A prova de residência médica do IAMSPE: direto ao ponto

Se você está aqui no blog, com certeza deve ter em seus planos fazer residência fora do seu estado, mais especificamente, em São Paulo (sim, também foi o meu sonho por muito tempo!). E, aqui na capital, você pode encontrar um serviço que ofereça a sua especialidade e que tenha o seu perfil. Um desses serviços muito procurado por todos que estão na corrida por uma vaga é a prova de residência médica do Iamspe. Certamente você já deve ter ouvido falar dele nas rodas de conversa do cursinho!

Agora voltando: O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) é um órgão do Governo do Estado de São Paulo criado em 1966 para oferecer atendimento médico a servidores públicos estaduais e seus dependentes. Hoje, o Iamspe oferece atendimento a 1,3 milhões de usuários por meio de uma rede própria distribuída em 173 municípios do Estado. São 80 hospitais, incluindo o Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), hospital de alta complexidade, onde acontecem os programas de residência. No ano passado, foram oferecidas 247 vagas de residência médica, incluindo especialidades com pré-requisito, áreas básicas e acesso direto.

Passar na prova de residência médica do IAMSPE é o primeiro passo para quem quer estudar nessa instituição
Vista aérea do IAMSPE

Neste post, vamos te dar tudo que você precisa saber sobre a prova de residência médica do Iamspe e as dicas para poder sair na frente no dia. Vamos lá?

O começo de tudo: o edital

Essa parte, apesar de chata, é essencial para você! Por mais que você ache desnecessário, ler todo o edital das provas que você vai prestar é essencial para estar preparado para o grande dia. É lá que você vai saber a data da prova, local, quantidade de questões, o que pode ou não levar, entre outros detalhes. Não seja aquele cara que olha o local da prova no dia anterior ou aquele que pergunta desesperado no grupo do WhatsApp se pode levar caneta! Preparação é o primeiro passo para garantir a sua tranquilidade. 

O edital da prova de residência médica do Iamspe, divulgado no dia 13 de novembro, pode ser encontrado no site da fundação Quadrix. Nós inclusive fizemos um post inteirinho dedicado a falar das novidades e de tudo que você precisa saber sobre o edital do IAMSPE de 2021. Dá uma olhada!

Com relação às especialidades oferecidas e a quantidade de vagas, o edital de residência médica do IAMSPE 2021 prevê o seguinte: 

  • Anestesiologia: com 3 anos de duração, o IAMSPE está oferecendo 10 vagas, além de 1 para as Forças Armadas, para a entrada na residência de Anestesiologia.
  • Área Cirúrgica Básica: especialidade “irmã” de Cirurgia Geral, mas com 2 anos de duração, a residência em Área Cirúrgica Básica está oferecendo 19 vagas, além de 3 para as Forças Armadas.
  • Cirurgia Geral: com duração de 3 anos, essa residência está com 3 vagas previstas, com entrada em 2021.
  • Clínica Médica: com 2 anos de especialização, essa residência está com 36 vagas abertas, além de 3 reservadas para o Exército, com entrada em 2021.
  • Dermatologia: a residência em Dermatologia do IAMSPE tem, este ano, 3 vagas, com duração de 3 anos.
  • Ginecologia e Obstetrícia: o IAMSPE está oferecendo, para essa residência, que tem duração de 3 anos, 8 vagas.
  • Infectologia: também com 3 anos, a residência em Infectologia está com 4 vagas abertas.
  • Medicina Esportiva: mais uma especialização com duração de 3 anos, para Medicina Esportiva o IAMSPE está oferecendo 3 vagas.
  • Medicina Física e Reabilitação: já para MRF, o IAMSPE oferece 2 vagas para a especialização de 3 anos.
  • Medicina do Trabalho: já esta residência, com 2 anos de duração, tem somente 1 vaga para entrada em 2021.
  • Neurocirurgia: a residência de maior duração do IAMSPE, com 5 anos, Neurocirurgia conta com somente 2 vagas nesta edição da prova.
  • Neurologia: com 3 anos de duração, Neurologia está com 10 vagas abertas em 2020.
  • Oftalmologia: também com 3 anos, disponibiliza 8 vagas para os candidatos, além de 1 para as Forças Armadas.
  • Ortopedia e Traumatologia: coincidentemente, números iguais aos de Oftalmologia: 3 anos, 8 vagas + 1 reservada para o Exército.
  • Otorrinolaringologia: também com 3 anos e 1 vaga reservada para o Exército, a diferença é que a residência em Otorrino do IAMSPE conta com somente 6 vagas abertas.
  • Patologia: segundo o edital deste ano, a especialização em Patologia, de 3 anos, está com somente 2 vagas.
  • Pediatria: outra especialidade com duração de 3 anos, está contando com 10 vagas para o processo seletivo 2021.
  • Psiquiatria: com os mesmos 3 anos, a residência em Psiquiatria se mostra um pouco mais acessível, com 12 vagas.
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem: penúltima especialização da lista, RDI também conta com 3 anos de duração, mas com 11 vagas, uma das quais é reservada às Forças Armadas.
  • Radioterapia: pra fechar a lista, a especialização em Radioterapia, com 4 anos de duração e somente 1 vaga.

