Carregando

Os 3 hospitais mais concorridos para fazer residência em Oftalmologia no SUS-SP

A gente sabe que decisões como qual especialidade escolher ou onde cursar a residência não são fáceis. É um assunto recorrente aqui no blog, e a gente sempre tenta ressaltar como é importante tirar um tempo para pensar nessas questões. Porém, se você já deu uma conferida nas instituições mais buscadas para a residência em Oftalmologia e decidiu que vai mesmo de residência em Oftalmologia no SUS-SP, aí surge outra escolha: qual instituição priorizar no famoso leilão de vagas?

A má notícia é que o leilão de vagas, para essa especialidade, não é dos mais fáceis. O leilão é baseado na classificação dos candidatos, e nesta edição do processo seletivo foram oferecidas somente 14 vagas, cada uma delas concorrida por cerca de 37 candidatos. A boa notícia é que você só precisa de uma delas e que, além disso, nós estamos aqui para te dar algumas informações que podem ser úteis quando você precisar tomar essa decisão.

Pronto para conhecer um pouco mais dos 3 hospitais mais concorridos para fazer residência em Oftalmologia no SUS-SP? Então bora lá!

Complexo Hospitalar Padre Bento

Um hospital que se destaca pela tradição e pela estrutura, com capacidade de atender um considerável volume de casos, é o Complexo Hospitalar Padre Bento. Fundado em 1931 como um sanatório, foi ressignificado e completa, em 2021, 90 anos de existência. 

O Padre Bento, localizado entre os bairros Jardim Tranquilidade e Gopoúva, em Guarulhos, possui 145 leitos planejados distribuídos nas seguintes clínicas: médica, médica infecto, cirúrgica, neurocirurgia, terapia intensiva e tratamentos de urgência 24 horas. 

Complexo Hospitalar Padre Bento, um dos locais mais concorridos para se fazer a residência em Oftalmologia no SUS-SP
Complexo Hospitalar Padre Bento

No hospital são realizados atendimentos de diversas especialidades ambulatoriais clínicas e cirúrgicas; há serviço de fisioterapia e reabilitação física; atendimento 24 horas em pronto atendimento; residência médica e estágios reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação) nas áreas de dermatologia, oftalmologia, cirurgia bucal, clínica médica; entre outros serviços básicos para a população.

Tudo isso faz com que o Complexo Hospitalar Padre Bento seja uma das principais opções para quem quer fazer residência em Oftalmologia no SUS-SP! E mais: para o processo seletivo com entrada em 2021, o Padre Bento conta com 6 vagas!

Hospital Brigadeiro/Hospital de Transplantes Dr. Euryclides de Jesus Zerbini

Fundado em 1954 sob o nome de Hospital Brigadeiro e reinaugurado em 2010 com o nome de Hospital de Transplantes Dr. Euryclides de Jesus Zerbini, essa é mais uma opção muito cogitada por quem busca a residência em Oftalmologia no SUS-SP. 

Além de oferecer uma vivência prática muito enriquecedora para os residentes, o Hospital Brigadeiro é referência no tratamento clínico e cirúrgico de epilepsia e urologia. Ademais, também oferece atendimento clínico nas áreas de hematologia, clínica geral, pediatria e nefrourologia. 

Hospital Brigadeiro, outro local muito disputado para se fazer a residência em Oftalmologia no SUS-SP

A infraestrutura também é excelente: compreende 153 leitos, seis salas de cirurgia e três Unidades de Terapia Intensiva — intermediária, adulto e pediátrica —, e realiza cirurgias nas áreas de ginecologia, cirurgia geral, neurocirurgia, oftalmologia e nefrologia. Atuam na instituição cerca de 900 colaboradores, entre profissionais de saúde e da área administrativa.

E tem mais: diferentemente do Padre Bento, que para muita gente é inviável por se localizar em Guarulhos, o Hospital Brigadeiro fica na Avenida Brigadeiro Luís Antônio, ali pertinho da Paulista! Bom demais, né? Mas fica atento, pois esse ano são só 2 vagas!

Instituto da Visão (IPEPO)

O Instituto Paulista de Estudos e Pesquisas em Oftalmologia, geralmente referido somente como Instituto da Visão ou IPEPO, pode não ser tão tradicional quanto as instituições que mencionamos anteriormente, mas nem por isso deixa de ser muito reconhecido, e um dos mais procurados para a residência em Oftalmologia no SUS-SP.

