Carregando

Hospital da PUC-Campinas: história, estrutura e residência

Índice

Quem está buscando o seu lugar ao sol na jornada rumo à residência médica quer saber tudo e mais um pouco sobre as opções de instituições, estágios e hospitais pra fazer a escolha mais acertada. Pensando nisso, a gente reuniu aqui as mais importantes informações sobre o Hospital da PUC-Campinas, destaque no interior paulista como referência de ensino e pesquisa. Lá é a casa de quem decidiu fazer a residência médica na PUC-Campinas. Bora lá saber mais!

A PUC-Campinas foi a primeira instituição de ensino privada de São Paulo e é hoje a terceira universidade do Brasil com maior número de cursos 5 estrelas no ranking do Guia da Faculdade 2020 divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo. Além disso foi eleita a melhor instituição particular do interior do estado pelo RUF (Ranking Universitário da Folha) 2019 e pela consultoria britânica Quacquarelli Symonds (QS). Não é brincadeira não! 

E ostentando esses e mais títulos de excelência no ensino, a SCEI (Sociedade Campineira de Educação e Instrução) mantenedora da Pontifícia Universidade Católica de Campinas há mais de 75 anos alia a forte tradição das universidades confessionais católicas às inovações técnico-científicas sem tirar os olhos e o coração da sua natureza comunitária, filantrópica e beneficente.

Vista aérea do Hospital da PUC-Campinas
Vista aérea do Hospital da PUC-Campinas

A Faculdade de Medicina da PUC-Campinas 

Pra te dar ainda mais confiança e botar um pé lá na residência, a bola da vez é a PUC-Campinas e sua respeitada faculdade de medicina. Fundada há mais de 40 anos, a faculdade de Medicina da PUC-Campinas está localizada a 82 quilômetros de São Paulo, bem pertinho mesmo da capital. Ela estampa o 55º lugar de melhor graduação em Medicina do Brasil e recebeu nota 4 do MEC (Ministério da Educação) em sua última avaliação. Muita gente boa que se destaca no mercado de trabalho no campo médico hoje já passou pelos bancos da PUC-Campinas — para você ter ideia, são mais de 5.000 médicos formados na instituição.

E com esses números impressionantes a Pontifícia Universidade Católica de Campinas se consolida no campo da educação como referência de estudo e pesquisa médica.

Ancorada pela infraestrutura moderna e equipada de seu hospital próprio, a PUC-Campinas oferece aos seus alunos, durante toda a graduação e residência médica, diversas atividades extracurriculares, grêmios esportivos e a oportunidade de estágio supervisionado no Hospital da PUC-Campinas, antigo HMCP (Hospital e Maternidade Celso Pierro), que atende a população da região, conta com cerca de 400 mil pessoas e 353 leitos dos quais 243 são destinados ao SUS (Serviço Único de Saúde).

Mensalmente, são realizados mais de 40 mil atendimentos. Anualmente, mais de 1 milhão de procedimentos, somando-se consultas (280 mil), atendimentos de urgência (244 mil), internações, cirurgias (15,6 mil) e exames. As Unidades de Internação do Hospital e Maternidade Celso Pierro atendem por mês cerca de 1.300 pessoas e 15 mil pacientes passam pelo atendimento de urgência e emergência, ambos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

No hospital também são realizadas atividades acadêmicas de outras nove faculdades que compõem o CCV (Centro de Ciências da Vida) da PUC-Campinas: Ciências Farmacêuticas, Ciências Biológicas, Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Terapia Ocupacional.

O Hospital da PUC-Campinas

Tudo começou com um sonho! Um sonho de um médico campinense que queria construir um hospital-escola para que todo médico em formação na então criada Faculdade de Medicina da PUC-Campinas, nos anos de 1977, pudesse pôr em prática seus conhecimentos e habilidades e também ajudar as pessoas das comunidades carentes de Campinas no que tange ao tratamento e assistência à saúde.

O médico Celso Pierro adquiriu, em 1973, um terreno com mais de 5 mil metros quadrados na Avenida John Boyd Dunlop, perto da Rodovia Anhanguera e logo começou a construção do que ele chamava de “Cidade da Saúde”.

Fachada do Hospital da PUC-Campinas, onde o aluno passará parte da residência médica na PUC-Campinas.
Fachada do Hospital da PUC-Campinas (Créditos: Crislaine Gava/Hospital PUC-Campinas)

Infelizmente ele não pôde ver seu sonho realizado, pois no ano seguinte veio a falecer. Sua família não teve condições de dar prosseguimento ao seu ideal e acabou doando a clínica recém-construída pra PUC-Campinas, que assumiu a dívida da construção e comprou mais terras, abarcando a grande área circundante nas quais passaram a funcionar as Faculdades de Medicina, de Enfermagem e de Odontologia.

Assim começou o Hospital e Maternidade Celso Pierro, como foi inicialmente chamado o Hospital da PUC-Campinas, com mais de 28 mil metros quadrados e seus 150 primeiros leitos, com a missão de prestar atendimento na área de saúde e contribuir para a geração e promoção do conhecimento, considerando sua orientação cristã e seu caráter de Hospital Universitário.

Logo em 1979, foi realizada a primeira cirurgia e daí não parou mais! Com centenas de intervenções cirúrgicas diversas já executadas com sucesso e centenas de partos realizados na maternidade do hospital-escola que é um centro de referência na região para partos de alto risco, os números reforçam o caráter pioneiro e eficiente da gestão do Hospital da PUC-Campinas.

A SCEI (Sociedade Campineira de Educação e Instrução), mantenedora do Hospital da PUC-Campinas, é certificada como Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS) e também é encarregada de manter e gerir a PUC, reforçando os valores e princípios católicos, éticos e filantrópicos que norteiam todo o trabalho da instituição, garantindo o acesso à prestação de serviços de saúde humanizada e acessível aos mais desfavorecidos.