O período de inscrição vai do dia 17 a 26 de novembro, e está cobrando uma taxa de 294 reais, investimento relativamente baixo em comparação a taxas de inscrição como a da USP, UNIFESP e UNICAMP, por exemplo, que foram em torno de 700 reais.

Basicamente, o candidato precisa se cadastrar no site, preencher os dados da ficha de inscrição, gerar o boleto e pagar a inscrição. Se possível, procure pagar o boleto no mesmo dia. Se não, fique atento à data de vencimento, especialmente se for pagar por bancos digitais ou internet banking, pois o boleto pode ter data de vencimento no final de semana e o seu app só estar habilitado a pagar em dias úteis.

Posso te dar uma dica? Imprima tanto a sua ficha de inscrição quanto o seu boleto para ter em mãos os comprovantes de que você se inscreveu (e pagou) na data correta.

O edital da prova de residência médica do IAMSPE também informa sobre a possibilidade de solicitar redução do pagamento da taxa de inscrição, desde que você seja estudante, receba remuneração mensal inferior a dois salários mínimos vigentes no estado de São Paulo ou esteja desempregado. O valor cai pela metade se a sua solicitação fosse aceita!

Só preste atenção em um detalhe: geralmente o prazo para solicitar a redução da taxa é bem menor que o prazo das inscrições. Em 2019, foram só dois dias (7 e 8 de outubro).

A primeira fase da prova de residência médica do Iamspe

Símbolo do IAMSPE
Figura 4: Símbolo do IAMSPE

A primeira fase da prova de residência médica do Iamspe é de caráter eliminatório e classificatório, composta por questões objetivas pontuadas de zero a dez, com peso 5 na nota final, ou seja, 50%.

No processo seletivo 2020-2021, no entanto, surgem algumas diferenças. A principal é que, ao invés do total de 100 questões com 5 alternativas cada, serão somente 80 nesta edição. Mas como nem tudo são flores, os candidatos também terão meia hora a menos para a execução da prova, com duração total de 3 horas e 30 minutos.

A maioria das questões costuma ser bem direta, com perguntas do estilo “sabe ou não sabe” e pouca possibilidade de improviso, digamos assim. Essas questões geralmente são encontradas, em sua maior parte, na prova de Cirurgia, que também traz uma quantidade razoável de imagens. Esse padrão tem sido visto cada vez mais nas provas de São Paulo e costuma ser o ponto fraco da galera! Além disso, o IAMSPE também gosta de trazer questões baseadas em casos clínicos, principalmente nas provas de Ginecologia e Obstetrícia e Clínica.

Já inclusive falamos de um tema importante que cai em Ginecologia e Obstetrícia na prova de residência médica do Iamspe: o pré-natal. Aproveita pra se inscrever, pois postamos vídeos novos toda segunda e sexta-feira!

Esse ano, a primeira fase da prova vai acontecer no dia 12 de dezembro de 2020.

No ano passado, a prova foi realizada no Mackenzie, e pra quem não conhece, se trata de um complexo bem grande. Portanto, tende a ser interessante que você chegue com antecedência de pelo menos 60 minutos. Se atente também ao trânsito, pois os locais de prova costumam ser bem engarrafados.

O local e o horário onde você vai fazer a prova esse ano (2021) já está disponível na área do candidato, então já dá uma olhada lá e se programa para chegar com antecedência, hein?