Inaugurado em 1990, há “apenas” 31 anos, o IPEPO presta serviços médicos por meio de diagnósticos, tratamentos clínicos e cirúrgicos em projetos assistenciais e didáticos com a missão de promover a gestão de recursos, apoiando o ensino, pesquisa e assistência oftalmológica.

Nos últimos 5 anos, foram mais de 2 milhões de consultas e 100 mil cirurgias, prestadas por meio da plataforma que engloba 21 convênios e mais de 100 colaboradores. Muito bom pra pegar mão de vários procedimentos, né?

O IPEPO fica situado na zona sul de São Paulo, no bairro Vila Clementino, próximo ao metrô Santa Cruz. Mas para chegar lá, primeiro tem que ser aprovado, claro. Assim como o Hospital Brigadeiro, o Instituto da Visão está oferecendo, para 2021, 2 vagas.

Bônus: Irmandade da Santa Casa de Santos + Unisa

Irmandade da Santa Casa de Santos

Se é pra falar de instituição tradicional, simplesmente não dava para deixar de mencionar a Santa Casa de Santos. Quase tão longeva quanto o próprio Brasil, ela é o mais antigo hospital do país, inaugurado em 1543 e caminhando para completar seus 478 anos em 2021.

E toda essa idade não é sinônimo de local ultrapassado, não! A Santa Casa de Santos conta com quase 700 leitos, sendo 100 em UTIs especializadas, e a mais completa assistência diagnóstica e multiprofissional. Em ambientes climatizados, as acomodações dispõem de todos os recursos para o melhor tratamento, com conforto e comodidade!

Apesar de não ser uma instituição centralizada em Oftalmologia, também é uma muito procurada por quem deseja a residência em Oftalmologia no SUS-SP — por mais que não seja para qualquer um, considerando que fica em um município mais distante da capital paulista. Em todo caso, está ofertando 3 vagas para 2021.

Universidade Santo Amaro (Unisa)

Apesar do destaque do IPEPO na zona sul, ele não é a única opção. Muito cogitada para a residência em Oftalmologia no SUS-SP também é a Universidade Santo Amaro, ou simplesmente Unisa.

Fundada em 1968 com um curso de Medicina que, até hoje, é um dos mais concorridos do país, a Unisa conta com um conjunto de hospitais onde são ministradas as atividades do curso e das residências. Para a residência em Oftalmologia, o Hospital Dia Capela do Socorro se destaca, contando com 64 consultórios médicos, 15 salas de exames de apoio e diagnóstico, três centros cirúrgicos e as salas de enfermagem, pequenos procedimentos, entre outros. Para 2021, ofereceu 3 vagas.

Ficou mais fácil decidir onde fazer residência em Oftalmologia no SUS-SP?

Gostou de saber mais sobre os hospitais mais disputados para fazer residência em Oftalmologia no SUS-SP? Agora é hora de pesar os prós e contras para chegar decidido no leilão do SUS-SP quando for sua vez!

Como você sabe, a prova de residência médica do SUS-SP tem apenas uma fase, composta de uma prova teórica objetiva de múltipla escolha. Ou seja, você só vai ter uma chance de mostrar a que veio, então não dá pra ficar perdendo tempo nessa reta final estudando o que não vai cair, hein?

Se você está mirando o processo seletivo do SUS-SP, já dá uma olhada no nosso Guia Estatístico do SUS-SP, que traz os principais temas e focos que mais caem nessa prova – não tem desculpa pra não chegar lá super afiado, hein?

E se você tá buscando um curso online de preparação para a residência médica, está mais do que na hora de conhecer o Extensivo São Paulo 2021. Quer saber por quê?

No Extensivo São Paulo, você conta com aulas gravadas e ao vivo, tem acesso a um app com mais de 12 mil questões comentadasmaterial didático onlinesimulados específicos para as provas de SP e muito mais — além de contar com um time de professores aprovados nas principais instituições onde você sonha fazer o seu R1 e fazer parte da Comunidade Medway no Telegram. Essa preparação padrão-ouro é o caminho para chegar ao fim do ano com desempenho acima de 80% e pronto para ser aprovado em todas as instituições que prestar!

Até a próxima!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.