Carregando

Pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia: opções para quem quer se especializar mais

Enquanto a Obstetrícia é voltada para o cuidado com as gestantes  e está dentro da especialidade de Ginecologia e Obstetrícia, a Neonatologia, que é uma área da Pediatria, se dedica ao recém-nascido em seus primeiros 28 dias. As duas especialidades são complementares, e os médicos têm um papel fundamental para garantir o bem-estar e a saúde de mães e bebês. Por isso, é essencial que se mantenham sempre atualizados sobre novas técnicas, tecnologias e atendimentos, já que a Medicina não para de evoluir. Fazer pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia é uma das alternativas para investir na formação continuada e adquirir esse tipo de conhecimento.

Não sabe quais instituições oferecem o curso? Quer entender como se especializar mais na área e o tipo de conteúdo ministrado em uma pós-graduação? Confira as opções neste artigo!

Pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia: qual escolher?

A gente separou algumas opções de pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia no formato lato sensu. Ou seja, elas não são mestrado, nem doutorado, mas uma especialização de curta duração. Conheça mais sobre cada uma delas!

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa

A pós da Santa Casa de São Paulo é focada em Neonatologia. Ela é realizada em parceria com o Grupo Santa Joana, que permite que as realidades teóricas e práticas do curso aconteçam em seus hospitais.

São 40 vagas abertas e a duração da pós-graduação é de 18 meses. As aulas acontecem uma vez por mês, e totalizam carga horária de 380 horas. Ao final do curso, é preciso entregar uma monografia.

Dentro da proposta de currículo, o aluno se dedica a aprender mais sobre: atendimento humanizado, habilidades para atender o recém-nascido em sala de parto, identificação de patologias de neonatos, prevenção, diagnóstico e tratamentos de recém-nascidos em estado crítico, tecnologias e estratégias de assistência, entre outros temas. É um programa bastante completo e aprofundado.

Pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia: HCFMUSP

Nessa especialização em Neonatologia, o médico se especializa principalmente na assistência que deve ser prestada a recém-nascidos de alto risco, que estão em Unidades de Terapia Intensiva Neonatais. São pacientes de alto risco de morbimortalidade neonatal e que precisam de atenção ainda mais especial.

O curso do HCFMUSP tem parceria com o Centro de Apoio ao Ensino e Pesquisa em Pediatria (CAEPP). É ministrado por médicos pediatras neonatologias que atuam no próprio Instituto da Criança do HCFMUSP, ou seja, têm experiência, vivência e formação necessárias à essa atividade.

A duração da pós é de 2 anos, e as aulas ocorrem durante um final de semana por mês, normalmente na sexta e no sábado, com possibilidade de alteração prévia. A carga horária totaliza 450 horas e são 60 vagas oferecidas todo ano.

Albert Einstein

A pós-graduação oferecida pelo Albert Einstein é voltada para Ginecologia e Obstetrícia de Consultório de Alta Performance. É destinada para médicos que querem se atualizar no trabalho clínico, em situações comuns a um profissional atendente.

O curso tem a duração de 11 meses, com 360 horas totais em atividades teórico-práticas e estágio prático. As aulas acontecem aos fins de semana, durante dois dias. Todas as atividades são desenvolvidas dentro de locais da instituição.

Todas as aulas também são ministradas por médicos especialistas do Albert Einstein. Para ingressar na pós, o aluno precisa passar por um breve processo seletivo, que é aplicado após a inscrição.

Grupo Santa Joana

As indicações para a pós-graduação em Neonatologia do Grupo Santa Joana são as mesmas da Santa Casa, uma vez que acontecem em parceria. A diferença é apenas em relação ao número de vagas: se você escolhe entrar por essa instituição, a quantidade cai para 30 vagas disponíveis. Mas o conteúdo programático, a carga horária e os demais detalhes permanecem os mesmos, assim como as instituições e hospitais em que são realizadas as atividades.