Se for possível, um dia antes da prova de residência médica do Iamspe, vá às imediações de onde vai ser a sua prova para poder se ambientar ao local. Também planeje com antecedência como você vai até lá (Uber, metrô, táxi, carona…) para no dia você não se estressar com isso. 

Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde é realizada a prova de residência médica do IAMSPE
Figura 5: Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde foi realizada a prova do IAMSPE em 2019 (Créditos: Mackenzie)

Chegando ao local de prova, você vai encontrar muita, muita gente. Calma! Quantidade não é qualidade e você tem que confiar na sua preparação e potencial.

O edital da prova de residência médica do Iamspe indica também que você leve apenas: documento de identificação original com foto, caneta esferográfica preta e comprovante de pagamento da taxa de inscrição. Como habitual, nenhum eletrônico ou relógio era permitido e tinha que ser entregue na porta da sala, inseridos em um saquinho plástico para você colocar seus pertences. Fora isso, nem precisamos dizer, né? Neste ano, máscara, álcool em gel e garrafinha de água são obrigatórios!

A duração da prova de residência médica do Iamspe é de 3 horas e meia (incluindo o preenchimento do gabarito), e só é permitida a saída do local de prova após o término desse período. Aproveite o tempo para marcar as questões com bastante cuidado no gabarito. No último ano, se você quisesse, podia levar o caderno de questões ao final da prova. Como você vai passar a tarde inteira lá, leve lanchinhos práticos, além de água.

Notas de corte da residência médica no Iamspe 2020

Abaixo estão as notas que os últimos convocados para a segunda fase de cada especialidade tiraram na prova objetiva do IAMSPE. Os dados de classificação foram divulgados pelo próprio IAMSPE no último processo seletivo, com acesso em 2020:

EspecialidadeNota de corte
Anestesiologia6,9
Área Cirúrgica Básica6,4
Cirurgia Geral6,7
Clínica Médica6,4
Dermatologia7,6
Ginecologia e Obstetrícia5,7
Infectologia4,6
Medicina do Trabalho5,39
Medicina Esportiva5,9
Medicina Física e Reabilitação5
Neurocirurgia7,4
Neurologia6,3
Oftalmologia7
Ortopedia e Traumatologia4,7
Otorrinolaringologia6,7
Patologia5
Pediatria5
Psiquiatria6,3
Radiologia e Diagnóstico por Imagem5,6
Radioterapia4,84

Antes de te contarmos sobre a segunda fase da prova de residência médica do Iamspe, queria te convidar a conhecer o nosso Intensivo São Paulo, que traz aulas 40 específicas de assuntos que caem na primeira fase da prova do Iamspe, um guia estatístico avançado com todos os assuntos que caem na prova, simulados e muito mais! É só clicar no botão abaixo!

Prova de residência médica do Iamspe: a segunda fase

A segunda fase da prova de residência médica do Iamspe é chamada de prova prática, no entanto, você não vai encontrar atores, avaliadores, nem tampouco alguém pra atender. A segunda fase do Iamspe é uma prova de multimídia. A pontuação para essa etapa varia de zero a dez, e neste ano tem peso 5, além de acontecer no mesmo dia da prova teórica – mas só vai ter a prova corrigida quem pontuar o suficiente pra chegar nessa segunda fase.

Prova de multimídia? Como assim?

A prova é composta por 10 casos clínicos, 4 de cada especialidade, com 4 questões para cada caso clínico (total de 40 questões). Os candidatos são separados por sala, no mesmo esquema da primeira fase, e será exibida uma apresentação de power point com a prova. O que você deve ficar atento aqui é: a apresentação está em formato de vídeo, então o tempo para cada questão já está pré-estabelecido e não tem como pedir para voltar! 

As perguntas são “padrão Iamspe”: diretas! Você tem cerca de 1 minuto e 30 segundos para responder cada questão em uma folha de resposta que é distribuída no início da prova. Como as perguntas são bem diretas, as respostas devem ser assertivas! Nada de querer escrever uma redação, pois você não vai ter tempo nem espaço na folha de respostas.

Lembre-se de que essas provas, mesmo sendo discursivas, têm um gabarito a ser seguido na correção, então, quanto menos você extrapola, menor a chance de sua resposta fugir do proposto pelo gabarito. Conforme cada caso clínico vai aparecendo, tente anotar palavras-chave que te lembrem do caso (um dado de exame físico, algum exame complementar…), pois isso facilita na hora de responder as questões.

