Carregando

Por que fazer um curso preparatório de residência médica?

O momento da especialização médica é muito aguardada pelos graduandos, apesar de ser uma fase que exige muito estudo e dedicação. Por isso, para enfrentar as provas e os demais testes com mais segurança e preparo, uma das melhores escolhas é apostar em um curso preparatório de residência médica

Além disso, um curso preparatório dá uma visão mais ampla sobre o que esperar da residência: desde o aprendizado necessário para as provas e os demais testes para aprovação da residência até a rotina de trabalho e os principais desafios a serem enfrentados no dia a dia. 

Residência ou pós-graduação? 

Antes de escolher um curso preparatório de residência médica, é importante avaliar as opções disponíveis para especialização. Há duas formas de obter o título de especialista: com a residência ou com a prova de título, feita depois da pós-graduação. 

Razões para fazer uma residência

Um fator decisivo na escolha da residência média é a concorrência no mercado. Com uma especialização, você tem muito mais chances de se destacar na sua área de atuação, além de conseguir passar ainda mais credibilidade para seus pacientes. 

Quem opta por uma residência, já a finaliza com o título de especialista. Outro ponto positivo é receber uma bolsa e poder se dedicar integralmente aos estudos. Por essa razão, aumentou o número de interessados em curso preparatório para residência médica. 

É preciso ter em mente que, até conquistar a especialização por meio da residência médica, é preciso muita dedicação, especialmente nas provas e nos demais testes. Por isso, apostar em um curso preparatório faz toda a diferença. 

Outro ponto é que, geralmente, para conseguir trabalho em uma boa instituição, quem tem residência é “melhor visto” que aqueles que têm pós. O nível de experiência prática de um residente é maior que o de um aluno de pós. 

Basta considerar que o residente passa, no mínimo, 60 horas em um hospital, tendo vivência em diversos casos, enquanto um aluno de pós costuma ter aulas um final de semana por mês, e a maioria do aprendizado é com base em teoria.

Razões para fazer uma pós-graduação

Como vantagens, algumas pós-graduações contam com inscrições na metade e no final do ano. Geralmente, o processo seletivo é menos concorrido que o da prova de residência. 

Assim, você se programa para quando for começar e terminar o curso. Essa escolha também permite trabalhar mais como generalista e manter uma boa renda mensal. Também não há a necessidade de pensar em um preparatório para concursos, uma vez que o ingresso na pós é mais simples. 

Por outro lado, a pós deve ser paga, e os valores costumam ser bem maiores se comparados a uma pós-graduação de outras formações. Algumas especializações podem ter uma mensalidade de R$ 3 mil, por exemplo.

Como estudar para a residência médica

Ao decidir pela residência médica, o próximo passo é pensar na sua rotina de estudos. Além de manter disciplina, é importante ter o máximo de material possível. Confira algumas dicas, a seguir.

Analise as provas anteriores

Se você já sabe em qual instituição deseja fazer residência, pode pesquisar pelas provas que já foram aplicadas. Assim, você estuda de acordo com o estilo dela. Algumas provas podem ser discursivas, enquanto outras podem ser de múltipla escolha, por exemplo.

Monte um cronograma

O primeiro passo para criar um bom cronograma é analisar as horas do seu dia ocupadas com outras demandas além dos estudos. Porém, não use 100% do seu tempo livre para estudar! 

Não se esqueça dos momentos de lazer e principalmente de descanso. Muitos estudantes têm a mania de sacrificar horas de sono para estudar, e isso não é bom. Afinal, é justamente durante o repouso que as informações se consolidam. 

Tenha um bom lugar de estudo

Ter um local apropriado para os estudos é muito importante para o aprendizado, pois o nosso cérebro se “estressa” com a bagunça, e isso pode prejudicar os estudos.

Se você mora com outras pessoas, pode ir para uma biblioteca, pagar por um espaço de estudo privado ou simplesmente deixar um aviso na porta do quarto, informando que está estudando e não quer ser incomodado. 

Cursos preparatórios

Existem várias opções de cursos para residência que, junto da rotina mencionada acima, te deixam ainda mais preparado para todos os testes de aprovação para residência. 

Aqui, você encontra uma série de materiais gratuitos de apoio, como e-books, minicursos, podcasts e vídeos em nosso canal oficial no YouTube. 

Se você busca um curso preparatório mais completo e voltado para diferentes necessidades da residência médica, há as opções da nossa Academia. São cursos que oferecem testes teóricos e práticos, assim como uma simulação da fase de entrevista com as instituições.  

Conte com a nossa ajuda 

Além de diversos cursos preparatórios de residência médica, aqui, no nosso blog, você encontra conteúdos que te ajudam a se preparar ainda mais para as provas e os testes de especialização. Então, não deixe de nos acompanhar. Para mais informações sobre nossos cursos e mentorias, entre em contato conosco!

Receba conteúdos exclusivos!

Telegram
MarcosMarangoni Junior

Marcos Marangoni Junior

Paulistano nato, criado nas ruas do Ipiranga, médico ginecologista e obstetra formado na UNICAMP, mestrando em Saúde Reprodutiva pela UNICAMP, e professor da Gineco-Obstetrícia da Medway. Só nasce grande filhote de monstro.