Carregando

Os 3 hospitais mais concorridos para fazer residência em Pediatria no SUS-SP

Quem prestou a prova de residência em Pediatria no SUS-SP (em qualquer especialidade, na verdade) deve estar roendo as unhas de ansiedade para conferir o resultado final que, de acordo com o edital 2021, tem data de divulgação marcada para 9 de fevereiro. Acalmem seus corações, padawans! A gente sabe que com dedicação e com os métodos corretos de estudo, o resultado chega

Pra sorte da galera que quer a residência em Pediatra no SUS-SP, essa é uma especialidade com uma quantidade considerável de vagas: 114. Nesta edição mais recente da seleção, 707 candidatos estão disputando um lugar ao sol, fazendo com que a relação candidato/vaga seja de 6,2.

Mas quem conhece um pouco sobre o processo seletivo do SUS-SP, sabe que ele não termina na divulgação do resultado. A classificação publicada define, na verdade, a última etapa antes da matrícula: a escolha da instituição onde você vai cursar a residência. É o conhecido leilão do SUS, em que os classificados nas melhores posições escolhem primeiro os hospitais para onde querem ir. 

Na prática, isso quer dizer que se você tem uma instituição de preferência, mandar bem na prova é fundamental para garantir a chance de escolher sua vaga. Por isso, a gente vai explicar melhor sobre os hospitais mais concorridos para fazer residência em Pediatria no SUS-SP, para que você veja se eles estão alinhados com as suas expectativas pro futuro – assim, você já se prepara para ter mais de uma opção na manga no dia do leilão. Bora lá?

Saiba quais são os 3 hospitais mais concorridos para fazer residência em Pediatria no SUS-SP

Hospital Santa Marcelina

Figurinha carimbadíssima em praticamente todas as especialidades do SUS-SP, o Hospital Santa Marcelina é o grande destaque desse edital. Graças à alta procura, suas vagas costumam se esgotar rapidamente, não só na Pediatria como também em Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, Otorrinolaringologia, entre outras. 

Não é pra menos também. O Santa Marcelina é o maior hospital da Zona Leste, a região da cidade de São Paulo que tem mais moradores do que o Uruguai inteiro. É fácil imaginar o que uma estrutura desse porte tem a oferecer para um residente: contato intenso com várias especialidades, casos variados, atendimentos complexos, volume grande de trabalho. Todos esses são elementos que vão te ajudar a dominar procedimentos e diagnósticos diversos!

Só para você ter uma ideia, no primeiro semestre de 2020 o Hospital Santa Marcelina realizou dois milhões de exames, 229 mil atendimentos ambulatoriais, 114 mil atendimentos em pronto-socorro e 8,7 mil cirurgias. E o corpo profissional corresponde às grandes proporções: são 4 mil colaboradores e aproximadamente mil médicos. 

Especificamente na Pediatria, o Santa Marcelina possui três unidades de internação e realiza atendimentos humanizados. Os pacientes contam com atividades lúdicas, como leitura, desenho e música, além de poderem acessar jogos e brinquedos. O objetivo é estimular a interação para tornar o período de internação o menos traumatizante possível. Há, ainda, a Classe Hospitalar, em que uma professora visita os leitos diariamente para ajudar na continuidade da educação das crianças e adolescentes.

No edital 2021 do SUS-SP, são ofertadas 14 vagas para Pediatria no Santa Marcelina. O que você acha de cursar a residência nessa instituição tradicional que presta assistência médica à população paulistana desde 1961? Todas as qualidades apresentadas aqui são realmente atrativas, mas um ponto importante para pensar a respeito do Hospital é o acesso: localizado em Itaquera, fica um pouco distante do centro e de outras zonas da cidade, apesar de você conseguir chegar lá utilizando apenas transporte público. Se a distância não é problema pro seu sonho, vai em frente com a certeza de que passará por uma ótima experiência

Se você quer conhecer tudo sobre essa instituição, dá só uma olhada no nosso artigo. É só clicar abaixo!

Residência em Pediatria no SUS-SP: Santa Marcelina

Hospital Infantil Darcy Vargas

Uma alternativa incrível para um futuro residente em Pediatria pode ser atuar numa instituição especializada, como o Hospital Infantil Darcy Vargas, existente na cidade de São Paulo desde 1958. São anos de história e tradição que transformaram o local em referência nacional em atendimento pediátrico de média e alta complexidade nas mais diversas especialidades. 

Em sua estrutura, conta com 122 leitos. Além disso, o foco da instituição é atender crianças e adolescentes da região com excelência, tecnologia e melhoria contínua de seus profissionais, incluindo uma abordagem dos casos feita de forma multidisciplinar e humanizada. Isso significa que, mesmo sendo residente da Pediatria, você terá contato com outras áreas focadas na saúde infantil, como a Oncologia, Hematologia, Nefrologia, Cirurgia Pediátrica, Urologia etc.

