Carregando

Hospital Estadual Sapopemba: residência médica no HESAP pelo SUS-SP

A gente sabe que quem vai prestar a prova de residência médica do SUS-SP ainda tem muitas muitas dúvidas. É difícil decidir a cidade onde morar, qual especialidade fazer e principalmente, em qual instituição estudar. Pra resolver isso, a gente vai te dar uma mãozinha! Quer conhecer mais uma ótima opção para sua residência médica pelo SUS-SP? Desta vez, vamos falar sobre a residência médica no Hospital Estadual Sapopemba (HESAP) pelo SUS-SP. Bora lá? 

História do Hospital Estadual Sapopemba (HESAP)

O Hospital Estadual Sapopemba foi inaugurado em 05 de abril de 2003 e até o fim de 2008 era administrado pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), junto à Fundação Faculdade de Medicina (FFM), por meio de convênio de gestão com a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES). Foi a partir de 2009 que o hospital passou a ser gerido pelo Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (SECONCI-SP).

A instituição é um hospital geral, classificado como de nível secundário e que atende exclusivamente a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, o HESAP é reconhecido por oferecer um serviço hospitalar de qualidade para a comunidade da região de Sapopemba, na zona leste da cidade de São Paulo, e atende atualmente a toda população de Sapopemba, São Mateus, São Rafael, Aricanduva e Iguatemi. Por conta do sistema de agendamento gerenciado pelo CROSS, o HESAP também pode atender as pessoas de todas as regiões da capital paulista. 

Números e estrutura

  • 15.000 m² de área construída; 
  • 12 pavimentos num hospital em monobloco verticalizado, com planta em forma de T;
  • 100% SUS; 
  • 250 leitos destinados à internação;
  • 6 áreas assistenciais: Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Ortopedia, Obstetrícia, Pediatria e UTI;
  • 7 áreas atendidas para cirurgias eletivas: Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Cirurgia Urológica, Ginecologia, Mastologia, Cirurgia Infantil e Cirurgia Plástica;
  • Mais de 14 mil saídas hospitalares em 12 meses;
  • Mais de 18 mil consultas ambulatoriais por ano; 
  • Cerca de 50 mil atendimentos anuais de urgência e emergência;
  • 4.302 SADT Externo (Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia) todo ano;
  • Mais de 3.500 partos realizados anualmente. 

Residência médica no Hospital Estadual Sapopemba 

A gente já te falou que o processo seletivo para as vagas de residência médica no Hospital Estadual Sapopemba é realizado pelo SUS-SP e é muito desejado pelos candidatos por ser uma instituição localizada na capital paulista, pela capacidade de atender um volume considerável de casos e também pela oportunidade de ter contato com vários procedimentos. De quebra, ainda é possível aprender com uma estrutura moderna. 

Atualmente, a residência médica no Hospital Estadual Sapopemba pelo SUS-SP oferece cerca de 8 vagas em cerca de 3 especialidades: Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia e Ortopedia e Traumatologia.

O processo seletivo do SUS-SP 

O concurso de admissão à residência médica do SUS-SP (Sistema Único de Saúde de São Paulo) é considerado, hoje em dia, o maior concurso de residência médica do Brasil não apenas no que tange a quantidade de vagas oferecidas, mas também no número de instituições que participam do processo. São cerca de 50 diferentes instituições de ensino médico de todo o estado de São Paulo. Isso sem falar no número de candidatos inscritos: só no último processo seletivo foram 786 vagas, incluindo 545 vagas de especialidades de acesso direto

A organização do certame é por conta da Fundação Vunesp e ficar bem classificado te ajuda muito no leilão de vagas. É que depois de enfrentar todo esse processo, a escolha da instituição acontece apenas no momento do leilão do SUS. Vem aqui que a gente vai te contar tudo sobre como é o processo de seleção para a residência médica do SUS-SP

Como é a prova 

Confira uma imagem ilustrativa associada à Residência médica no Hospital Estadual Sapopemba!
Saiba mais a respeito de como funciona a prova do SUS-SP!