A residência em Ginecologia e Obstetrícia

Mas para fazer um curso voltado para Obstetrícia, é preciso antes mergulhar na residência médica em Ginecologia e Obstetrícia. Você pode ingressar em programas de grandes universidades do Brasil, como a USP, a Unifesp e a Unicamp, que são referências na especialidade.

Pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia: entenda melhor o que é Ginecologia e Obstetrícia
A residência médica em Ginecologia e Obstetrícia

A duração da residência tem a duração de 3 anos e é de acesso direto. Mas é possível fazer até 2 anos adicionais de alguma subespecialização que seja diretamente ligada ao programa.

O primeiro ano da residência é voltado para a formação obstétrica e ações como pronto-atendimento e pré-natal de baixo risco. No segundo ano, a especialização se volta para a Ginecologia; e o residente passa por ambulatórios especializados. Por fim, no último ano, os estudos são sobre a gravidez de alto risco, com treinamentos para atendimento de pacientes graves e aprendizado sobre ultrassonografia.

Essa é uma especialidade que exige bastante preparo do residente, porque o trabalho é considerado bastante repetitivo. Além disso, ele encara grandes jornadas de plantões. Então, é fundamental escolher uma instituição com uma boa infraestrutura e que preste apoio ao aluno, para que a experiência seja saudável e atenda às expectativas.

A Ginecologia e Obstetrícia é uma área de excelentes oportunidades de trabalho. O médico, ao concluir o curso, pode atuar com endoscopia ginecológica, sexologia, mastologia, reprodução humana, medicina fetal, entre outras áreas. Existem muitas possibilidades para além do acompanhamento de mãe e bebê e também da realização de partos. 

A residência médica em Pediatria

Para investir nos cursos de Neonatologia, é fundamental a experiência da residência médica em Pediatria. O programa é de acesso direto e tem atividades que se dividem entre a prática rotineira e a carga horária típica de plantão.

pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia: a residência médica em Pediatria
A residência médica em Pediatria

O residente passa por um sistema de treinamento que percorre uma série de serviços: Neonatologia, Centro Obstétrico, enfermaria pediátrica, ambulatórios de puericultura e UTIs são alguns exemplos disso.

A duração do curso é de 3 anos. Depois, é possível acrescentar mais anos em subespecialização, sendo a Neonatologia uma das possibilidades. Então, você tem a opção de ou fazer a pós, ou ficar mais tempo na residência, de acordo com seu planejamento de carreira.

Em geral, o pediatra se concentra em atividades de baixa complexidade. Ou seja, em atendimentos usuais e encaminhamento para serviços especializados, com acompanhamento do paciente mesmo quando ele está em tratamento multidisciplinar.

As oportunidades para o pediatra no mercado de trabalho são interessantes. Entretanto, vale lembrar que esse é um especialista que lida com constante responsabilidade pela saúde de uma criança e o contato com os familiares.

E aí, curtiu conhecer as opções de pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia?

A residência médica é um desafio para qualquer estudante. Se depois da pós-graduação em Obstetrícia e Neonatologia você quiser se tornar um residente, ou se você optar direto por esse caminho sem a pós, o conselho é o mesmo: se jogar nos estudos para conseguir bons resultados, porque a concorrência é enorme!

Então, aproveite que você está aqui, e se liga nessa dica: na Academia Medway, você acessa uma série de materiais gratuitos que podem ajudar no estudo para a residência. Como, por exemplo, o Guia Estatístico da Santa Casa, para que você acompanhe as notas de corte, a concorrência, e outras informações sobre o processo seletivo e as provas da instituição.Você também pode fazer parte do Intensivo São Paulo, um curso que acontece a partir do meio do ano e tem conteúdo totalmente direcionado para as provas de São Paulo. Entre para o nosso time e arrase na residência!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MicaelHamra

Micael Hamra

Nascido em 1991, médico desde 2015, formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva (FAMECA) e com Residência em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) finalizada em 2018. "Nunca quis seguir o fluxo. Sempre acreditei que existe uma fórmula do sucesso para cada um de nós. Se puder conquistar sua mente, poderá conquistar o mundo."