Ainda está preocupado e sem saber muito sobre como encarar essa prova? Calma, temos tudo sob controle! No nosso Minicurso de Prova Multimídia contamos tudo sobre o segredo desse tipo de avaliação e como você pode transformá-la no seu diferencial – são 3 aulas 100% online e 100% gratuitas!

A última fase da prova de residência médica do Iamspe: a entrevista

Por mais que, para 2021, não vá haver entrevista, pode ser que ela volte no futuro. Portanto, vamos falar um pouco sobre terceira e última etapa da prova de residência médica do Iamspe. Aqui, outra particularidade: algumas especialidades são dispensadas dessa fase. Os candidatos que prestaram prova para Clínica Médica, G.O. e Pediatria estavam isentas da 3ª fase. Vale dizer que, para essas especialidades, a segunda fase valia 50% do total de pontos, enquanto que para as especialidades que exigiam entrevista, a segunda fase valia 40% e a terceira fase 10%. 

Para quem vai se preparar para essa etapa, no último ano, ela aconteceu em 12 de dezembro em local e horário disponibilizado na área do candidato. Nessa etapa da prova de residência médica do Iamspe, a pontuação máxima era de dez pontos que se dividiam entre entrevista e análise do Curriculum Vitae. O candidato deveria levar o seu currículo com os documentos comprobatórios originais das atividades feitas. Dica importante: o curriculum vitae fica com a banca, então garanta sempre mais de uma cópia. 

Nessa avaliação, alguns critérios eram pontuados de acordo com a importância da atividade: histórico de graduação e/ou do programa de requisito (5 pontos), trabalhos publicados ou apresentados em congressos (2 pontos), participação em cursos e congressos extra-curriculares (1 ponto), avaliação da entrevista (2 pontos). Dependendo da época do ano em que você estiver lendo este texto, considere se ainda vale a pena correr atrás de incrementar seu currículo, ou se é melhor usar todo o seu tempo para garantir mais pontos nas outras fases da prova de residência médica do Iamspe!

Datas importantes

O gabarito da primeira fase da prova de residência médica do Iamspe vai ser publicado no dia 13 de dezembro. No dia 4 de janeiro é publicada a lista de candidatos habilitados para a correção da discursiva (multimídia). O resultado final, em 27 de janeiro, vai sair no próprio site da Quadrix, disponível na área de candidatos. Já deu até frio na barriga, não é? 

Com relação aos recursos, no último ano, podiam ser elaborados na área do candidato do site da Vunesp no prazo de 2 dias úteis da divulgação do gabarito. Se alguma questão fosse anulada, a pontuação era creditada a todos os candidatos, independente da formulação de recursos. A decisão de deferimento ou indeferimento de recursos também era publicada na área do candidato.

Quer dar um gás maior na sua preparação para a prova de residência médica do Iamspe? Na Academia Medway, você encontra todos os nossos materiais gratuitos para te ajudar, incluindo e-books e aulas 100% online.

Vai prestar outras provas de residência médica em São Paulo? Então continue de olho aqui no nosso blog, pois vamos trazer vários conteúdos sobre outros processos seletivos aqui. Já viu nosso post sobre a prova da USP? Também já falamos tudo sobre a prova de residência médica da Unifesp!

Agora, eu tenho um convite pra você, que quer ter uma preparação incrível para as provas de residência médica do próximo ano! Em breve, vamos abrir inscrições para a Mentoria 2022, nosso curso que ensina as melhores metodologias de estudo e te ajuda a potencializar seus resultados. Pra explicar a fundo o que a Mentoria oferece, faremos uma live no dia 22 de novembro, na qual também vamos oferecer condições especiais para quem quiser voar nas provas de residência médica em 2023! Pra ficar por dentro das novidades do curso, inscreva-se na nossa lista de espera. Bora brilhar na residência!

Então, pessoal, espero que o post tenha sido bastante esclarecedor! Tenho certeza de que no dia da prova de residência médica do Iamspe você vai lembrar das minhas dicas. Se você conhece algum amigo que também pensa em prestar Iamspe, ou que quer saber mais sobre as provas de São Paulo, manda pra ele o link do post! Bons estudos!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
AlexandreRemor

Alexandre Remor

Nascido em 1991, em Florianópolis, formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP (HC-FMUSP) e Residência em Administração em Saúde no Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Fanático por novos aprendizados, empreendedorismo e administração.