Carregando

Você conhece a história da cirurgia?

As primeiras cirurgias da história foram, sem dúvidas, completamente diferentes do que vemos hoje em dia. Neste artigo, vamos falar sobre a história da cirurgia, mas, pra começar, vamos definir o que é cirurgia: são procedimentos que envolvem uma intervenção no corpo — sim, estamos falando de corte — que os médicos fazem de forma manual ou utilizando algum instrumento, a fim de diagnosticar ou tratar doenças e lesões, mas servindo também para procedimentos estéticos ou para melhorar a funcionalidade do corpo.

A história da cirurgia começou no final do século 19. Até então, infecções aconteciam normalmente, com baixa expectativa de recuperação e resultados fatais.

Os procedimentos cirúrgicos (hoje considerados simples), como apendicectomias, demoraram bastante tempo para surgir. Nos anos 1880, indivíduos com apendicite evoluíam com choque séptico e estavam fadados a falecer. As primeiras técnicas cirúrgicas eram inviáveis para os padrões atuais.

Está curioso para saber o desenrolar dessa história? Selecionamos as melhores partes com os detalhes essenciais para você se informar sobre as origens dos procedimentos cirúrgicos. Vem com a gente.

Compreender a história da cirurgia é importante para ter um panorama desta especialidade

A história da cirurgia 

Compreender a importância da história da cirurgia é fundamental para cirurgiões e estudantes de Medicina. É a única forma de ampliar nossos horizontes sobre as primeiras descobertas científicas.

Essa história é relevante para detalhar como essa prática médica surgiu e evoluiu durante séculos. E, claro, como esses acontecimentos foram importantes para o funcionamento da cirurgia contemporânea.

Como surgiu a cirurgia?

Durante o século 19, os indivíduos não tinham muito conhecimento sobre a formação e função do corpo humano e de seus órgãos. Foram encontrados diversos textos sobre anatomia com erros graves que poderiam facilmente atrapalhar a saúde das pessoas.

A história da cirurgia conta muito sobre o caminho para chegar ao nível de modernidade das cirurgias de hoje.
A história da cirurgia conta muito sobre o caminho para chegar ao nível de modernidade das cirurgias de hoje.

Na Europa era considerado incorreto estudar sobre anatomia porque dissecções de corpos eram vistas como demonstração de delito. Para conseguir a permissão de dissecar cadáveres de criminosos, os anatomistas universitários tiveram que pedir autorização para a Igreja. Naquele contexto, era a única opção para estudantes conhecerem o organismo humano. 

A primeira cirurgia do mundo: como começou a história da cirurgia?

Historiadores e pesquisadores da área afirmam que a história da cirurgia começou muitos anos antes de Cristo. Graças aos relatos de trepanação, este foi considerado o primeiro procedimento cirúrgico em 6500 a.C.

Esse método era utilizado para curar doenças mentais, dores de cabeça e ataques epiléticos. Sem equipamentos ou técnicas modernas, era feito um corte na cabeça das pessoas para expor o crânio.

Qual a finalidade da cirurgia? 

O propósito da cirurgia costuma variar, mas ela pode ser vista como um método terapêutico (curativo ou paliativo) ou diagnóstico

Anos após o início da história da cirurgia, ela passou a ser utilizada para implantação de dispositivos médicos, chegando até aos transplantes de tecidos ou órgãos.

No entanto, a principal definição da cirurgia é a alteração estrutural do o corpo humano por incisão ou rompimento de tecidos. Essa prática da Medicina também serve como tratamento diagnóstico ou terapêutico de condições ou doenças de diversos tipos.

Os principais equipamentos utilizados são lasers, ultrassom, bisturis e sondas. Após a cirurgia, é esperado que pacientes se recuperem no momento do pós-operatório.

Quais são os tipos de cirurgia?

Agora que você já sabe mais sobre a história da cirurgia, chegou a hora de aprender um pouco mais sobre os principais tipos de cirurgia e suas classificações. Vamos lá?

Classificação por urgência

Com base na urgência cirúrgica, é possível classificar os procedimentos em:

  • Eletivos
  • De urgência
  • De emergência

Classificação por finalidade

De acordo com a finalidade, classificamos as cirurgias em:

  • Curativa
  • Paliativa
  • Diagnóstica
  • Reparadora
  • Reconstrutora

Classificação por porte

Você ainda pode encontrar cirurgias sendo classificadas por:

  • Grande porte
  • Médio porte
  • Pequeno porte

As especialidades cirúrgicas

Gostou de saber mais sobre a história da cirurgia e quer saber quais são as especialidades que possibilitam botar a mão na massa? Já contamos aqui no blog tudo sobre algumas especialidades cirúrgicas e sobre as residências que mais envolvem cirurgia, tanto as de acesso direto quanto as que possuem pré-requisitos, pra te ajudar nessa tarefa. Dá só uma olhada AQUI.

A residência para se tornar cirurgião

A residência médica é ideal para médicos recém-formados conviverem com outros profissionais da área da saúde. Juntos, eles compartilham experiências hospitalares, cooperando no atendimento dos pacientes.

Há residência médica em diferentes áreas da Medicina, assim como no setor cirúrgico. Além disso, a Área Cirúrgica Básica é pré-requisito para muitas outras especialidades cirúrgicas. Portanto, se você planeja se tornar um cirurgião, já comece a se preparar para ingressar nessa especialidade!

Se você gostou de saber mais sobre a história da cirurgia e quer seguir nesse caminho, a residência na Unifesp pode ser uma opção para você.
Se você gostou de saber mais sobre a história da cirurgia e quer seguir nesse caminho, a residência na Unifesp pode ser uma opção para você.

Esse artigo serviu para te contar um pouco sobre a história da cirurgia. A ciência está constantemente aprimorando atendimentos hospitalares e, assim, fornecendo o atendimento ideal para pacientes. Com o avanço da tecnologia, ficou perceptível que as cirurgias ficaram mais modernas, tanto na utilização de materiais e anestesias, quanto na maneira como médicos se preparam para realizá-las.

Agora que você sabe mais sobre cirurgia, tenho uma ajuda pra você, caso essa área seja o seu objetivo para o futuro: recomendo que você baixe o e-book 20 questões – Cirurgia Unifesp, um material com questões comentadas que vai te ajudar na preparação para as provas de residência e ainda vai oferecer uma aproximação com o tema. Além disso, te convido a conhecer o Extensivo São Paulo, nosso curso com videoaulas ao vivo durante todo o ano, um app com milhares de questões comentadas, material didático online, simulados das principais instituições e muito mais. Saiba mais e inscreva-se!

A boa notícia é que agora você pode experimentar o nosso Extensivo São Paulo por 7 dias sem pagar nada! É isso aí, você tem a possibilidade de fazer um teste grátis do nosso curso acessando as 25 aulas mais bem avaliadas pelos nossos alunos, mais de 10 mil questões comentadas, cronograma de estudos e muito mais! Clique AQUI e participe!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
JoãoVitor

João Vitor

Capixaba, nascido em 90. Graduado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e com formação em Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) e Administração em Saúde pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE). Apaixonado por aprender e ensinar.