Carregando

Residência no Hospital de Clínicas da Unicamp: história, números e estrutura

Se você está se preparando para a residência médica, sabe que tem que pesquisar bastante sobre instituições e hospitais. Diante de uma experiência tão importante, ter uma oportunidade em um local renomado em todo o Brasil, como é o caso da residência no Hospital de Clínicas da Unicamp, pode ajudar a alavancar sua carreira. 

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) está localizada na cidade de mesmo nome, que fica no estado de São Paulo, e foi fundada em 1962. Ela foi projetada desde o início para ter um sistema integrado de centros de pesquisa com outras universidades brasileiras e, por isso, tem um grande número de cursos de pós-graduação: são mais de 150; além de oferecer cerca de 70 cursos voltados para graduação.

Em 1985, o Hospital de Clínicas da Unicamp passou a fazer parte do espaço. Hoje, ele é um dos maiores complexos hospitalares de todo o país, com 820 leitos do SUS e um enorme incentivo à pesquisa e à Medicina.

Vista aérea do campus onde é realizada a prova de residência no Hospital de Clínicas da Unicamp
Vista aérea do campus da Unicamp (Créditos: Antoninho Perri/Unicamp)

A Faculdade de Medicina da Unicamp

A Faculdade de Medicina da Unicamp é considerada como uma das melhores do Brasil. Ela visa desenvolver todas as competências inerentes à prática profissional. Tem um cuidado especial para que os estudantes se formem com princípios éticos e total responsabilidade social.

A estrutura curricular conta com módulos de ensino distribuídos em uma carga horária integral. São seis anos de curso, mas desde o primeiro ano é possível participar de atividades de campo, para já chegar à residência médica no Hospital de Clínicas da Unicamp com uma boa visão da rotina de um médico e pesquisador.

Nos três anos seguintes de curso, o aluno se envolve com atividades integradas às especialidades médicas. E, nos últimos anos, fica por conta de disciplinas e atividades voltadas para o atendimento em Unidades Básicas de Saúde da cidade de Campinas.

São mais de 5 mil médicos formados na graduação até hoje, cerca de 5.300 médicos residentes e quase 6 mil pós-graduandos em mestrado e doutorado. Os cursos apresentam disciplinas e grades curriculares sempre atualizadas para acompanhar a evolução da Medicina em todas as especialidades.

Por fim, vale mencionar que a universidade é equipada com excelentes recursos tecnológicos, salas de aula e laboratórios completos e supervisão direta de docentes experientes. Dessa forma, o profissional tem todo o apoio para compreender e praticar as atitudes esperadas de um futuro médico.

O Hospital de Clínicas da Unicamp

História 

O Hospital de Clínicas da Unicamp surgiu do esforço de professores e docentes, que desde a década de 1960 atendiam a população de Campinas e região em massa com atividades ambulatoriais e de clínica médica e cirúrgica. Logo a necessidade de ter um espaço apropriado se tornou maior.

A expansão começou no início de 1970 e toda a construção foi devidamente fiscalizada por órgãos pertinentes. Em 1979, consultórios e ambulatórios já funcionavam, mesmo que as estradas ainda não fossem totalmente apropriadas para o trânsito.

Em 1985, a construção finalmente foi concluída e no primeiro semestre as atividades começaram a todo vapor. No ano seguinte, o Pronto Socorro da unidade foi inaugurado. A área do hospital é de 56 mil metros quadrados, mas ao longo do tempo passou por várias modificações e ampliações para atender melhor a população.

Números e estrutura 

Hoje, o Hospital de Clínicas da Unicamp trabalha com 44 especialidades e subespecialidades clínicas e cirúrgicas, das mais simples às mais raras e complexas. E, além de São Paulo, atende estados como MG, PR, BA, RJ e MT.

Por meio do SUS, mais de 2 milhões de procedimentos e consultas são realizados atualmente, assim como mais de 33 milhões de exames, 15 mil internações e cerca de 40 cirurgias por dia. Em 2021, espera-se que o hospital atinja a marca de meio milhão de cirurgias realizadas em todo o seu tempo de existência.

A residência médica no Hospital de Clínicas da Unicamp

Desde a inauguração, mais de 10 mil profissionais de todo o Brasil já passaram pela residência médica no Hospital de Clínicas da Unicamp. As 44 especialidades da Medicina oferecidas abrigam quase 500 estudantes, que se preparam com treinamentos de excelência para o exercício da profissão.

O Programa de Residência Médica é oferecido em conjunto com a Faculdade de Medicina na Unicamp. Em geral, as inscrições abrem no fim do ano, a partir de outubro. Os editais ficam disponibilizados na imprensa e no próprio site do MEC.

O médico residente tem direito a uma bolsa de estudos, férias, complementação de bolsa, auxílio moradia e alimentação. Tudo conforme a lei, para que ao longo do aprendizado o aluno aproveite ao máximo os recursos da universidade.

As especialidades oferecidas são:

  • Anestesiologia
  • Cirurgia Cardiovascular
  • Cirurgia Geral 
  • Clínica Médica
  • Dermatologia
  • Genética Médica
  • Infectologia
  • Medicina de Emergência
  • Medicina de Família e Comunidade
  • Medicina do Trabalho
  • Medicina Nuclear
  • Medicina Preventiva e Social
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Obstetrícia e Ginecologia
  • Oftalmologia
  • Ortopedia e Traumatologia
  • Otorrinolaringologia
  • Patologia
  • Patologia Clínica/Medicina Laboratorial
  • Pediatria
  • Psiquiatria
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem
  • Radioterapia

Além dessas, há as áreas com pré-requisito, como vários tipos de Cirurgia, Cardiologia, Geriatria, Reumatologia e muito mais. O processo seletivo conta com duas fases, sendo uma prova de 160 questões e uma prova prática. Elas são realizadas em Campinas, e o aluno ainda tem o seu currículo analisado.

Conheça a prova da Unicamp com maiores detalhes e com comentários de nossos professores!

E o que esperar dessa experiência?

Lembre-se de que fazer residência médica no Hospital de Clínicas da Unicamp será uma das maiores experiências de sua carreira. O espaço é referência nacional e vencer a concorrência pesada nas provas será uma grande conquista.

Além disso, o centro de práticas de residência é muito completo. Você poderá acompanhar uma infinidade de casos dentro da sua especialidade, sempre com o apoio de médicos e docentes renomados.

O alto fluxo de pacientes permite que você aprenda a lidar com pessoas, a conhecer dificuldades e também a perceber como um tratamento de sucesso é gratificante. Se você pensa em atuar com pesquisa, terá a oportunidade de publicar em várias revistas internacionais e nacionais e fazer o seu trabalho ganhar outra dimensão.

Para resumir, será uma vivência única. E pautada nos principais padrões de excelência médica de nosso país. E aí, que tal começar a se preparar para esse desafio desde já? O Hospital de Clínicas da Unicamp espera por você!

E a gente pode ajudar. Confira tudo o que a Academia Medway disponibiliza e aproveite para consultar o Guia Definitivo da Unicamp, em que explicamos tudo sobre a instituição com detalhes. Sua trajetória de sucesso está só começando!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.