Atualmente, o hospital conta com cerca de 340 leitos, sendo que 204 deles são exclusivos do convênio com o SUS. Segundo o portal da instituição, a média de consultas mensais é de 20.000 pacientes. Além disso, são atendidos 11.000 casos de urgências e emergências e são feitas 1.000 internações nesse mesmo período.

Pra você ter uma ideia do complexo hospitalar, é no chamado Centro de Ciências da Vida (CCV) da PUC-Campinas que os alunos dos cursos de medicina e saúde e os médicos residentes de diversas especialidades se capacitam e têm a sua formação avaliada de perto por professores e preceptores, nos estágios que acontecem no Hospital-Escola, que conta com ambulatórios e atendimentos de urgência e emergência para crianças e adultos. A instituição é reconhecida pela comunidade médica brasileira como sendo um grande polo de atendimento e referência regional e nacional em diversas áreas.

A residência médica na PUC-Campinas

Pra quem já está sentindo o cheirinho do café mais famoso do interior de São Paulo e que a PUC-Campinas vai ser seu novo lar, já pode fechar os olhinhos e se imaginar nos corredores de um hospital moderno que carrega em si ideais humanizados. E vem aqui que a gente te conta tim-tim por tim-tim como garantir sua vaga na residência médica da PUC-Campinas!

Os programas de residência médica da PUC-Campinas se iniciaram em 1987 e atualmente o Hospital da PUC-Campinas oferece 36 habilitações em residência médica, todas reconhecidas pelo MEC e com número de vagas variável por ano. O edital sai normalmente na segunda quinzena de outubro e as inscrições se encerram no final de novembro. Segundo a própria instituição, 80% do corpo clínico do Hospital é egresso da casa. Então, se o seu objetivo também é trabalhar por lá, a residência médica da PUC-Campinas pode ser o atalho!

As provas da primeira fase têm sido realizadas, pelo menos nos últimos anos de seleção, nos primeiros dias de dezembro e a PUC-Campinas nem deixa você sofrer muito pra saber dos resultados: no máximo em dois dias depois da prova de múltipla-escolha ela libera o gabarito oficial no seu site e você já passa as festas de final de ano pedindo ao papai noel uma ajudinha extra nas segunda fase, que acontece na primeira semana de janeiro e conta com avaliação curricular e arguição oral do currículo, a temível entrevista!

Não precisa se assustar! Dá uma olhada nas 3 dicas pra se dar bem na entrevista de residência médica que a gente fez pra você! Os resultados finais e definitivos são divulgados no fim de janeiro e você tem tempo de sobra pra arrumar as malas e procurar um cantinho na cidade pra chamar de seu! O Hospital da PUC-Campinas oferece vagas nas residência médicas em diversas áreas básicas e de acesso direto.

Seguindo os princípios do próprio CCV, a residência no Hospital da PUC-Campinas tem caráter interdisciplinar, oferecendo residências multiprofissionais para outras áreas da saúde que não a medicina, como psicologia, assistências social, nutrição, fonoaudiologia e outras.

Programas de acesso direto oferecidos pela residência médica da PUC-Campinas

  • Anestesiologia;
  • Programa de Pré-Requisito em Cirurgia Básica
  • Cirurgia Geral;
  • Clínica Médica;
  • Dermatologia;
  • Infectologia;
  • Medicina de Família e Comunidade;
  • Neurocirurgia;
  • Neurologia;
  • Obstetrícia e Ginecologia;
  • Oftalmologia;
  • Ortopedia e Traumatologia;
  • Otorrinolaringologia;
  • Patologia;
  • Pediatria;
  • Psiquiatria;
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem.

Também são oferecidas vagas nas áreas com pré-requisito de 2 anos em Clínica Médica, Cirurgia Geral, Otorrinolaringologia, Anestesiologia e Pediatria e com pré-requisito de 3 anos em Psiquiatria, Ortopedia e Traumatologia, Cirurgia Plástica e Obstetrícia e Ginecologia. Confira aqui o edital de residência médica na PUC-Campinas do último ano e veja quais são as subespecialidades, sua duração e pré-requisitos.

Enfim, é isso!

Agora que você já sabe um pouquinho mais sobre o Hospital da PUC-Campinas e decidiu que esse pode ser o caminho que você vai seguir, é preciso dar o primeiro passo! Não marca bobeira e conheça mais sobre as residências em outras unidades da PUC, como PUC-PR, PUC-SP Sorocaba e PUC-RS. Afinal, como se tornar um especialista de destaque sem ter feito uma boa residência médica? Pra isso você pode contar com a gente!

Vem conhecer o Extensivo São Paulo, nosso curso preparatório que rola durante o ano todo e oferece videoaulas com os conteúdos que você precisa saber pra ser aprovado nas instituições mais concorridas de SP. 

Além das aulas, temos o app da Medway, com milhares de questões comentadas e provas na íntegra, guias estatísticos com os temas que mais caem nas principais provas e um bônus massa: acesso ao Intensivo a partir de julho de 2021! Pra conhecer todas as vantagens do Extensivo e garantir sua inscrição, clique aqui!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoanaRezende

Joana Rezende

Carioca da gema, nasceu em 93 e formou-se Pediatra pela UFRJ em 2019. No mesmo ano, prestou novo concurso de Residência Médica e foi aprovada em Neurologia no HCFMUSP, porém, não ingressou. Acredita firmemente que a vida não tem só um caminho certo e, por isso, desde então trabalha com suas duas grandes paixões: o ensino e a medicina.