: “que negócio é esse leilão? Não era só passar na prova?” Não. Tem que estudar mesmo e focar nos resultados pra poder escolher o lugar onde você vai fazer sua residência médica. Sabe por quê? Os mais bem classificados e que ocupam os primeiros lugares, lá no topo da lista, podem escolher primeiro em quais das 50 instituições participantes desejam ingressar para fazer sua residência médica. É como se fosse um “leilão” mesmo e, quanto maior a nota final, maiores as opções de instituições  disponíveis para escolher. E não para por aí: a escolha depende da ordem de classificação de cada especialidade. 

Se por acaso você não tiver um bom desempenho e seu nome não figurar nos lugares mais altos da lista de aprovados, vai sobrar cada vez menos opções de escolha. À medida que os locais vão sendo escolhidos pelos candidatos que tiveram as melhores notas, vão restando cada vez menos opções e ainda menos vagas para os demais participantes que não obtiveram uma boa classificação. Logo, a dedicação deve ser meta! Se você quiser saber quais são as 50 instituições participantes do leilão, segundo o edital de residência médica do SUS-SP 2021, a gente fez uma lista pra você conferir aí! 

E aí, curtiu saber mais sobre a residência médica no Hospital Heliópolis pelo SUS-SP?

Tá sonhando com uma vaga pelo SUS-SP, né? Então, para de sonhar e bora botar a mão na massa! E começar a se preparar para as provas de residência com foco e qualidade!  A gente já te mostrou que apesar de a oferta de vagas ser grande e a concorrência também pode ser! E que tudo depende da classificação. Logo, tudo depende de você! Inscreva-se no Intensivo São Paulo, o nosso curso com videoaulas ao vivo e gravadas com os temas que você realmente precisa saber para ingressar nas principais instituições do país. Também oferecemos um app com milhares de questões comentadas. Se você está buscando por mais conteúdos gratuitos sobre as residências médicas, não pode deixar de conferir a Academia Medway. Lá você vai encontrar centenas de conteúdos que vão te ajudar a compreender melhor como são as provas das principais instituições de todo o Brasil! Bora pra cima, galera!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.