Essa imersão no universo pediátrico do Hospital Infantil Darcy Vargas vai proporcionar a você contato com casos desafiadores e variados, o que pode ser muito relevante para que você se torne um profissional de destaque na área. Além disso, estar em um ambiente tão específico com diferentes profissionais voltados à saúde da criança também pode te trazer um aprofundamento maior. 

Se você se anima com esse cenário, o bairro do Morumbi pode ser sua próxima parada! Será que uma das 8 vagas disponíveis pelo edital 2021 vai ser a sua?

Hospital Infantil Cândido Fontoura

Tá aí mais uma opção para quem quer mergulhar na especialidade. O Hospital Infantil Cândido Fontoura, que tem 8 vagas disponíveis para a residência, foi criado em 1958 para atender a população da Zona Leste de São Paulo, que não dispunha de um serviço especializado até então. Na época, foi construído com 150 leitos e uma estrutura completa, inicialmente focada em gestantes, depois expandida para as crianças. Um porte já imponente!

Uma curiosidade é que seu nome homenageia o farmacêutico Cândido Fontoura Silveira. Conhece? Talvez você não saiba quem ele foi, mas pode já ter tomando o famoso “Biotônico Fontoura”, que é criação dele e, há anos, é utilizado como suplemento alimentar para crianças e adolescentes.

O Hospital Infantil Cândido Fontoura foi reformado em 2007, quando ganhou uma UTI móvel e expandiu suas instalações. Atualmente, é uma das maiores unidades hospitalares infantis do estado de São Paulo, com foco em atendimentos de média complexidade. Lá, você terá contato com diversas especialidades, como Cardiologia, Dermatologia, Endocrinologia, Neurologia, entre outras, além de aprender sobre a rotina intensa de pronto atendimentos e cirurgias de pequeno e médio porte. 

E aí, partiu Mooca? A instituição fica em um dos bairros italianos mais tradicionais de São Paulo. Experiências marcantes na Pediatria e boas pizzas não vão faltar para os residentes deste hospital!

Bônus: Conjunto Hospitalar do Mandaqui

Se você é daquelas pessoas que procuram por grandes desafios, pode curtir o Conjunto Hospitalar do Mandaqui, que oferece 12 vagas no edital 2021 do SUS-SP. Se liga no tamanho desse monstro: são 450 leitos, 11 mil atendimentos por mês no pronto-socorro e mais 12 mil no ambulatório.

Todo esse volume pesa na escolha da residência, uma vez que o universo de atendimentos se torna muito variado e acaba agregando à experiência do médico. Atualmente, o Hospital do Mandaqui é referência no tratamento de politraumatizados, tanto adultos quanto crianças. 

São 82 anos de tradição nessa instituição, que é considerada a primeira de atuação governamental que se especializou em tuberculose no estado inteiro. Não à toa, é um dos locais de residência mais procurados pelos candidatos em Clínica Médica e Ginecologia e Obstetrícia também. E aí, já tá se imaginando lá?

Um ponto positivo é que o Hospital do Mandaqui é de fácil acesso na Zona Norte de São Paulo – inclusive é um dos maiores da região. Agora, lembra que falamos que a instituição é um monstro? Pois é, reflexo disso é a carga horária, que pode ser bem puxada, especialmente nos primeiros anos da residência. Logo, essa pode não ser a primeira opção para quem deseja conciliar a residência com plantões externos. 

Conseguiu escolher o hospital para fazer residência em Pediatria no SUS-SP?

Não é pouca opção boa, não! Claro que cada local tem seu diferencial, mas em todos a vivência tem muito potencial de ser incrível. Agora é o momento de você ponderar prós e contras, analisar as particularidades de cada hospital e estabelecer suas opções! Uma estratégia boa é definir seu objetivo: se você quiser um local mais especializado, aposte nos hospitais infantis! Se você preferir um contato maior com outras especialidades e casos, prefira os demais hospitais. Aliás, aproveite para dar uma olhada no nosso artigo sobre quanto ganha um pediatra no Brasil!

Se você está mirando o processo seletivo do SUS-SP, já dá uma olhada no nosso Guia Estatístico do SUS-SP, que traz os principais temas e focos que mais caem nessa prova – não tem desculpa pra não chegar lá super afiado, hein?

E já se liga no Extensivo São Paulo, nosso curso com videoaulas ao vivo, um app com milhares de questões comentadas, além de bônus como um curso de Radiologia e Imagens e um Curso de Cirurgia Geral. E tem mais! CLIQUE AQUI para ver tudo que o Extensivo oferece e faça já sua inscrição!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.