Tudo o que você quiser saber em detalhes sobre o edital de acesso ao processo de 2021 do SUS-SP está aqui, porque já lemos e esmiuçamos as informações para facilitar a sua vida! E fica de olho, pois mesmo com o grande número de vagas ofertadas, a disputa é grande e a concorrência vem com tudo! É por isso que você precisa se preparar com foco e qualidade. 

O processo seletivo para a residência do SUS de São Paulo relativo a especialidades com acesso direto é realizado em uma única etapa com uma prova objetiva de 100 questões. Ou seja, você só tem uma chance de mostrar o seu potencial. Para ficar bem por dentro de como é, dê uma olhada nos conteúdos que temos sobre a prova de residência médica do SUS-SP: direto ao ponto.

Concorrência por especialidade em 2021 

Se você já está pensando em fazer residência médica no Hospital Estadual Sapopemba pelo SUS-SP, vem com a gente saber tudo sobre esse processo seletivo e dar o seu primeiro passo em direção à realização do seu grande sonho. 

E que tal começar pelas vagas que a instituição ofereceu em cada especialidade de acesso direto para os processos seletivos de 2021? 

EspecialidadeVagas
Clínica Médica3
Ginecologia e Obstetrícia 3
Ortopedia e Traumatologia 2

A concorrência pode até ser grande, mas a sua força de vontade é maior! Para te ajudar nessa jornada, dá só uma olhada no Guia Estatístico gratuito com os 5 focos mais importantes e que mais caem na prova de residência médica do SUS-SP com base em uma análise que fizemos das provas dos últimos seis anos. Perde tempo, não! Corre lá!

Leilão de vagas do SUS-SP 

A escolha do hospital para fazer a residência médica está diretamente vinculado ao leilão do SUS e ao seu desempenho nas provas, porque funciona assim: os classificados com as melhores notas e que ocupam os primeiros lugares em cada especialidade, lá no topo da lista, podem escolher primeiro em qual das 50 instituições participantes desejam ingressar para fazer sua residência médica. 

Quanto maior a nota final, maiores as opções de locais disponíveis para escolher. Essa escolha depende da ordem de classificação em cada especialidade. Por exemplo: se você quer fazer a residência em Clínica Médica no Hospital Estadual Sapopemba pelo SUS-SP, vai precisar se classificar muito bem para ter a chance de conseguir uma das 3 vagas que a instituição oferece. 

E ainda há outras opções para escolher, como a residência médica no Hospital Santa Marcelina e a residência no Centro Universitário Padre Albino (Unifap) pelo SUS-SP. 

E aí, curtiu saber mais sobre a residência médica no Hospital Estadual Sapopemba pelo SUS-SP?

Então, já passou da hora de se preparar para as provas de residência e a gente está junto com você! Vem que ainda dá tempo de se preparar pra mandar bem nessa prova! Por´m, para isso, é preciso estudar do jeito certo e com direcionamento – e é justamente nisso que o Intensivo São Paulo vai te ajudar! São 40 aulas direcionadas com foco na prova de residência médica do SUS-SP, além de contar com um Guia Estatístico do SUS-SP . Nele, você vai encontrar todos os temas e assuntos que mais caem em cada grande área na prova de residência médica do SUS-SP. Assim, os seus estudos com questões serão melhor direcionados! Clique AQUI e inscreva-se agora!

Quer mais conteúdo gratuito e de qualidade para os temas mais relevantes das residências médicas de todo o país? Então vai lá na Academia Medway, que você vai encontrar tudo o que precisa! 

Pra finalizar, eu tenho um convite pra você, que quer ter uma preparação incrível para as provas de residência médica do próximo ano! O Extensivo São Paulo, como você já deve ter ouvido falar, tem ajudado muitos alunos na conquista da tão desejada vaga na instituição dos sonhos. Então, a nossa equipe decidiu dar de presente 7 dias de teste grátis para você aproveitar todos os benefícios que o nosso extensivo oferece! É isso mesmo: são 7 dias totalmente gratuitos para aprimorar os seus estudos e aumentar as suas chances! Não vai perder, hein? Inscreva-se clicando aqui!

Só vem! Bora pra cima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.